Após atrasos, 5G puro finalmente é liberado em Fortaleza, Natal e Recife

Claro, TIM e Vivo ativam 5G Standalone em três capitais do Nordeste; confira os bairros com cobertura e saiba o que é necessário para utilizar a quinta geração

Lucas Braga
Por

Mais três capitais brasileiras ganharam sinal 5G nesta segunda-feira (5). Após atrasos determinados pela Anatel, Claro, TIM e Vivo ativaram antenas de quinta geração em Fortaleza (CE), Natal (RN) e Recife (PE). Quem tiver um aparelho compatível e estiver dentro da área de cobertura poderá desfrutar dos benefícios do novo serviço.

5G
5G (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

5G chegou nas versões SA e NSA

Assim como nas demais capitais, o trio de operadoras lançou o 5G puro em duas versões:

  • 5G SA (Standalone): utiliza a frequência dedicada de 3,5 GHz e o núcleo da rede é dedicado para a quinta geração;
  • 5G NSA (Non-Standalone): utiliza a frequência dedicada de 3,5 GHz, mas compartilha o núcleo da rede com o 4G.

Existem poucas diferenças entre o 5G SA e NSA para usuários comuns de smartphone: a versão Standalone até traz um ganho de latência, mas a velocidade de download e upload costuma ser a mesma no Non-Standalone. As principais vantagens do padrão SA serão vistas apenas no uso industrial.

Claro, TIM e Vivo permitem o acesso à rede 5G NSA sem necessidade de trocar o chip ou o plano — basta ter um aparelho 5G compatível com a frequência de 3,5 GHz. No entanto, para o 5G SA existem alguns requisitos:

  • na Claro é necessário ter chip 5G e plano específico para acessar o 5G SA;
  • na TIM não é necessário trocar de chip para acessar o 5G SA, mas é preciso ativar um pacote de 50 GB gratuito por 12 meses, exclusivo para clientes do pós-pago TIM Black;
  • na Vivo não é necessário ter plano específico, mas é preciso trocar de chip para acessar o 5G SA.

5G atrasa no Norte, Nordeste e Centro-Oeste

O edital do leilão da Anatel estabelecia que todas as capitais brasileiras tivessem 5G Standalone ativo até o final de julho de 2022. No entanto, a chegada da quinta geração atrasou — principalmente em capitais das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

O atraso foi recomendado pelo Gaispi, órgão ligado a Anatel que coordena a mitigação da frequência de 3,5 GHz. A nova faixa do 5G era utilizada pela TV aberta via satélite (TVRO), e os usuários da parabólica precisam trocar os equipamentos para modelos compatíveis com a Banda Ku.

Com dificuldades no mercado de chips e atraso na entrega dos equipamentos, a frequência de 3,5 GHz não foi liberada em todas as cidades a tempo do cronograma da Anatel. Um novo prazo foi estabelecido, e o prazo final para todas as capitais brasileiras devem ter 5G é 27 de novembro.

Além de Fortaleza, Natal e Recife, o 5G puro já chegou às cidades de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Palmas (TO), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Vitória (ES).

Cobertura do 5G ainda é pequena

O sinal do 5G ainda é incipiente em comparação com os padrões mais antigos: as operadoras costumam levar o sinal apenas para bairros e regiões específicas da cidade, sem a plenitude que estamos acostumados no 4G.

Entre as operadoras, a TIM parece ter levado mais a sério o estágio inicial do 5G: a tele supera com folga o número de bairros cobertos em comparação com a Claro e Vivo. Confira abaixo as áreas divulgadas pelas empresas:

Cobertura inicial do 5G em Fortaleza (CE)

OperadoraBairros com cobertura
ClaroAldeota, Barra do Ceará, Barroso, Bom Jardim, Centro, Cocó, Cristo Redentor, De Lourdes, Dionísio Torres, Dom Lustosa, José Walter, Manuel Dias Branco, Meireles, Mucuripe, Parque Dois Irmãos, Praia do Futuro, Siqueira, Varjota e Vila União.
TIMAlagadiço, Aldeota, Carlito-Pamplona, Cidade dos Funcionários, Damas, Dionísio Torres, Edson Queiroz, Fátima, Itaperi, Jacarecanga, Jardim América, Joaquim Távora, Jóquei Clube, Luciano Cavalcante, Manuel Sátiro, Maraponga, Meireles, Mondubim, Mucuripe, Pan-Americano, Papicu, Parangaba, Parque Manibura, Parque Santa Rosa, Praia do Futuro, Quintino Cunha, Rodolfo Teófilo, São João do Tauape, Vicente Pizón, Vila Peri e Vila União.
VivoCobertura inicial: Aldeota e Meireles.
Próximos bairros: Antônio Diogo, Benfica, Centro, Cidade dos Funcionários, Cocó, Dionísio Torres, Edson Queiroz, Engenheiro Luciano Cavalcante, Jardim das Oliveiras, Joaquim Távora, José Bonifácio, José de Alencar, Mucuripe, Papiçu, Praia de Iracema e Praia do Futuro I.

Cobertura inicial do 5G em Natal (RN)

OperadoraBairros com cobertura
ClaroAlecrim, Barro Vermelho, Cidade Alta, Lagoa Nova, Petrópolis, Ribeira e Tirol.
TIMAlecrim, Barro Vermelho, Candelária, Capim Macio, Centro, Lagoa Nova, Lagoa Seca, Mãe Luiza, Neópolis, Nova Descoberta, Pajuçara, Petrópolis, Ponta Negra, Redinha, Tirol.
VivoCobertura inicial: Ponta Negra, Tiro, Lagoa Seca e Barro Vermelho
Próximos bairros: Alecrim, Capim Macio, Cidade Alta, Nova Descoberta, Parque das Dunas, Petrópolis e Praia do Meio.

Cobertura inicial do 5G no Recife (PE)

OperadoraBairros com cobertura
ClaroAflitos, Boa Viagem, Boa Vista, Casa Amarela, Derby, Espinheiro, Graças, Ilha do Leite, Ilha do Retiro, Jaqueira, Madalena, Paissandú, Parnamirim, Pina, Santana, Tamarineira e Torre.
TIMAflitos, Alto Santa Terezinha, Apipucos, Boa Viagem, Casa Amarela, Casa Forte, Derby, Graças, Macaxeira, Madalena, Morro da Conceição, Parnamirim, Pina, Soledade, Tamarineira, Torre, Torrões, Várzea, Zumbi.
VivoCobertura inicial: Boa Viagem
Próximos bairros: Boa Vista, Curado, Ilha do Leite, Pina, Recife, Santo Antônio e São José.