Arquivo Celular

Índia mostra o “tablet mais barato do mundo”

João Brunelli Moreno
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O governo indiano mostrou nesta quarta-feira o que ele está chamando de “o tablet mais barato do mundo”, destinado à nobre função de oferecer inclusão digital aos milhões de alunos e professores espalhados pelo país. Anunciado em Nova Déli, o Aakash – ou céu, em português – vem com uma tela de 7 polegadas, conta com duas portas USB, roda Android 2.2 e tem uma bateria com capacidade de modestas três horas de duração.

Alunos exibem o Aakash | Crédito: Reuters

Além disso ele também tem câmeras para videochamada, processador de 366 MHz (e um processador separado para vídeo), 256 MB de RAM, 2 GB de memória interna e 2 GB em um cartão microSD e suporta conectividade WiFI (além de ter opções em 3G). Tudo isso por um precinho equivalente a R$ 65, garantido graças a uma série de deduções de impostos (e economia em termos de hardware também).

O primeiro lote de Aakash foi entregue pelo ministro de Desenvolvimento Humano do país, Kapil Sibal a 500 alunos que o usarão em fase de testes. Até o ano que vem espera-se que outros 100 mil aparelhos sejam distribuídos e que “nos próximos anos” outros 10 milhões de unidades estejam à solta pelas escolas locais.

Segundo a rede de notícias BBC o aparelho foi desenvolvido por uma empresa britânica chamada DataWind, que até o final do ano deverá oferecer uma versão comercial do modelo nas lojas locais pelo equivalente a R$ 170, sob o nome de UbiSlate.

João Brunelli Moreno

Formado em comunicação e jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba, João Brunelli Moreno é redator, blogueiro, roteirista e produtor de conteúdo. Venceu mais de 100 prêmios de publicidade, incluindo o 40° Profissionais do Ano realizado em 2018. Foi autor no Tecnoblog entre 2009 e 2012 cobrindo assuntos relacionados a gadgets, computadores, Apple, Google, Microsoft, entre outros.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque