O que é um Chromebook?

Notebooks que rodam o sistema operacional do Google, os Chromebooks surgiram com a ideia original de oferecer dispositivos mais baratos

Ronaldo Gogoni
Por

Os laptops sempre conectados, que rodam o Chrome OS, foram criados para serem opções mais baratas e mais capazes que um tablet. No entanto, abrigam uma grande família de dispositivos, desde os mais simples aos mais caros com aplicativos Android. Vem entender melhor o que é um Chromebook.

Um Chromebook é um notebook que roda o Chrome OS, o sistema operacional do Google derivado do Chromium (o projeto por trás do navegador Google Chrome) para computadores.
O que é Chromebook? (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Direto ao ponto, um Chromebook é um notebook que roda o Chrome OS, o sistema operacional do Google derivado do Chromium (o projeto por trás do navegador Google Chrome) para computadores. Eles são fabricados por uma série de empresas parceiras da gigante das buscas, e seguem algumas normas para ganhar o selinho do Chrome.

De certa forma, o regime de parceria do Chromebook é o mesmo que o do Android em celulares: os fabricantes fornecem o hardware dos notebooks, e o Google, o sistema.

A ideia original do Chromebook foi de oferecer notebooks baratos e sempre conectados à internet, principalmente para estudantes e usuários que desejam ter um computador básico, o suficiente apenas para navegar, editar documentos e acessar redes sociais, mas que acham um tablet muito limitado. Um dos alvos originais foi justamente o iPad da Apple, que nos Estados Unidos, era muito popular nas escolas.

Nas primeiras gerações, os Chromebooks chegaram às lojas com preços bastante convidativos, e até no Brasil, a Samsung lançou seu primeiro modelo por módicos R$ 1.099 em 2014, numa época em que os preços de notebooks já estavam escalando por aqui.

No entanto, a princípio, o Chrome OS só funcionava com aplicativos dedicados, e quase sempre exigia conexão à internet até para o básico.

Com atualizações, o sistema dos Chromebooks evoluiu a ponto de executar diversas funções offline (você precisa configurar antes), além de alguns modelos serem hoje compatíveis com a Play Store e rodarem apps do Android.

Assim, um Chromebook é uma excelente alternativa a um tablet graças à presença do teclado (e em alguns casos, de uma caneta stylus) que permite uma maior desenvoltura na hora de estudar, ou trabalhar.

Acer Chromebook C733
Acer Chromebook C733 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Qual a diferença entre um Chromebook e um notebook?

Basicamente, um Chromebook não pode rodar aplicativos tradicionais de desktop, além dos nativos ou do Android (alguns modelos apenas). É possível fazê-lo reconhecer programas do Linux, o kernel em que o Chrome OS é baseado, mas o processo não é lá muito simples.

Os Chromebooks tendem a ser menores, mais simples, mais leves e mais fracos do que um notebook, com processadores Intel Celeron na maioria das vezes, além de ter unidades de armazenamento em Flash e memória RAM não expansíveis, e em pouca quantidade, similar aos ultrabooks, embora esses sejam mais caros e/ou potentes.

A tela pode ou não ser touchscreen, e o dispositivo pode ou não ser um 2 em 1, que permite o uso como laptop ou tablet, ou modos intermediários, como tenda ou apresentação.

Chromebooks, assim como notebooks, podem utilizar periféricos como drives externos, mouses e teclados graças às portas USB. Suportam, ainda, conexão a uma TV ou monitor pela saída HDMI e, tal como os notebooks modernos, não contam desde o início com entradas de disco para CDs, DVDs ou Blu-rays.

Ronaldo Gogoni

Ronaldo Gogoni é formado em Análise de Desenvolvimento de Sistemas e Tecnologia da Informação pela Fatec (Faculdade de Tecnologia de São Paulo). No Tecnoblog, fez parte do TB Responde, explicando conceitos de hardware, facilitando o uso de aplicativos e ensinando truques em jogos eletrônicos. Atento ao mundo científico, escreve artigos focados em ciência e tecnologia para o Meio Bit desde 2013.

Relacionados

Relacionados