Início » Software » ASUS anuncia novos netbooks que rodarão Ubuntu

ASUS anuncia novos netbooks que rodarão Ubuntu

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Depois de uma tentativa com o Xandros nos primeiros Eee PCs, agora a ASUS firmou uma parceria com em uma distro mais conhecida e com uma base técnica maior para instalar em seus netbooks: O Ubuntu estará em três novos netbooks da empresa, com planos para expandir para outros lançamentos!

Saindo de fábrica com o Ubuntu 10.10, os netbooks modelos EeePC 1001PXD, 1011PX e 1015PX deverão estar disponíveis para compra muito em breve, e com um diferencial importante: a instalação já virá com os codecs de multimídia e o Flash instalados na máquina.

Apesar de parecer estranho o uso de uma versão mais antiga do Ubuntu, é bom lembrar que essa é uma prática comum, essas versões normalmente já tem todos os bugs corrigidos, e a equipe responsável já fez todos os testes possíveis no hardware.

Pinguim Powered

Em declaração ao site The Inquirer, o VP de serviços OEM da Canonical, Chris Kenyon, comentou sobre a parceria com a ASUS e disse que é uma parceria importante para a Canonical:

Isso colocará o Ubuntu nas mãos de uma audiência bem maior, pessoas que não necessariamente gostariam de baixar o Ubuntu, mas ficariam felizes de comprar um computador sabendo que ele funcionará perfeitamente naquele hardware.

Esperamos que o fator de leveza e grande design do Eee PC, combinado com a grande performance do Ubuntu possa produzir um grande competidor no mercado

Já Stanley Chang, diretor de produtos da ASUS, disse que essa parceria é “uma situação em que absolutamente todos ganham, e que esses netbooks preencherão várias necessidades de um mercado diverso e uma base de usuários definida”.

Resta saber se, em um mercado cada vez mais interessado em tablets, as vendas desses modelos atinjam uma marca significativa. O Xandros Linux, antiga distro usada pela ASUS em seus netbooks, tinha uma série de problemas e fez com que muita gente preferisse instalar o Windows por cima. Com um equipamento mais robusto e com o Ubuntu devidamente configurado, talvez os usuários se sintam mais à vontade para continuar com o Linux.

Como sempre, só o tempo pode dizer. A ASUS parece estar bem confiante, já que tem planos de lançar novos modelos com o Ubuntu.