Início » Gadgets » Conferimos o Transformer, tablet da Asus que roda Android

Conferimos o Transformer, tablet da Asus que roda Android

Avatar Por
8 anos atrás

Se uma imagem vale mais que mil palavras, abaixo você tem milhares de palavras sobre o Asus Transformer, o tablet que a fabricante asiática está trazendo para o Brasil em uma semana. O aparelho roda Android Honeycomb e chega ao nosso mercado para engrossar o número de ofertas de tablet rodando o sistema do Google. E depois o Steve Jobs ainda vem dizer que 2011 é “o ano do iPad 2” — eu concordo com ele, mas nada como uma boa polêmica.


(YouTube)

Eu testei rapidamente tablet da Asus durante a Eletrolar Show, feira para demonstração de produtos eletrônicos, eletrodomésticos e de informática que aconteceu na semana passada em SP. Fiquei com o bicho por dez minutos antes de efetivamente partir para o vídeo. Pelo que vi, o vídeo baseado no Nvidia Tegra 2 está excelente para games. O difícil mesmo é conseguir títulos que tirem bom proveito do visor de 10,1” com resolução de 1280x800 pixels.

A multitarefa para carregamento de páginas funcionou com perfeição, embora no vídeo não dê para ver esse aspecto do equipamento com muita clareza.

Entre as especificações notáveis do Transformer, não posso deixar de citar o processador — Tegra 2 — com 1 GHz de clock, que anda acompanhado de 1 GB de RAM. No uso rápido do tablet, houve poucos momentos em que o sistema engasgou devido ao uso de vários recursos ao mesmo tempo.

O Transformer fez vergonha minutos antes de gravar o vídeo quando o atendente responsável pela demonstração do produto tentou abrir o Google Earth para mostrar o poder de fogo gráfico do tablet. Foram duas ou três tentativas, sendo que o app simplesmente travava antes de carregar qualquer mapa. No fim das contas, foi necessário reiniciar o aparelho para eu conseguir usar o Google Earth. De acordo com esse mesmo atendente, o produto havia sido muito fuçado durante dias de feira e que, devido a isso, já não estava mais 100%.

Quando chegar ao Brasil, o Asus Transformer (ele faz parte da linha Eee Pad) terá um teclado convencional como acessório. As teclas do teclado são bastante macias e agradáveis de usar. Só não está no padrão de teclado ABNT, como já era de se imaginar — um ponto negativo para profissionais que escrevem muito ao longo do dia, como... Eu.

Ainda não há preços confirmados para Asus Transformer. Ele virá para concorrer diretamente com o iPad, então há informações extra-oficiais de que o seu preço de entrada será inferior ao do tablet da maçã. Estamos falando em algo na casa dos R$ 1.600. Já o pacote com teclado físico (ou dock, como preferir) deve sair por um preço bastante competitivo: abaixo dos R$ 1.900. Bom, não?

Eu testei o Transformer rodando Android 3.0. A promessa da Asus é de entregar o produto no mercado brasileiro com a versão 3.1 do sistema do Google.

Observação: Aconteceu algum problema na hora de gravar o vídeo. Como você viu, a qualidade não está das melhores. Mas ainda assim a gente preferiu publicar o "hands on" pra você ter noção de como o Transformer se sai. Prometo que não vai acontecer de novo.