Início » Celular » Apple deixará que iPhones fiquem no iOS 14 mesmo após lançar iOS 15

Apple deixará que iPhones fiquem no iOS 14 mesmo após lançar iOS 15

Usuários poderão atualizar o iPhone para iOS 15 ou manter o celular no iOS 14 e receber "atualizações de segurança importantes"

Bruno Gall De Blasi Por

A Apple apresentou o iOS 15 nesta segunda-feira (7), durante a WWDC 2021. Mas os donos de iPhone poderão manter seus celulares no iOS 14 quando a versão mais recente do sistema estiver disponível. De acordo com o site da fabricante, o usuário não só conseguirá escolher se atualiza o sistema ou não como receberá “atualizações de segurança importantes” caso opte por não instalar o novo software no celular.

Atualização para o iOS 14.5.1 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Atualização para o iOS 14.5.1 (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Os detalhes foram revelados em uma lista de novidades do sistema. A Apple diz que os usuários poderão manter o iOS 14 mesmo quando o iOS 15 sair. Enquanto isso, a fabricante vai disponibilizar “atualizações de segurança importantes até que esteja pronto para atualizar para a próxima versão principal”, como já era esperado.

A outra alternativa é atualizar para o iOS 15 quando estiver disponível a todos, o que deve acontecer no fim do ano. Neste caso, o usuário vai instalar a nova versão do sistema operacional e as correções de segurança mais recentes. A escolha entre as duas opções será realizada através das configurações do iOS, no aplicativo “Ajustes”.

A alteração deixa o iOS mais perto do Android. Atualmente, os celulares com o sistema do Google recebem pacotes com correções sem precisar atualizar o sistema como um todo só para resolver uma única brecha. O mesmo ocorre com o macOS, que também tem atualizações de segurança separadas dos updates do sistema operacional.

iOS 15 no iPhone (Imagem: Divulgação/Apple)

iOS 15 no iPhone (Imagem: Divulgação/Apple)

Apple anuncia iOS 15 para iPhone 6S e mais recente

A Apple revelou, nesta segunda-feira (7), o iOS 15. A atualização chega com melhorias nas notificações, com direito a modos de foco para que o usuário mantenha sua atenção em atividades do dia a dia sem ser incomodado. O FaceTime ainda recebeu novidades, como o SharePlay para assistir a filmes com amigos ao mesmo tempo.

O sistema ganhou uma ferramenta nativa para reconhecer textos em imagens. Ao abrir uma foto com um cartaz no fundo, por exemplo, o usuário pode copiar o trecho desejado e colar em uma mensagem, email, entre outros. A busca do iPhone (Spotlight) também se tornou mais inteligente e agora é capaz de pesquisar por imagens.

Seguindo os esforços do iOS 14.5, a Apple tornou o iOS 15 ainda mais rígido quando o assunto é privacidade. Com o App Privacy Report, os usuários conseguem saber quais dados estão sendo acessados pelos aplicativos. A Siri ainda vai processar solicitações diretamente no dispositivo, sem depender de conexão com a internet para funcionar.

Novo painel de privacidade do iOS 15 (Imagem: Divulgação/Apple)

Novo painel de privacidade do iOS 15 (Imagem: Divulgação/Apple)

As demais novidades ficam pelas opções para compartilhar dados do app Saúde com outras pessoas de confiança, mudança no visual do Safari, entre outros. O Wallet ainda vai suportar chaves de casa, hotel, crachás de escritórios e mais. Já o aplicativo de previsão do tempo agora conta com um novo visual.

A versão experimental do sistema já está disponível aos desenvolvedores. Já a versão final do sistema está cotada para chegar a todos os usuários até o final do ano. O iOS 15 estará disponível para o iPhone 6S e modelos mais recentes, incluindo as duas gerações do iPhone SE e o iPod Touch de 7ª geração.

Com informações: 9to5Mac e MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando