Início » Aplicativos e Software » DSLR ou Mirrorless, qual câmera escolher?

DSLR ou Mirrorless, qual câmera escolher?

DSLR ou Mirrorless? Anos de experiência e solidez versus seguir a leveza de algo novo. Confira o comparativo e acerte na escolha

Tatiana Vieira Por
TB Responde

Profissional ou amante de fotografia, não importa, uma pergunta sempre assombra sua mente: DSLR ou Mirrorless, qual câmera escolher? Investir em um novo equipamento é garantia de captura de melhores imagens?

Você já viu por aqui o que é uma câmera DSLR e uma Mirrorless. A verdade é que ambas possuem sistemas de alta performance e pontos positivos fortes a considerar. Mas relaxa, que hoje tem um resuminho bacana pra você decidir em qual e se vale a pena investir em um novo equipamento.

DSLR ou Mirrorless, qual câmera escolher?

DSLR ou Mirrorless, qual câmera escolher?

Primeiramente é preciso entender e reconhecer suas reais necessidades fotográficas. Qualidade e versatilidade estão certamente no topo da lista. Tenha certeza de existem muitas DSLRs e câmeras Mirrorless que se adequam a praticamente qualquer tipo de fotógrafo. Ter consciência se seu foco é profissional ou lazer e viagens ajuda muito. Planejar e conhecer a sua rotina já é metade do caminho.

Adquirir uma câmera DSLR ou uma Mirrorless costumava ser uma pergunta mais simples. A resposta praticamente se resumia entre dividir o mundo entre quem era profissional – ou pensava em se tornar um. Daí quem queria uma câmera que produzisse imagens com a melhor qualidade possível, adquiria uma DSLR. Se era um consumidor mais preocupado com o peso e do que necessariamente com a qualidade da imagem, a Mirrorless era perfeita.

Contudo, o mercado evoluiu tanto que hoje essa análise não funciona bem e talvez no passado tenha sido um tanto limitada. A diferença entre os dois tipos de câmera começa com indícios já pelo nome.

DSLR significa Digital Single Lens Reflex. Simplificando, isso quer dizer que depois que a luz passa pela lente, ela atinge um espelho angulado a 45 graus. A luz dispara para cima e para dentro de um visor que, quando você olha para ela, mostra exatamente o que a lente está vendo naquele momento. Um verdadeiro caminho óptico.

Já em uma câmera Mirrorless – surpresa! – não tem espelho. Em vez disso, a luz passa pelas lentes, diretamente no sensor, onde é processado e, quase simultaneamente, exibido no monitor na parte traseira da câmera ou em um monitor muito pequeno – um visor eletrônico (EVF) na parte superior. Quando você pressiona o botão do obturador, a câmera grava o que está no sensor naquele momento.

A retirada do espelho tradicional nas Mirrorless, no entanto, leva a várias vantagens. As câmeras sem espelho não precisam de um visor óptico complicado ou de um espelho grande para refletir a luz, o que significa que podem ser muito menores e mais leves. Alguns trabalhos, como o foco automático, podem ser realizados no próprio sensor, levando a tempos de leitura muito rápidos, o que podemos dizer que algumas câmeras sem espelho são capazes de obter desempenho ‘sobrenatural’.

Também estamos vendo mais e mais câmeras sem espelho com sensores de quadro inteiro; portanto, no final, não há diferença discernível entre a saída de uma câmera Mirrorless e a de uma DSLR tradicional.

Se você está confuso em como avaliar tantos detalhes, siga o nosso comparativo:

DSRL Mirrorless
Usuários iniciantes A experiência pode ser frustrante para totalmente iniciantes e o usuário ficar refém do modo automático. Pode acabar investindo muito e fazendo uso de poucos recursos. Indicada para iniciantes.
Usuários profissionais Indicada para profissionais. Indicada para profissionais.
Qualidade de imagem Resultado em alta qualidade. Resultado em alta qualidade.
Presença de pentamirror Presente nas câmeras mais baratas.
Presença de pentaprisma = melhores resultados Presente somente nas câmeras mais caras (mais pesadas).
Viewfinder Na ausência do espelho, é onde se formará a imagem.
Praticidade na
troca de lentes
Deve ser feita com os devidos cuidados, com uso do borrifador de ar. O espelho protege de poeira e danos maiores.
Deve ser feita com o dobro de cuidado e, se possível, nunca sem o borrifador de ar.
Peso Mais pesadas, média de 650g. Mais leves, média de 200g.
Espelho Presente
Sistemas de lentes intercambiáveis Sim. Sim.
Bateria Dura mais tempo por estar em corpos que abrigam baterias maiores. Podem fazer mais de 1200 fotos por bateria.
Baterias menores, durabilidade menor. Somente algumas Sonys fazem 700 fotos por bateria. A maioria faz uma média de 400 fotos.
Luz A luz dispara para cima e para dentro de um visor que, quando você olha para ele, mostra exatamente o que a lente está vendo naquele momento.
A luz passa pelas lentes diretamente no sensor, onde é processado e, quase simultaneamente, exibido no monitor na parte traseira da câmera ou em um monitor muito pequeno – um visor eletrônico (EVF) na parte superior.
Tamanho São maiores e volumosas, embora isso possa ajudar ao fotografar com grandes lentes telefoto, ajudando a equilibrar o peso.
Geralmente são menores, mas em alguns casos as lentes podem ser tão grandes quanto as das DSLRs. Contudo, câmeras sem espelho são tão grandes quanto DSLRs de nível equivalente.
Lentes Grande variedade. A Canon tem aproximadamente 150 lentes.
Número mais restrito. A Sony tem aproximadamente 80 lentes – mais caras, porém, é possível adaptar com lentes DSLR.
Visão real da cena fotografada Somente olhando no visor traseiro.
Pelo visor visor de captura é possível ver a imagem com clareza, sem interferência do Sol, por exemplo, como ocorre no visor digital traseiro.
Visão da foto na tela Com ajustes mais complexos, o resultado visto no momento do clique pode ser bem diferente do resultado no visor traseiro. Exige maior entendimento de fotômetro, iluminação e demais ajustes.
Visão real, independente de onde for observada a cena para captura da imagem. O que você vê é a foto.
Privacidade O famoso som de “clique” sempre estará presente no dia a dia de trabalho.
Tem a opção de silenciar, aumentando a discrição.
Vídeo Oferecem recursos de vídeo, mas o foco é a fotografia.
Quase todas filmam em 4K, com opção, até de câmera lenta e vários outros recursos.
Velocidade Podem fazer uma média de 5 fotos por segundo. Podem fazer mais de 10 fotos por segundo.

Pois é, agora basta cruzar esta tabela com suas prioridades e seguir por aí recortando o mundo.

Com informações:  Tom’s Guide.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação