Início / Notícias / Finanças /

WhatsApp Pagamentos é liberado pelo BC para testes no Brasil

Visa e Mastercard podem fazer testes do WhatsApp Pagamentos, vinculado ao Facebook Pay, após autorização do Banco Central

Felipe Ventura

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Visa e Mastercard agora podem fazer testes do WhatsApp Pagamentos no Brasil: o Banco Central liberou as duas bandeiras de cartão a experimentarem transações de baixo valor enquanto a funcionalidade não é autorizada para os consumidores finais. O serviço, vinculado à carteira Facebook Pay, foi suspenso em junho porque o BC queria “avaliar eventuais riscos” à concorrência e à privacidade.

WhatsApp Pagamentos

WhatsApp Pagamentos permanece em testes

Em comunicado à Reuters, a Mastercard explica que “a funcionalidade ficará liberada apenas para um grupo limitado de cartões que realizarão transações de baixo valor”. Da mesma forma, a Visa recebeu a autorização do BC apenas para testes, não para operação comercial.

O presidente da Visa no Brasil, Fernando Teles, diz à Folha que a autorização do BC foi dada em 28 de julho, com o objetivo de incluir mais emissores de cartão e empresas de maquininhas ao WhatsApp Pagamentos.

Segundo a Folha, executivos do Facebook e representantes do BC farão uma nova rodada de conversas sobre o assunto ainda nesta semana. A instituição afirma que o WhatsApp Pagamentos “está em análise e segue o trâmite normal de aprovação”.

Inicialmente, o serviço estava disponível apenas para clientes do Nubank, Banco do Brasil, Sicredi e Woop. As transações eram processadas apenas pela Cielo, com taxa zero para pessoa física e 3,99% para pessoa jurídica (no WhatsApp Business).

Rumores dizem que Itaú e Bradesco teriam desistido do WhatsApp Pagamentos pouco antes de seu lançamento. No entanto, estava sendo preparado o suporte a cartões do Santander, Banco Inter, C6 e Neon, além da bandeira Elo.