Início / Notícias / Negócios /

Criptomoeda Libra vira Diem para se distanciar do Facebook

Associação Diem deixou de usar nome Libra para indicar independência do projeto da criptomoeda em relação ao Facebook

Por

A criptomoeda Libra ganhou um novo nome. Em uma tentativa de mostrar independência em relação ao Facebook, ela foi rebatizada nesta terça-feira (1º) para Diem. A associação responsável pelo projeto, que ainda busca a aprovação de reguladores, também contratou novos executivos.

Criptomoeda Diem será controlada pela carteira digital Novi (Imagem: Divulgação/Facebook)

Criptomoeda Diem será controlada pela carteira digital Novi (Imagem: Divulgação/Facebook)

Anunciada em junho de 2019, a Libra teve de lidar com várias mudanças de planos devido às preocupações de países como Estados Unidos e França. Os reguladores apontavam os riscos que a criptomoeda poderia trazer à estabilidade financeira de seus países.

O CEO da Associação Diem (antiga Associação Libra), Stuart Levey, afirmou à Reuters que a mudança de nome é uma tentativa de indicar uma estrutura mais simples e com operação autônoma. O executivo afirmou que houve uma mudança significativa na imagem do projeto, que, segundo ele, não havia sido bem recebido por reguladores.

Em comunicado, Levey afirmou que a criptomoeda Diem oferecerá uma plataforma simples em que consumidores e empresas poderão realizar transações instantâneas de baixo custo e com segurança.

“Estamos comprometidos em fazer isso de forma a promover a inclusão financeira — expandindo o acesso a quem mais precisa e, simultaneamente, protegendo a integridade do sistema financeiro ao dissuadir e detectar condutas ilícitas”, afirmou Levey, em uma aparente resposta a reguladores que temem o uso da criptomoeda para lavagem de dinheiro e financiamento de grupos terroristas.

A expectativa é de que a primeira versão da criptomoeda Diem seja lançada em breve. Ela será baseada em dólar e poderá ser liberada já em janeiro de 2021, de acordo com o Financial Times. A associação, no entanto, adiantou que só vai avançar em seu planejamento se tiver aprovação governamental, o que inclui uma licença da FINMA, o órgão regulador suíço para o mercado financeiro.

Libra tem várias mudanças até virar Diem

Antes da mudança de nome, o projeto da criptomoeda do Facebook teve vários obstáculos. Com a desconfiança de reguladores, o projeto foi abandonado por alguns parceiros, como Visa, Mastercard, eBay, Mercado Pago, Stripe e PayPal. O grupo ainda é integrado por 27 empresas, incluindo Uber, Spotify, Lyft e Shopify.

A associação não foi a única a mudar de nome. A carteira digital Calibra, parte do Facebook no projeto, foi rebatizada em maio para Novi. Na ocasião, a empresa afirmou que fez a mudança para deixar claro aos usuários que o serviço seria apenas um dos que suportarão a rede de pagamentos.

Com informações: TechCrunch.