Tecnoblog
Início » Celular » Apple sobe preços para conserto de iPhones no Brasil

Apple sobe preços para conserto de iPhones no Brasil

Troca de tela do iPhone 11 Pro Max custa R$ 2.499; baterias oficiais da Apple têm preços de R$ 429 a R$ 599

Depois do anúncio do iPhone 12, os celulares antigos da Apple ficaram mais caros no Brasil — e o conserto deles também. Trocar uma tela quebrada de iPhone ou substituir uma bateria desgastada está até 33% mais caro no país, dependendo do modelo. O reparo mais salgado é uma tela nova de iPhone 11 Pro Max: o custo, que era de R$ 1.999, subiu para R$ 2.499 nesta terça-feira (13).

Apple iPhone 11 e 11 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Quem notou os aumentos foi o MacMagazine. A Apple oferece três tipos de conserto: troca de tela, troca de bateria ou troca do aparelho por uma nova unidade, quando não há outra possibilidade de reparo. Esses valores são praticados pelas centrais de reparo da Apple e pelas Apple Stores em São Paulo e no Rio de Janeiro; a empresa explica que as assistências autorizadas (AASP) podem definir seus próprios preços.

Esta é a tabela com os novos preços de troca de tela, bateria e unidade:

Modelo Troca de tela Troca de bateria Troca da unidade (outros danos)
iPhone 11 Pro Max R$ 2.499 R$ 599 R$ 5.199
iPhone 11 Pro R$ 2.199 R$ 599 R$ 4.799
iPhone 11 R$ 1.519 R$ 599 R$ 3.199
iPhone XS Max R$ 2.499 R$ 599 R$ 5.199
iPhone XS R$ 2.119 R$ 599 R$ 4.799
iPhone X R$ 2.119 R$ 599 R$ 4.799
iPhone XR R$ 1.519 R$ 599 R$ 3.199
iPhone 8 Plus R$ 1.289 R$ 429 R$ 3.199
iPhone 8 R$ 1.129 R$ 429 R$ 2.699
iPhone 7 Plus R$ 1.289 R$ 429 R$ 2.699
iPhone 7 R$ 1.129 R$ 429 R$ 2.499
iPhone 6s Plus R$ 1.289 R$ 429 R$ 2.549
iPhone 6s R$ 1.129 R$ 429 R$ 2.299
iPhone 6 Plus R$ 1.129 R$ 429 R$ 2.549
iPhone 6 R$ 979 R$ 429 R$ 2.299
iPhone SE (2ª geração) R$ 979 R$ 429 R$ 1.999*
iPhone SE R$ 979 R$ 429 R$ 2.399*
iPhone 5s R$ 979 R$ 429 R$ 2.399
iPhone 5c R$ 979 R$ 429 R$ 2.399

Sim, o custo de troca de unidade do novo iPhone SE de 2ª geração está mais baixo que o do antigo iPhone SE na tabela da Apple, o que não parece fazer sentido. O Tecnoblog procurou a Apple para confirmar os valores; este texto será atualizado.

Telas OLED dos iPhones estão até 25% mais caras

As telas OLED são as mais caras de serem substituídas. Elas também sofreram o maior aumento nos custos de reparo, com reajustes de 24,7% no iPhone 11 Pro (de R$ 1.699 para R$ 2.119) e 25% no iPhone 11 Pro Max (de R$ 1.999 para R$ 2.499). Mesmo iPhones mais antigos têm preços altos para conserto, caso do iPhone 5c, cuja troca de tela sai por R$ 979 — isso é mais do que o aparelho inteiro vale no mercado de usados.

Nas baterias, os aumentos foram uniformes em toda a linha de iPhones, variando entre 30% e 33%, ficando entre R$ 429 (até o iPhone 8 Plus) e R$ 599 (a partir do iPhone XR). Vale lembrar que o iOS detecta quando a bateria do iPhone for substituída em locais não autorizados, mesmo que o componente seja original. Além disso, o desempenho do celular é limitado automaticamente.

iPhones SE, XR e 11 estão mais caros no Brasil

Quem esperou o iPhone 12 para comprar um modelo antigo não se deu bem, já que os preços oficiais subiram no Brasil. O iPhone 11, que continuará sendo vendido no país, passou de R$ 4.999 para R$ 5.699 em sua versão de 64 GB, sendo que o aparelho com capacidade de 256 GB chegou a R$ 7.199. Até os fones de ouvido foram reajustados: os AirPods Pro, que saíam por R$ 2.249, agora são vendidos por R$ 2.999.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação