Uber permite abrir queixa contra motorista durante a viagem

A Uber quer estimular passageiros a relatarem preocupações com segurança, mesmo que elas não sejam emergenciais

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos

Os passageiros da Uber não precisarão mais esperar o fim das viagens para informar a empresa sobre problemas de segurança que não são emergenciais. Um novo recurso permite que os usuários enviem comentários enquanto estiverem no veículo.

Para isso, será preciso apenas tocar sobre o ícone do escudo azul que aparece sobre o mapa e escolher a opção “Relatar problema de segurança”. Em seguida, o aplicativo apresentará uma tela com um campo para o comentário.

A Uber entrará em contato com o passageiro após a viagem para tentar resolver o problema. A seção é voltada para informar práticas inapropriadas dos motoristas que não são tão graves à ponto de ser preciso ligar para a polícia.

O exemplo apresentado pela Uber é o de motoristas que seguram o celular enquanto dirigem. A empresa identificou que, apesar de indevidas, prática como essa não costumam ser informada por passageiros. Isso acontece por conta de eventos que surgem após a viagem, como um encontro com amigos ou uma reunião de trabalho.

“Ao criar um canal extra de comentários, queremos incentivar as pessoas a compartilharem observações quando for conveniente para elas, o que nos ajuda a identificar melhor os problemas e orientar nosso trabalho para ajudar a desenvolver soluções de segurança”, afirmou a Uber.

O serviço tem ganhado novas ferramentas para aumentar a segurança dos usuários. A plataforma liberou, recentemente, recursos que gravam conversas em viagens e detectam situações inesperadas, como paradas muito longas ou mudanças de trajeto.

Com informações: Uber.

Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Relacionados

Relacionados