Início / Notícias / Negócios /

Quer um celular sustentável? Loja da Vivo diz o eco rating de smartphones

Lojas da Vivo apresentam os níveis de durabilidade, reciclabilidade, reparabilidade, entre outros critérios, de celulares à venda

Bruno Gall De Blasi

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Vivo passou a informar o índice de sustentabilidade de celulares nesta segunda-feira (25). Em suas lojas, a operadora indica o eco rating, um selo para mostrar o nível de durabilidade, reparabilidade, entre outros quesitos, de smartphones. A novidade está disponível para produtos da MotorolaNokiaSamsung e TCL.

Vivo indica o eco rating de celulares em suas lojas (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)
Vivo indica o eco rating de celulares em suas lojas (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A novidade está disponível na loja virtual, marketplace e nas lojas físicas da operadora. Ao acessar a catálogo, os consumidores terão acesso ao eco rating para saber o quão sustentável os produtos são em três momentos: produção, consumo e descarte. A avaliação parte de uma nota que vai de zero a cem que considera cinco categorias:

  • Durabilidade: avalia a robustez do celular, a duração da bateria e dos seus componentes;
  • Reparabilidade: indica se o telefone é fácil de ser reparado ou não;
  • Reciclabilidade: leva em consideração os componentes que podem ser desmontados e recuperados, incluindo a possibilidade de reciclagem ao final da vida útil;
  • Eficiência climática: averigua a emissões de gases de efeito estufa emitidos durante todo o ciclo de vida do produto;
  • Eficiência de recursos: considera a quantidade de matéria-prima escassa exigida para fabricar o celular e o impacto no esgotamento de recursos naturais.

“O eco rating considera parâmetros de impacto ambiental, economia circular e eficiência de materiais, desde a extração das matérias-primas, produção, transporte, uso e fim da vida útil dos aparelhos”, explicaram.

Eco rating do Motorola Edge na loja virtual da Vivo (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Eco rating do Motorola Edge na loja virtual da Vivo (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Vivo indica o eco rating de celulares em suas lojas

As avaliações estão disponíveis publicamente para os consumidores ao fazer a compra ou ao dar aquela olhadinha rápida. Na loja virtual, por exemplo, basta entrar na página de um celular e procurar pela avaliação. “Este aparelho possui o Selo de Sustentabilidade”, diz a descrição do produto com o eco rating.

Encontrei alguns produtos com o selo na tarde desta terça-feira (26). Ao visualizar as informações do Motorola Edge, por exemplo, achei o selo no final da página, indicando que o celular recebeu a nota 62 de 100. De todos os gráficos, a categoria com a maior pontuação foi a reciclabilidade, como mostra a imagem acima.

O Galaxy A52s 5G, da Samsung, recebeu uma nota maior: 84 de 100. O critério em destaque, dessa vez, fica ao cargo de três categorias distintas: reciclabilidade, eficiência climática e eficiência de recursos. Mas não são todos os celulares que receberam a avaliação, pois a página do Galaxy S21 sequer menciona o eco rating. 

A Vivo ainda oferece um site para trazer mais informações sobre os indicadores: vivosustentavel.com.br. Pela página, o consumidor pode obter tanto detalhes sobre o eco rating quanto entender o que está por trás do processo de produção e venda dos smartphones. “As matérias-primas mais utilizadas na fabricação dos aparelhos são ouro, prata, estanho e índio, além de outros metais preciosos extraídos da natureza”, afirmaram.

Galaxy A52s 5G recebeu a nota 84 de 100 no eco rating (Imagem: Divulgação/Samsung)
Galaxy A52s 5G recebeu a nota 84 de 100 no eco rating (Imagem: Divulgação/Samsung)

Tecnocast 232 – Você sabe do que o seu celular é feito?

Talvez você não soubesse disso, mas boa parte da tabela periódica está presente no seu celular. Obter toda essa matéria-prima só é possível graças a uma complexa cadeia global, que impressiona por seu tamanho e alcance. Mas essa indústria também conta com uma série de aspectos um tanto problemáticos, dos quais a maior parte do público não está ciente.

No Tecnocast 232, olhamos para os elementos que constituem o aparelho que nos acompanha o tempo todo. De onde vem o cobalto em nossos celulares e por que isso importa? E como a produção de smartphones pode contribuir para a degradação do meio ambiente? Pra entender essas e outras questões, dá o play e vem com a gente!