Início » Computador » AMD prepara Ultrafinos em resposta aos Ultrabooks da Intel

AMD prepara Ultrafinos em resposta aos Ultrabooks da Intel

Avatar Por

Os computadores portáteis e com perfil esguio idealizados pela Intel, chamados Ultrabooks, não deverão ficar sozinhos (ou competindo com o MacBook Air) no mercado por muito tempo. A AMD está preparando uma nova plataforma também capaz de produzir os portáteis finos e eficientes em energia, que são a mais nova esperança do mercado para tentar reaquecer as vendas de computadores pessoais.

Por ora atendendo pelo pouco original nome de Ultrathin (literalmente, ultrafino em português), a plataforma deverá ser apresentada até o começo do segundo semestre e deve chegar às lojas "antes do final de 2012". Baseada na atual plataforma Trinity, os novos chips não deverão ter suporte integrado ao processamento de vídeos, solução tradicional nos produtos mais recentes de sua empresa mãe.

Os novos chips podem ser menos eficientes em energia e desempenho do que seus rivais da Intel, mas em compensação deverão chegar às lojas por um preço de 10% a 20% mais camarada do que os US$ 999 que a Intel sugere aos Ultrabooks. Além disso, os fabricantes que criarem portáteis da plataforma Ultrathin poderão escolher a placa de WiFi a ser usada nos equipamentos, enquanto que os Ultrabooks da Intel precisam necessariamente usar as placas da Intel.

Uma vez nas lojas, tanto os Ultrabooks quanto os Ultrathin terão a dura missão de chamar a atenção de consumidores que deverão estar cada vez mais encantados com a vasta fauna de tablets que deverá chegar às lojas durante o ano.

Com informações: RegHardware.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Eduardo
AMD não copiou, ela APERFEIÇOOU, ROUBOU a tecnologia da Intel e fez uma melhor ué. Pq acha que a Samsung ganha da APPLE? Samsung é praticamente a fábrica da APPLE, sabe 90% das tecnologias da maçã. Te pergunto, já que a samsung fabrica os processadores, qual smartphone seria melhor? Samsung ou IPHONE? kkkk
Joao Batista
Pode falar, pode deixarem seus comentários, podem deixarem suas críticas... mas garanto uma coisa, os processadores fusion é o bicho tenho um pc que montei recentemente e roda todo jogo... e não troco por core i7 nenhum. Duvidam? então testem!
Jean
Copiou nada. A Apple usa a plataforma Intel.
Fer
Eu queria MacBooks Air com ARM! Exigiria um bom desenvolvimento da tecnologia por parte da Apple, o que beneficiaria o iPad, o iPhone e o iPod Touch!
FER
Mas a Intel não tem do que reclamar. Cadê a criatividade da Intel com os Ultrabooks? A criatividade foi da Apple, não dela! E se for levar isso de cópia mais a fundo, a Intel copiou os processadores de 64 bits da AMD!
Fer
E a Intel copiou os UltraBooks da Apple, então ela não tem o que falar!
Yangm
Continuo preferindo aquele alienware espaçoso e pesado.
Yuri Ramos
Desculpem o detalhismo, mas a não existe plataforma trinity e ela muito menos é atual. Trinity é o codenome de uma nova linha de processadores (que terá como nucleos zambezi) que dizem que será lançado esse ano.
Wanderson
A intel copiou muita coisa da AMD , quer exemplos ? incrementou suporte para 64 bits , foi obrigada a colocar o controlador de memoria em seus processadores pois o FSB ja estava ficando com muito gargalo. e além disso a intel fez fake em uma apresentação de seus ultras-books , muito feio , mais e ai quem inova ????
Arthur Novello
Ferrando com tudo que ela consegui fazer trocando os PowerPC por Intel?
Felipe Oliveira
Acho horrível esses nomes. Para mim não precisaria, isso é apenas uma evolução dos componentes do notebook.
Vinnicius
Eu não gostaria muito não ;) Gostaria que a Apple lançasse seus próprios processadores para Mac, com certeza a sua linha de Macs seria muito melhor.
Vinnicius
O fake da Intel foi patético mesmo, nisso eu concordo com você. Porém, isso não anula o fato da AMD não ter criatividade e sair imitando a Intel não. Eu vejo semelhanças entre Ultrathin e Ultrabooks, Thunderbolt e Lightning Bolt. Enfim, isso só contribui para a incompatibilidade entre as coisas, e só dificulta a possibilidade de uma possível compatibilidade entre tudo (o conceito de que tudo pode ser conectado a tudo). AMD deveria deixar de ser antipática, e apoiar mais outras tecnologias.
@iJeanCarlos
Gostaria de ver esse processador em um MacBook Air.
@nilo_sp
até onde sei.. nunca vi a AMD fazer um fake igual nossa amiga intel segue link http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/01/intel-explica-a-apresentacao-fake-do-directx-11-nos-ivy-bridge.html Desculpe tecnoblog em postar o link de outro site.. espero q não tenha problema.
Exibir mais comentários