Início / Notícias / Telecomunicações /

Dona da Vivo contrata rival da Starlink para conectar antenas de 4G e 5G

Telefónica vai usar satélites da OneWeb para levar internet para empresas em áreas remotas da América Latina e da Europa

Giovanni Santa Rosa

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Telefónica tem um novo parceiro para levar internet para regiões remotas. A Telefónica Global Solutions (TGS), subsidiária da empresa voltada para o atacado, fechou um acordo com a OneWeb para revenda de capacidade de satélites na América Latina e na Europa. Assim, a dona da Vivo espera oferecer conectividade para governos e empresas, incluindo operadoras e provedores de internet.

Satélite OneWeb (Imagem: Divulgação/OneWeb)
Satélite OneWeb (Imagem: Divulgação/OneWeb)

A OneWeb é uma operadora de satélites de órbita baixa. Ela é controlada pelo governo britânico e pelo grupo Barthi Global, da Índia. A empresa é uma das principais concorrentes da Starlink, subsidiária da SpaceX de Elon Musk voltada a comunicações por satélite.

Os satélites da OneWeb funcionarão como backhaul para redes móveis 4G e 5G da dona da Vivo. Eles podem funcionar como reforço de rede já existente, backup em locais críticos ou capacidade adicional em situações especiais.

Em comunicado, a TGS fala que a OneWeb vai ajudar a Telefónica a expandir a cobertura móvel e estender a conectividade corporativa. Isso dá a entender que o serviço também poderá ser usado para conectar antenas em modo standalone, sem precisar de outros backhauls.

A revenda de serviços pode ser usada por provedores de internet e outras operadoras para levar internet a zonas rurais e remotas da América Latina e da Europa.

Dona da Vivo tem acordos com concorrentes

A OneWeb não é a única empresa a fechar um contrato com a Telefónica para a revenda de serviços de satélite.

A dona da Vivo também assinou com a Viasat para oferta de banda larga fixa por satélite a clientes corporativos. Ela usa o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação (SGDC), da Telebras.

Outro acordo é com a Hispasat, também para revenda de banda larga fixa por satélite.

Com informações: Teletime, TeleSíntese.