Intel faz suas apostas para 2011

Thássius Veloso
Por

A Intel é uma das empresas visionárias no mundo da tecnologia. Não é por acaso que tornou-se a número um em sua área, suplantando a AMD já faz alguns anos. A empresa publicou recentemente um documento no qual afirma quais são as tendências identificadas por ela para o próximo ano. Entre a aposta da Intel, a popularização da informática no Brasil, conforme uma pesquisa divulgada por ela em novembro.

HP Slate: a promessa de 2010, mas...

Ficou curioso para saber o que a Intel espera para 2011? Confira nos tópicos abaixo.

  1. TV inteligente. A Intel acredita que mais empresas vão se juntar à Boxee, Sony, Logitech e Cisco na oferta de televisão inteligente. Cabe lembrar que o Google também investe bastante nessa ideia, a ponto de lançar sua própria plataforma para televisores, a Google TV.
  2. Crescimento na venda de notebooks. Gráficos em alta definição e o wireless display, que permite enviar a imagem do note para um projetor sem depender de fios, farão com que os notebooks vendam mais. Não é o que o Goldman Sachs diz, mas tudo bem.
  3. Mais tablets. Segundo a companhia, haverá a tabletmania, com direito a aparelhos híbridos de netbook e tablet. A Intel ainda afirma que podemos esperar um novo MacBook Air que combine melhor as funções desses dois tipos de produtos.
  4. Prosperidade da Lei de Moore. A Intel confia nas inovações e técnicas de manufatura para que a capacidade dos processadores continue duplicando a cada 18 meses. Seus negócios nessa área agradecem.
  5. Dispositivos contextuais. O ano que vem será marcado pela primeira onda de dispositivos que conseguem perceber e compreender o contexto das coisas. Informações vindas de câmeras, GPS’s, ajustes de preferências e mais ajudarão a criar o assistente de férias ou o guia pessoal de restaurantes, por exemplo. Tudo automatizado.
  6. Sinalização inteligente. Segundo a Intel, será comum encontrar letreiros digitais como os do filme “Minority Report”, com novos modos de interação e reconhecimento facial.
  7. Computação na nuvem. O cloud computing e a virtualização serão a preferência das grandes empresas em 2011, inclusive com nuvens internas, acessíveis apenas pelos funcionários. A Intel ainda aposta na renderização na nuvem, algo que o OnLive já faz há alguns meses.
  8. Carros tecnológicos. A tecnologia será o centro de controle dos futuros veículos, com direito a centrais de entretenimento mais eficientes e o controle dos veículos por meio de instruções faladas.

No total a Intel fez uma lista com 12 itens, mas acima estão os 8 mais interessantes que eu pude destacar. Claro que alguns deles são apenas para fazer referência a produtos que a empresa comercializa ou planeja iniciar a comercialização. De qualquer forma, é mais uma maneira de saber o que a gigantesca Intel está esperando de 2011.

Quais dos itens você acha que devem se concretizar no próximo ano e quais são apostas furadas? Eu vejo futuro na computação na nuvem, que já esteve bastante presente em 2011, e na invasão dos tablets. E a minha confiança nos carros tecnológicos não está muito em alta, devo dizer.

Relacionados

Relacionados