Início / Notícias / Celular /

Xiaomi revela primeiro celular duplamente dobrável do mundo

Xiaomi diz que protótipo de celular dobrável pode virar produto real, chamado Mi Dual Flex ou Mi Mix Flex

Por

A Xiaomi demonstrou oficialmente seu primeiro celular dobrável. Bin Lin, presidente e cofundador da empresa, aparece em um vídeo manuseando o protótipo: ele possui duas dobras para alternar entre os formatos de celular e tablet, enquanto a Samsung e Royole (FlexPai) usam apenas uma dobra central em seus smartphones flexíveis. Se for lançado, o dispositivo pode se chamar Mi Dual Flex ou Mi Mix Flex.

Wang Xiang, vice-presidente sênior da Xiaomi, diz no Twitter que este é o “primeiro celular duplamente dobrável do mundo”. É o mesmo aparelho que apareceu em um vídeo vazado por Evan Blass, conhecido como @evleaks.

O vídeo da Xiaomi mostra Bin usando o aplicativo Tik Tok em um dispositivo touchscreen com o tamanho de um tablet. Então, o executivo vira a tela de lado e dobra dois painéis, um em cada extremidade, para reduzir o aparelho às dimensões de um smartphone.

A interface também se ajusta: o Tik Tok passa a ocupar apenas a parte frontal da tela, e todos os ícones na homescreen se realocam no espaço menor.

Celular pode se chamar Xiaomi Mi Dual Flex ou Mi Mix Flex

Bin explica na rede social Weibo que a Xiaomi precisou adotar uma série de tecnologias desafiadoras: o display flexível e dobrável, a camada de proteção para revesti-lo, mais as quatro dobradiças. Além disso, a empresa teve que adaptar a interface do Android com MIUI.

“Este formato simétrico, que dobra duplamente para fora, combina perfeitamente a experiência de um tablet e um celular; é ao mesmo tempo prático e bonito”, diz o executivo. O botão liga/desliga fica na parte superior (em modo paisagem) para ficar acessível mais facilmente mesmo em modo celular.

O dispositivo ainda é um protótipo, mas pode entrar em produção em massa caso a recepção do público seja positiva, explica Bin. Ele sugere dois possíveis nomes — Mi Dual Flex e Mi Mix Flex — mas está aberto a sugestões.

Com informações: TechCrunch, Engadget.