Início / Notícias / Negócios /

Facebook é multado em US$ 5 bilhões, mas ganha US$ 10 bilhões em valor de mercado

Multa ao Facebook foi aplicada pela FTC por conta do escândalo Cambridge Analytica

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A última sexta-feira (12) vai ficar registrada como a data em que o Facebook recebeu a maior multa já aplicada pela Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês) a uma companhia de tecnologia: US$ 5 bilhões referentes à violação de privacidade de usuários no escândalo Cambridge Analytica.

Facebook

O valor é resultado de uma negociação entre FTC e Facebook. Embora os detalhes não tenham sido revelados, fontes próximas ao assunto disseram que o acordo foi aprovado por três votos a favor (de republicanos) e dois contra (de democratas).

Os US$ 5 bilhões representam uma das maiores punições já aplicadas pela FTC, só perdendo para os US$ 10 bilhões negociados com a Volkswagen em 2016 por conta do escândalo dos testes de emissão de poluentes.

Para uma empresa de tecnologia, a maior multa já aplicada pela FTC até então havia sido direcionada ao Google: em 2012, a companhia teve que desembolsar US$ 22,5 milhões por conta de problemas relacionados à privacidade dos usuários no navegador Safari.

Apesar de expressiva, a multa não deve ter grande impacto nas finanças do Facebook. Na verdade, a companhia já esperava ter que desembolsar um montante dessa magnitude: em seus resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre, a empresa havia reservado US$ 3 bilhões para cobrir pelo menos parte dos custos legais referentes ao caso Cambridge Analytica.

Outro indício de que a punição estava dentro do esperado é que, logo após a revelação do acordo com a FTC, as ações do Facebook subiram 1,81%, fazendo o valor de mercado da companhia aumentar em US$ 10,4 bilhões. O fato de a divulgação ter sido feita minutos antes do encerramento da sessão pode ter contribuído para que não houvesse grande oscilação no valor dos papéis.

Reações contrárias ao acordo não tardaram a aparecer. A senadora democrata Elizabeth Warren, por exemplo, destacou que o Facebook faturou US$ 5 bilhões só no primeiro trimestre do ano passado. Para ela, a FTC deveria dividir o Facebook:

Vale destacar que Elizabeth Warren é a senadora que defende o desmembramento de gigantes como Amazon, Facebook e Google em negócios menores para “devolver a competição ao setor de tecnologia”.

É possível que, além de receber a multa, o Facebook tenha sido condicionado a documentar cada decisão referente aos dados dos usuários antes de lançar novos serviço e a aumentar o controle sobre aplicativos de terceiros que acessam a sua plataforma. Muita gente se questiona, no entanto, se já não deveria ser assim.

O acordo ainda terá que ser aprovado pelo Departamento de Justiça. Até o momento, Facebook e FTC não se pronunciaram sobre o assunto.

Com informações: Bloomberg, TechSpot.