Notícias Celular

Motorola diz que “protuberâncias são normais” na tela do Razr

A declaração da empresa aparece em vídeo sobre como conservar o Motorola Razr

Victor Hugo Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Motorola publicou em seu canal no YouTube alguns vídeos sobre Razr, celular dobrável parecido com o clássico V3. Um deles tem dicas para os usuários conservarem o aparelho em bom estado e afirma que “protuberâncias são normais” em sua tela.

YouTube video

O vídeo “Cuidando do Razr” possui 43 segundos e, por motivos óbvios, não demonstra a aparência que o celular pode passar a ter com protuberâncias em sua tela de plástico. O material também não conta com orientações de como evitar que isso aconteça.

Por outro lado, ele apresenta dicas de como os usuários devem agir caso derrubem água no aparelho, por exemplo. A empresa diz que o Motorola Razr é “repelente à água” e sugere que basta secar a área afetada para resolver o problema.

A Motorola lembra ainda que o celular possui um revestimento na tela e não pode ser utilizado com uma película protetora. Por fim, a fabricante recomenda manter o aparelho distante de objetos pontiagudos e dobrado enquanto estiver guardado no bolso.

A tela do Motorola Razr

O celular dobrável apresenta um painel OLED em plástico com 6,2 polegadas e proporção 21:9. Segundo a Motorola, ela não cria vinco porque conta com um espaço vazio na dobradiça que permite uma dobra mais suave.

Além disso, o aparelho tem uma tela OLED secundária com 2,7 polegadas. A Quick View, como é chamada, apresenta notificações e permite realizar chamadas, responder mensagens, controlar a reprodução de músicas e tirar selfies.

O Motorola Razr está em pré-venda nos Estados Unidos por US$ 1.499 e começará a ser entregue em 18 de feverereiro. O aparelho ganhará um concorrente direto em 11 de fevereiro, quando a Samsung lançará seu segundo celular dobrável, o Galaxy Z Flip.

Motorola Razr (2019) - Celular dobrável

Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque