Notícias Computador

Lenovo anuncia P360 Ultra, workstation poderosa em um gabinete minúsculo

Apesar de tamanho reduzido, computador da Lenovo tem configurações com Intel Core i9 de 16 núcleos e suporta até 128 GB de RAM

Giovanni Santa Rosa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Computadores potentes geralmente precisam de muito espaço para acomodar seus componentes e dissipar o calor que eles produzem. Alguns, porém, conseguem encaixar peças potentes de um jeito compacto. É o caso do novo P360 Ultra, da Lenovo. Esta workstation tem processadores de última geração e placas de vídeo de até 16 GB de RAM em um gabinete pequeno.

Lenovo ThinkStation P360 Ultra na comparação com um fone
Lenovo ThinkStation P360 Ultra na comparação com um fone (Imagem: Divulgação / Lenovo)

Como tamanho importa neste caso, vamos às medidas: 22,1 x 20,1 x 8,6 cm. Ela fica, portanto, entre o P360 Tiny e o P360 Ultra. Nesse espaço, a Lenovo permite colocar até mesmo um Intel Core i9 de 16 núcleos da 12ª geração, a Alder Lake.

A caixa compacta é cheia de portas:

  • sete DisplayPort na traseira, sendo três ligadas à placa de vídeo integrada e quatro do tamanho mini ligadas à dedicada;
  • duas Ethernet, sendo uma de 2,5 Gbps e outra de 1 Gbps;
  • quatro USB-A na traseira e uma na frente;
  • saída para fone na dianteira;
  • duas Thunderbolt 4 na frente.

Há também lugar para dois SSDs M.2 e um HD ou SSD de 2,5 polegadas. Com relação à RAM, tem espaço para até quatro módulos DDR5, totalizando 128 GB.

Limitações

A Lenovo oferece duas opções de GPU. A Nvidia RTX A2000 de 12 GB, uma equivalente à RTX 3050 e RTX 3060, e a RTX A5000 mobile, que deve ter o mesmo desempenho da versão de laptop da RTX 3080.

Uma questão em relação às placas de vídeo é que a Lenovo parece usar um conector proprietário. Assim, não será possível fazer um upgrade no computador com qualquer GPU do mercado, apenas os pacotes que a própria Lenovo lançar.

Interior do Lenovo ThinkStation P360 Ultra
Interior do Lenovo ThinkStation P360 Ultra (Imagem: Divulgação / Lenovo)

Outra dúvida é como esse sistema vai se comportar em termos de aquecimento e energia. A alimentação é de 300 W, o que é menos que uma GPU de topo de linha usa. Apesar de ser um feito colocar tanto desempenho em pouco espaço, tem coisa que só mesmo um gabinete maior é capaz de fazer.

O ThinkStation P360 Ultra custa a partir de US$ 1.300. A Lenovo não divulgou quais as especificações do modelo de entrada, mas provavelmente ele virá com uma CPU i3 de quatro núcleos e GPU integrada. Nos EUA, ele chega às lojas até o fim de junho de 2022.

Com informações: Lenovo, Ars Technica.

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque