Início » Aplicativos e Software » Windows 10 roda apps de Android via celulares Galaxy em mais PCs

Windows 10 roda apps de Android via celulares Galaxy em mais PCs

Abrir apps Android no Windows 10 ainda é uma função limitada aos aparelhos Samsung Galaxy com ao menos o Android 9 instalado

André Fogaça Por

A Microsoft anunciou no final da semana passada que começou a liberar para mais usuários a função do programa Seu Telefone que consegue rodar apps de Android dentro do Windows 10, quase que de forma nativa. A novidade já estava em testes desde o começo deste mês, mas ainda é limitada para poucos aparelhos Galaxy.

windows 10 seu telefone apps android

O Seu Telefone é um programa que já permitia espelhar notificações, compartilhar arquivos e até mesmo a tela de um smartphone Android direto no PC. Com o lançamento da linha Galaxy Note 20, uma nova integração foi anunciada e ela depende de uma ferramenta chamada Link to Windows que é capaz de rodar apps em janelas separadas na tela do Windows 10.

Com ele é possível por exemplo abrir o WhatsApp sem ser em versão web, ou então o Instagram e o Tinder que também são apps do Android. Cada aplicativo é aberto em sua própria janela, com opção de dar Alt+Tab para trocar entre cada um deles em um visual que lembra bastante a abertura de aplicativos Android no Chrome OS.

windows 10 apps android seu telefone your phone animado

A novidade, que começa a chegar para todos os usuários, é bastante promissora, já que permite controlar quase tudo do celular sem tirar o aparelho do carregador (essencial para quem utiliza carregador sem fios), mas existe um pequeno detalhe que pode ser um problema: a funcionalidade depende de uma integração chamada Link to Windows e que está disponível apenas para smartphones Samsung Galaxy que rodam ao menos o Android 9.

De acordo com as regras do próprio programa Seu Telefone, o Windows 10 precisa estar ao menos com a atualização de outubro de 2018 instalada, o aplicativo Seu Telefone precisa estar na versão 1.20071.88 ou superior e tanto o smartphone, como o PC, precisam estar conectados na mesma rede Wi-Fi. A lista de aparelhos Samsung Galaxy compatíveis com a abertura de apps em janelas dedicadas do Windows 10 é essa:

  • Galaxy Note 9
  • Galaxy S9 e S9+
  • Galaxy Note10, Note 10+ e Note 10 Lite
  • Galaxy Fold
  • Galaxy S10, S10e, S10 Lite e S10+
  • Galaxy A8s
  • Galaxy A30s e A31
  • Galaxy A40 e A41
  • Galaxy A50, A51 e A50s
  • Galaxy A60
  • Galaxy A70, A71, A70s e A71 5G
  • Galaxy A80
  • Galaxy A90s e A90 5G
  • Galaxy S20, S20+ e S20 Ultra
  • Galaxy Fold
  • Galaxy XCover Pro
  • Galaxy Z Flip

Com informações: Microsoft.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vítor Gomes (@vctgomes)

Bem inútil isso… é uma função que simplesmente já existia a muito tempo, mas mudaram de nome e deram uma nova cara. Pra fazer isso, suspeito que nem deve ter muitos adeptos.

Além disso, só é possível rodar um app por vez e o motivo óbvio é que os apps rodam no celular e são espelhados via DLNA pra tela do PC, então não imagine algo bom, afinal, a qualidade vai depender bastante da transmissão.

É algo beeeeeem diferente do que o ChromeOS faz mesmo! Não tem nem relação… o ChromeOS roda os apps nativamente usando o próprio Android.

Felipe Ventura (@felipe)

A função é nova. Isso não é espelhamento de tela, o Windows consegue rodar mais de um app ao mesmo tempo: cada aplicativo é aberto em sua própria janela, com opção de dar Alt+Tab para trocar entre eles.

Vítor Gomes (@vctgomes)

É estranho, porque aqui ele realmente só faz espelhar a tela.

image1366×768 178 KB

image1366×768 242 KB

Se eu tento abrir um outro app ele simplesmente sai do anterior e automaticamente abre o novo, mantendo somente uma janela.

image1366×768 251 KB

² (@centauro)

De acordo com o que está escrito, não é um espelhamento, é uma nova integração que " que consegue rodar apps de Androi dentro do Windows 10, quase que de forma nativa"

Vítor Gomes (@vctgomes)

Exatamente a mesma coisa aqui. A única diferença para o antigo espelhamento é que agora vc abre o App direto do PC, mas não passa disso.

Sem dúvidas foi algo só pra marketing mesmo.

Lucas Bonfim (@Lukas_Bonfim)

Não acho que seja uma coisa inútil, mesmo que não seja possível abrir dois apps ao mesmo tempo. Tudo tem sua serventia para quem precisa. Não é porque você não ve uma usabilidade no seu dia a dia, que seja uma coisa inútil.
A gente precisa parar de ficar querendo determinar o que é ou não útil e parar de ficar colocando defeito de acordo como que é conveniente para a gente ou não. Se fosse de fato uma coisa inútil, como você diz, não teria gente empenhada em melhorar cada vez mais esse recurso para o W10, independente de ser uma evolução absurda ou uma coisa óbvia dentro do pensamento de cada um - até porque, o que é óbvio para um e já existia em outro lugar, pode não ser da mesma forma para outra pessoa.
Uma coisa é simples, se não tem serventia para ti, é só não usar.

Eu, por exemplo, prefiro usar o DEX da Samsung, ainda mais agora que não precisa de um gadget externo para usar essa ferramenta, que é mais funcional, na minha opinião, embora eu tenha tentado usar essa ferramenta do windows apenas uma vez e já tem um tempo. E mesmo o Dex eu não uso com tanta frequência.

Tio Lu (@luvialca)

Interessante o fato de que, aparentemente, esses esforços se intensificaram depois que a Apple anunciou os chips próprios no Mac (o que permitirá que ele rode os app’s do iOS). Tomara que a Samsung consiga evoluir essa iniciativa a ponto de ela deixar de ser apenas essa gambiarra.