Início » Negócios » Morre Lou Ottens, que inventou a fita cassete e ajudou a desenvolver o CD

Morre Lou Ottens, que inventou a fita cassete e ajudou a desenvolver o CD

Lou Ottens trabalhou na Philips e foi na empresa que ele conseguiu projetar a fita cassete e ajudou a desenvolver o CD mais tarde

Darlan Helder Por

Morreu, no fim de semana passado, o engenheiro holandês Lou Ottens, 94. Muito influente, Ottens começou a trabalhar na Philips em 1952 e na empresa conseguiu desenvolver a fita cassete, sucesso durante os anos 70 e 80 (e até hoje pela nostalgia). Mais tarde, o engenheiro ajudou a desenvolver o CD, outro fenômeno antes do streaming.

Lou Ottens, inventor da fita cassete, no documentário Cassette: A Documentary Mixtape

Lou Ottens, inventor da fita cassete, no documentário Cassette: A Documentary Mixtape

Lou Ottens faleceu no sábado (6), mas os familiares só divulgaram a informação nesta semana. A causa da morte também não foi revelada. Ottens teve um papel importante na Philips: ele atuava como chefe do departamento de desenvolvimento de novos produtos e foi lá que o holandês projetou a fita cassete usando, primeiro, um pequeno e fino bloco de madeira antes de chegar no produto final.

Em 1963, ele, enfim, apresentou a primeira fita cassete. Com o sucesso e as cópias em formatos diferentes, o engenheiro, então, fez um acordo com a Sony para disponibilizar as fitas em um só padrão em todo o mundo. Mais de 100 bilhões de fitas cassete foram comercializadas até hoje.

Fitas cassete (Imagem: Abderrahmane Meftah/Unsplash)

Fitas cassete (Imagem: Abderrahmane Meftah/Unsplash)

“Ele defendeu que a Philips licenciasse gratuitamente este novo formato para outros fabricantes, abrindo caminho para que os cassetes se tornassem um padrão mundial”, relata o documentarista Zack Taylor no filme Cassette: A Documentary Mixtape. “Lou queria que a música fosse portátil e acessível”, completa.

Olga Coolen, diretora do Museu Philips, diz que “Lou era um homem extraordinário que amava tecnologia, embora suas invenções tivessem um começo humilde”. Quase duas décadas depois, Ottens volta a brilhar ao ajudar no desenvolvimento do disco compacto que, depois, seguiu um padrão Sony-Philips (novamente). Mais de 200 bilhões de CDs foram vendidos no mundo.

Com informações: Gizmodo e NPR

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Manug (@Manug)

Descanse em paz. E leve para o céu uma caneta Bic pra ajudar a enrolar as fitas