Chromebooks fabricados a partir de 2019 terão 10 anos de atualizações

Google divulgou nova política de suporte para os seus Chromebooks; medidas passam a valer até para laptops lançados antes do anúncio da novidade

Felipe Freitas
Por
samsung chromebook plus v2 frente
Chromebooks terão 10 anos de suporte e novidade vale até para alguns laptops já lançados (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Os usuários de Chromebooks tem um motivo para celebrar nesta quinta-feira (14): o Google ampliou o suporte dos laptops para dez anos. A novidade é válida até para os modelos lançados de 2019 em diante. Antes dessa mudança na política de suporte, os Chromebooks recebiam atualizações por oito anos.

Ou seja, quem tem um Chromebook lançado entre 2019 ou setembro de 2023 ganhou mais dois anos de suporte e atualizações. No caso dos laptops mais velhos, os updates serão enviados até 2029. A mudança de política do Google pode dar mais fatia de mercado para os Chromebooks.

Chromebooks têm política de suporte mais transparente

Os Chromebooks, laptops que utilizam o sistema operacional Chrome OS, do Google, possuem uma política de atualização bem direta: você compra já sabendo quando tempo de suporte terá. Esse formato lembra até o que as fabricantes de smartphones fazem nos aparelhos Android, divulgando no lançamento por quantos anos os updates serão enviados.

Já os notebooks Windows e da Apple “costumam” deixar uma incerteza sobre quantos anos o sistema operacional pode ser atualizado. Por exemplo, quem ainda tem um laptop com Windows 7 (lançado em fevereiro de 2009) recebeu o último update de segurança em janeiro — quase 14 anos de suporte.

A Apple tem a tradição de manter a atualização do maCOS por seis ou oito anos, dependendo do modelo, e as correções de segurança por mais que a “vida” do sistema operacional.

Acer Chromebook C733 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Google divulga política de suporte dos Chromebooks (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A política do Google tem um lado positivo (que levava a um lado negativo): ao comprar um Chromebook, você tem certeza o tempo de suporte que terá. Por outro lado, vamos com esse exemplo: com oito anos de suporte, se você comprou um Chromebook de 2019 em 2021, já tinha ciência de que restava apenas 6 anos de atualizações — dependendo do seu ponto de vista, isso poderia ser ruim.

E sim, para o Google também não é bom. O possível cliente pode acabar “apostando” na longevidade de um notebook com Windows 11 no lugar de um Chromebook que ele sabe que já perdeu X anos de suporte.

A Microsoft é a principal rival do Google no segmento de notebooks de entrada, para trabalho e escola. Em 2021, os Chromebooks superaram as vendas de MacBooks tomando o espaço perdido pelos laptops Windows.

Com informações: Android Police e XDA-Developers

Relacionados