Início » Brasil » Xoom 2 Media Edition com Android 3.2 é fabricado no Brasil

Xoom 2 Media Edition com Android 3.2 é fabricado no Brasil

Por
7 anos e meio atrás

O Xoom 2 Media Edition, novo tablet lançado hoje pela Motorola Mobility no Brasil, vem com Android 3.2. Aos olhos de quem já sabe da existência do Android 4.0, o Ice Cream Sandwich, ele pode parecer um tablet atrasado e que chegou tarde no país. Mas a Motorola incluiu no Xoom 2 ME algumas funcionalidades que parecem compensar o fato dele não ter ainda a última versão do sistema.

A primeira impressão que tive do Xoom 2 ao segurá-lo foi a leveza. Ele é o primeiro tablet que eu pego com uma mão e percebo que se segurar por um tempo ele não vai causar muito incômodo. Segundo a Motorola eles chegaram no meio termo entre a tela de 10 e a de 7 polegadas, os padrões das fabricantes de tablets, depois de uma pesquisa no mercado e teste com protótipos. E parece, para mim ao menos, que encontraram o tamanho ideal.

Diferente do Xoom original, que foi criado para entregar a experiência do Android pura, o Xoom 2 ME já vem com algumas customizações da Motorola e que aparentam ser de utilidade duvidável. Mas fora dessa lista estão coisas como o MotoCast, que permite acessar pelo tablet os arquivos de mídia em um computador conectado à internet. Nesse tablet também existe um sensor infravermelho no tablet que, junto com um aplicativo integrado chamado Dijit, o transforma num controle remoto universal. É. Não entendi também.

Um diferencial do Xoom 2 e que justifica o “Media Edition” no nome é a preocupação com a qualidade do som. Ele tem um sistema de som surround virtual adaptativo. Basicamente são três alto-falantes em três cantos do tablet e que trocam de função (dois stéreo e um subwoofer) de acordo com a orientação do gadget, para garantir sempre um som de boa qualidade.

Já os acessórios do novo tablet são realmente bem variados, talvez até demais: dois tipos diferentes de teclado (um com trackpad e outro com um touchpad escondido), um dock, um adaptador de microUSB para porta USB padrão (que possibilita usar pendrives USB ou outros gadgets), um cabo HDMI e uma capa à la Smart cover que serve de apoio para o Xoom 2 ME e que pode fazê-lo tombar para a frente se a superfície não for muito plana.

O Xoom 2 chega ao Brasil por R$ 1.299,00, que está um pouco abaixo do que vemos no mercado brasileiro. Ele é fabricado no Brasil mas não tenho certeza ainda se o preço baixo está ligado com a lei de desoneração de tablets. Ainda assim, é possível desde já fazer um contraste com o tablet da Apple. O modelo de iPad 2 com WiFI e 16 GB, por exemplo, ainda está sendo vendido por R$ 1.649,00, embora ele tenha uma tela um pouco maior.

Quando questionada se pretende trazer a versão 3G do Xoom 2 para o Brasil, a Motorola disse apenas que sim, vai. Mas não quis arriscar uma data, deixando a expectativa num vago “primeiro trimestre do ano que vem” a mesma época, aliás, que deverão ser lançados os acessórios do tablet. Sobre a atualização para Android 4.0, a empresa afirma que ainda está avaliando se a atualização vai acontecer ou não.

Por enquanto essas são minhas primeiras impressões do tablet. Ele parece oferecer bastante por um preço que compensa o que tem. Você então tem duas opções para saber se ele entrega em termos de multimídia e vida de bateria: compre um no próximo dia 20 ou aguarde nosso review completo que deve sair pouco depois. 🙂

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.