Início » Computador » Acelerômetros: para que servem e como funcionam?

Acelerômetros: para que servem e como funcionam?

Descubra o que são acelerômetros, quando começaram a ser utilizados em notebooks e as suas funcionalidades em computadores

AvatarPor

Acelerômetros estão presentes em diversos eletrônicos do nosso cotidiano, como tablets e celulares, mas muita gente nem sabe o que é um acelerômetro. Vamos explicar o que são acelerômetros, como funcionam e a utilidade desses dispositivos nos computadores.

O que são acelerômetros

O que são acelerômetros

Acelerômetros são chips usados de forma mais comum em dispositivos como smartphones e tablets, para que eles detectem a inclinação de um aparelho, mudem a interface ou interajam com aplicativos de acordo com os movimentos.

Existem diversos tipos de acelerômetros, embora o conceito e objetivo seja o mesmo, eles podem detectar a aceleração de maneiras diferentes como por indução magnética, por piezoeletricidade ou ainda utilizando sensores ópticos e térmicos.

As empresas pioneiras no uso de acelerômetros

Em notebooks, o acelerômetro é apenas uma parte de um sistema bem mais complexo. No caso da Apple, esse sistema é parte do Sudden Motion Sensor.

O primeiro notebook da Apple a contar com esse sistema embutido foi o PowerBook, lançado pela empresa em 2005. Mas está enganado quem pensa que a gigante da maçã foi a pioneira. Em 2003, a IBM já tinha uma linha de ThinkPads que contava com o chamado HDAPS, que usava um acelerômetro com o mesmo princípio do Sudden Motion Sensor.

Outras empresas produziram sistemas similares como a Acer, com seu GraviSense, a HP desenvolveu um sistema chamado 3D DriveGuard e a Dell criou um sistema batizado de Free Fall Sensor.

Para que serve um acelerômetro

Apesar da variação de nomes, o objetivo principal de um sistema que usa acelerômetros é basicamente é proteger dados no HD. Esse sistema é responsável por detectar quando um notebook está caindo e fazer com que as cabeças de gravação travem em posição, evitando que dados sejam perdidos no eventual impacto com o chão.

Devido à modernização dos componentes, algumas fabricantes de HDs, como Seagate e Western Digital, passaram a incluir um sistema próprio de detecção de quedas nos seus discos, tornando desnecessária a sua implementação pela própria fabricante do notebook.

Apesar de ter seu uso específico, não quer dizer que os acelerômetros sirvam apenas para o sistema detecção de movimento em quedas. Por isso não demorou para que programadores criassem alguns programas que interagissem direto com acelerômetros.

Um desses casos é o programa, iAlertU, que pode ser considerado como um aplicativo de segurança, já que usa o sensor do acelerômetro para detectar quando o MacBook é movido, tirar uma foto do responsável pelo movimento e alertar o dono do computador.

Tem alguma sugestão de aplicativo? Deixe aí nos comentários!

Com informações: Lifewire

Colaborou: André Leonardo

Comentários

Envie uma pergunta