Início / Notícias / Aplicativos e Software /

Windows 11 traz de volta recursos básicos da barra de tarefas e menu Iniciar

Nova prévia do Windows 11 é liberada com pastas no Iniciar; atualização traz novo Gerenciador de Tarefas e opções para economizar bateria

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Microsoft está preparando novidades para o Windows 11. Ou melhor, retomando algumas funções: a companhia trouxe de volta o gesto de arrastar e soltar da barra de tarefas e as pastas do menu Iniciar. Por enquanto, as alterações estão disponíveis somente para quem participa do programa de testes Windows Insiders. 

Notebook com Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft)
Notebook com Windows 11 (imagem: divulgação/Microsoft)

As novidades deram as caras na compilação 22557. A atualização certifica a volta da função para arrastar e soltar itens em apps da barra de tarefas. O recurso, vale lembrar, não é uma novidade, pois estava disponível em outras versões do sistema operacional. A Microsoft, porém, não incluiu o gesto no lançamento do Windows 11.

O gesto agiliza o acesso aos aplicativos. Em uma explicação dada pela Microsoft, basta clicar em um documento do Word, por exemplo, e arrastá-lo sobre o ícone do Outlook na barra de tarefas. Depois, quando o programa for aberto em primeiro plano, é só soltar o arquivo dentro da caixa de composição para anexá-lo em um e-mail.

Microsoft experimenta opção para criar pastas no Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Microsoft experimenta opção para criar pastas no Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Este não é o único recurso que retornou ao sistema. Agora, os usuários do Windows 11 também podem criar pastas no menu Iniciar. “Basta arrastar um aplicativo em cima de outro para criar uma pasta”, disse a Microsoft no blog do Windows. “Você pode adicionar mais aplicativos a uma pasta, reorganizar aplicativos em uma pasta e remover aplicativos de uma pasta”. 

A Microsoft ainda vai acrescentar outras melhorias à ferramenta no futuro, como a capacidade de nomear e renomear pastas.

Gerenciador de Tarefas do Windows 11 recebe mudanças no visual (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Gerenciador de Tarefas do Windows 11 recebe mudanças no visual (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Windows 11 ganha novo Gerenciador de Tarefas

A lista de novidades engloba outras ferramentas. É o caso do Gerenciador de Tarefas, que agora foi atualizado para se adequar ao visual do Windows 11. O sistema também recebeu um “modo de eficiência”, função que está sendo liberada gradualmente e reduz o desempenho de apps que estão consumindo muitos recursos para ajudar a economizar a bateria do computador.

Ainda sobre eficiência, a Microsoft modificou os valores padrões para os modos de suspensão e tela desligada. A ideia é que a alteração ofereça uma redução no consumo da energia e nas emissões de carbono quando o computador está ocioso. As configurações do Windows também vai fornecer recomendações para ajudar a economizar a bateria do PC. 

Gerenciador de arquivos do Windows passa a mostrar armazenamento do OneDrive (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Gerenciador de arquivos do Windows passa a mostrar armazenamento do OneDrive (Imagem: Reprodução/Microsoft)

A atualização também engloba novos controles para o Não Perturbe e o modo de foco. Além disso, o sistema ganhou uma opção para ver o armazenamento livre do OneDrive no gerenciador de arquivos (Windows Explorer), novos gestos com dedos, melhorias na multitarefa (Snap Layouts) e mais. A compilação, por ora, está disponível apenas no canal Dev.

Não há previsão de lançamento dos novos recursos na versão estável do Windows 11.

Com informações: The Verge