Windows 11 esconde recurso que deixa barra de tarefas mais rápida

Microsoft reconhece que barra de tarefas do Windows 11 pode ser lenta; solução já pode ser testada por usuários do Windows Insider

Emerson Alecrim
Por

Há quem não goste do Windows 11 por causa de sua barra de tarefas. Desenvolvida do zero, ela é menos funcional que a barra do Windows 10 (e versões anteriores). E também mais lenta, em muitos casos. É por isso que a Microsoft está trabalhando em uma solução para esse problema. Os mais corajosos já podem ativá-la.

Windows 11
Windows 11 (Imagem: Guilherme Reis/Tecnoblog)

A tal lentidão tende a ser perceptível em computadores com hardware mais antigo, embora também possa afetar máquinas novas. Logo após o Windows 11 ser carregado, a barra de tarefas pode demorar alguns segundos para exibir os ícones ou até para responder a comandos.

Mas, de acordo com o Windows Latest, a Microsoft está ciente do problema e já oferece uma solução, ainda que ela esteja oculta. Trata-se de um recurso que sincroniza a barra de tarefas com o componente Immersive Shell do sistema operacional.

O efeito esperado, obviamente, é o de que a barra de tarefas e os ícones desta sejam carregados de modo mais rápido.

Como ativar

Tudo indica que essa mudança é um esforço temporário. É possível que, em etapas futuras, a Microsoft encontre formas melhores de otimizar o desempenho da barra de tarefas.

Menu Iniciar e barra de tarefas do Windows 11 (imagem: reprodução/Microsoft Design)
Menu Iniciar e barra de tarefas do Windows 11 (imagem: reprodução/Microsoft Design)

Por ora, o novo recurso pode quebrar um galho. Ele só não vem ativado por padrão. A boa notícia é que um usuário que se identifica como PhantomOcean3 no Twitter explicou como habilitar a novidade.

Em primeiro lugar, é preciso ter a build 25182 do Windows 11, que está disponível para participantes do programa de testes Windows Insider (ainda não há informação sobre disponibilização para o público em geral).

Como esse não é um procedimento oficial, também é preciso ter em mente que falhas podem acontecer. O faça por sua conta e risco. Dito isso:

  1. Baixe a ferramenta ViveTool no GitHub;
  2. Extraia o arquivo baixado para c:\ViveTool;
  3. Clique com o botão direito do mouse em Iniciar e selecione Terminal Windows (Administrador) no menu que abrir;
  4. O Windows PowerShell surgirá; digite ali:
    • c:\vivetool\vivetool.exe /enable /id:39751186 /store:both
  5. Reinicie o Explorador do Windows (ou o próprio sistema operacional).

Depois disso, a barra de tarefas deve ser carregada mais rapidamente, embora sem as animações dos ícones.

Se o efeito não foi o esperado ou alguma instabilidade surgir, o procedimento pode ser desfeito. Para isso, execute o passo 4, mas com o seguinte comando:

  • c:\vivetool\vivetool.exe /disable /id:39751186 /store:both