Início » Aplicativos e Software » Ubuntu 21.04 terá recurso de segurança pedido em 2006

Ubuntu 21.04 terá recurso de segurança pedido em 2006

Mudança no Ubuntu 21.04 fará novos diretórios deixarem de ser acessíveis para todos os usuários por padrão

Emerson AlecrimPor

O Ubuntu 21.04, próxima versão da distribuição Linux da Canonical, vai atender a uma queixa antiga de muitos usuários: a configuração que permite, por padrão, que qualquer conta do sistema acesse diretórios criados por outros usuários, deixará de existir.

Ubuntu 20.04 (imagem: divulgação/Canonical)

Ubuntu 20.04 (imagem: divulgação/Canonical)

As primeiras queixas sobre essa configuração remontam a 2006. Basicamente, ela faz um diretório criado por um usuário ter, como padrão, permissão 755. Esse número indica que um diretório ou arquivo pode ser executado, lido e escrito por seu dono, além de lido e executado por usuários do mesmo grupo e usuários que não pertencem a este.

Esse tipo de configuração foi implementada originalmente para facilitar o compartilhamento de arquivos entre usuários diferentes. Mas, com as preocupações de segurança ficando cada vez mais em evidência e a crescente integração de máquinas locais com serviços nas nuvens, esse é mesmo um aspecto para ser revisto.

Basta levarmos em conta, como exemplo, as implicações que surgiriam se uma conta fosse invadida e usada para acessar arquivos confidenciais de outro usuário no mesmo ambiente.

Alex Murray, um dos desenvolvedores da área de segurança da Canonical, sinalizou na lista de discussão do Ubuntu que essa abordagem vai mudar no Ubuntu 21.04, a não ser que haja alguma oposição. Como não houve nenhuma até agora, a mudança já entrou para a fila de tarefas a serem executadas para a distribuição.

A configuração de permissões passará de 755 para 750, indicando que as contas que não fazem parte do mesmo grupo do usuário não terão nenhum tipo de acesso aos diretórios criados por este, nem mesmo para leitura.

Antes tarde do que mais tarde. Mas note que essa é apenas uma mudança de configuração padrão. Se, por alguma razão, a abordagem anterior for necessária, bastará ao administrador reconfigurá-la.

Como a numeração no nome indica, a versão final do Ubuntu 21.04 será lançada em abril de 2021.

Com informações: Phoronix.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando