Início / Notícias / Negócios /

Americanas e Submarino saíram do ar há 3 dias; suspeita é de ataque hacker

Americanas, Submarino, Shoptime e Sou Barato enfrentam instabilidade após "acesso não autorizado" e permanecem fora do ar nesta segunda-feira (21)

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Americanas e o Submarino não tiveram um bom fim de semana. As lojas virtuais estão fora do ar desde sábado (19), totalizando três dias de instabilidade em meio à suspeita de um ataque hacker contra as plataformas. Agora, o site do Shoptime também está inoperante. Em nota ao Tecnoblog nesta segunda-feira (21), a Americanas S.A., responsável pelas marcas, afirmou que suspendeu parte dos servidores “assim que identificou acesso não autorizado”. 

Americanas e Submarino estão fora do ar desde sábado (19) (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)
Americanas e Submarino estão fora do ar desde sábado (19) (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

O que aconteceu com o site da Americanas?

Os relatos da queda do e-commerce surgiram no sábado (19). Os primeiros avisos sobre a instabilidade vieram de redes sociais, como o Twitter. Mais tarde, por uma plataforma de comunicados para investidores, a companhia informou que “suspendeu preventivamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste sábado (19/02), assim que identificou risco de acesso não autorizado”.

“Os ambientes foram normalizados às 15h16 do mesmo dia e não há evidência de comprometimento das bases de dados”, disse a Americanas S.A. em comunicado. “As lojas físicas não tiveram suas atividades interrompidas e permaneceram operando normalmente.”

O problema, no entanto, não foi resolvido. No dia seguinte, a empresa emitiu outro comunicado para alertar que “voltou a suspender proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste domingo”. A empresa também informou que acionou prontamente seus protocolos de resposta assim que identificou um acesso não autorizado aos seus sistemas. 

“A companhia atua com recursos técnicos e especialistas para avaliar a extensão do evento e normalizar com segurança o ambiente de e-commerce o mais rápido possível”, afirmaram. A companhia reitera que trabalha com rígidos protocolos para prevenir e mitigar riscos. As lojas físicas não tiveram suas atividades interrompidas e permanecem operando.”

Americanas e Submarinos continuam fora do ar nesta segunda-feira (21) (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Americanas e Submarinos continuam fora do ar nesta segunda-feira (21) (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Site e app continuam fora do ar; Shoptime também caiu

Apesar dos comunicados da plataforma de relação com investidores, a Americanas S.A. ainda não deu muitos detalhes sobre o que está por trás da instabilidade. Mas algumas das possíveis respostas estão disponíveis no perfil do editor de cibersegurança do TecMundo: em uma das publicações no Twitter, Felipe Payão mostrou uma captura de tela de mensagens trocados no canal do grupo Lapsus.

A imagem foi publicada na madrugada de domingo (20). Através dela, é possível encontrar relatos de que o grupo teve acesso ao sistema de pagamentos e até ao chat interno da plataforma de e-commerce. As duas mensagens citadas abaixo, no entanto, foram excluídas em seguida.

Enquanto isso, tanto a Americanas quanto o Submarino estão fora do ar. Tentei entrar nos sites das duas lojas virtuais por volta das 8h30 e as duas plataformas apresentaram o mesmo erro de conexão: “Service Unavailable – DNS failure”.

O app da Americanas abre no smartphone, mas apresenta mensagens como “Falha na conexão” e “Poxa, não foi possível mostrar as informações, mas você pode tentar de novo ;)”.

O site do Shoptime permaneceu acessível na manhã desta segunda-feira (21), mas saiu do ar durante a tarde. Da mesma forma, usuários não conseguem usar o serviço Sou Barato, que exibe o mesmo comunicado sobre as suspensões dos serviços.

O que diz a Americanas S.A.?

Tecnoblog entrou em contato com a Americanas nesta segunda-feira (21). Em nota, a empresa confirmou a suspensão de parte dos servidores neste domingo (20) após identificar um acesso não autorizado e que atua para normalizar a operação. Confira o posicionamento da companhia na íntegra:

“A Americanas informa que voltou a suspender proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste domingo (20/02) e acionou prontamente seus protocolos de resposta assim que identificou acesso não autorizado. A companhia atua com recursos técnicos e especialistas para avaliar a extensão do evento e normalizar com segurança o ambiente de e-commerce o mais rápido possível. A companhia reitera que trabalha com rígidos protocolos para prevenir e mitigar riscos. As lojas físicas não tiveram suas atividades interrompidas e permanecem operando.”

*Texto atualizado às 16h20 para informar sobre queda do Shoptime e Sou Barato