Início » Telecomunicações » Anatel cobra operadoras por medidas na internet fixa e Wi-Fi

Anatel cobra operadoras por medidas na internet fixa e Wi-Fi

Entre as sugestões da Anatel para a crise do coronavírus, estão o aumento na velocidade de internet fixa e liberação de Wi-Fi

Lucas Braga Por

A Anatel enviou um ofício às operadoras cobrando medidas que ampliem o acesso aos serviços de telecomunicações durante a pandemia do coronavírus (Covid-19): isso inclui aumentar a velocidade da banda larga fixa, liberar redes Wi-Fi em locais públicos, e flexibilizar prazos em casos de inadimplência.

Anatel

No documento, a Anatel afirma que o setor de telecomunicações é fundamental na prevenção e resposta aos impactos negativos causados pela disseminação do coronavírus.

A agência reconhece que algumas operadoras fizeram ações de forma voluntária — a Claro é uma delas. No entanto, é necessário adotar medidas gerais mínimas; estas são as sugestões:

  • Ampliar a velocidade de conexão nos acessos de banda larga fixa;
  • Ampliar o acesso à informação para não-assinantes, como liberar redes Wi-Fi em locais públicos;
  • Isentar as cobranças do tráfego de dados do aplicativo Coronavírus-SUS, desenvolvido pelo Ministério da Saúde;
  • Definir um plano de ação para garantir estabilidade técnica e evitar degradação de qualidade nos serviços de telecomunicações;
  • Priorizar atendimento para solicitação de reparos em estabelecimentos de saúde e serviços de urgência;
  • Flexibilizar os prazos de tratamento de casos de inadimplência por parte de consumidores que se encontram em áreas sob restrições de deslocamento;
  • Promover campanhas publicitárias para divulgação de informações referentes à Covid-19, em especial com replicação daquelas realizadas pelo Ministério da Saúde;
  • Divulgar práticas de higiene e restrição de aglomeração no atendimento pessoal ao público externo e ambientes de call center.

As operadoras também deverão se preparar para "medidas excepcionais" a serem tomadas durante a pandemia. As reuniões da Anatel serão feitas com participação remota a partir desta semana.

Operadoras já adotam medidas durante pandemia

Antes mesmo de a Anatel divulgar o ofício, a Claro anunciou aos clientes que iria aumentar a velocidade da banda larga, ampliar as franquias de dados móveis, liberar acesso ao Wi-Fi em locais públicos e isentar o tráfego de dados do aplicativo Coronavírus SUS, desenvolvido pelo Ministério da Saúde.

Além disso, Oi, Sky e a própria Claro também liberaram sinal de canais pagos desde o final de semana, de forma a levar conteúdo, informação e entretenimento para quem está em casa aguardando o término da pandemia.

Com informações: Anatel.

Comentários da Comunidade

1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Participe da discussão