Instagram terá ainda mais anúncios, incluindo no feed do perfil

Após primeira queda na receita trimestral da Meta no segundo trimestre em dez anos, Instagram se prepara para exibir mais anúncios

Bruno Gall De Blasi
Por

Instagram já apresenta muitos anúncios. Mas é bom se acostumar: nesta terça-feira (4), a rede social informou que passará a exibir mais propagandas, inclusive no perfil dos usuários. A mudança veio à tona depois que a Meta revelou, em julho, a sua primeira queda na receita trimestral em dez anos.

Logotipo do Instagram
Instagram (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A nova estratégia foi apresentada no blog da plataforma. Segundo a rede social, a rede social começou a introduzir a publicidade em novas áreas do aplicativo em setembro. As marcas também ganharam novas ferramentas criativas para oferecer “uma maneira mais fácil de criar, contar sua história e expandir seus negócios”.

Em seguida, quatro mudanças foram apresentadas pela companhia. É o caso da aba Explorar, identificada pelo ícone de lupa, que passará a exibir anúncios na grade de publicações, logo ao acessá-la, para alcançar “as pessoas nos estágios iniciais de descoberta de novos conteúdos importantes para elas”. O mesmo é dito ao perfil dos usuários:

“Também estamos começando a testar anúncios no feed de perfil para perfis públicos de adultos, que é a experiência de feed que as pessoas podem percorrer depois de visitar o perfil de outra conta e tocar em uma postagem”, afirmaram no blog.

O Instagram explica que, ao levar as propagandas aos perfis, os anunciantes têm a oportunidade de “expandir seu alcance facilmente usando recursos de feed existentes”. Do outro lado, os usuários terão “a mesma experiência de anúncio personalizada que desfrutam no feed principal do Instagram”. Também há novidades aos “criadores de conteúdos qualificados” dos Estados Unidos, que poderão ganhar uma renda extra com anúncios em seus perfis.

Instagram exibirá anúncio na grade de post da aba Explorar (Imagem: Reprodução)
Instagram exibirá anúncio na grade de post da aba Explorar (Imagem: Reprodução)

Instagram revela outros modelos de anúncios

Mas a mudança não termina por aí. Além dos anúncios na aba Explorar e no perfil, o Instagram passará a exibir publicidade de vários anunciantes em uma espécie de carrossel. Segundo a rede social, este modelo permite que as empresas sejam descobertas por pessoas que recentemente se envolveram com conteúdo comercial relevante no feed.

“Quando uma pessoa expressa intenção comercial ao se envolver com um anúncio, entregamos mais anúncios de outras empresas que podem ser de seu interesse, com tecnologia de aprendizado de máquina”, explicaram.

As marcas também ganharam ferramentas para levar mais criatividade à publicidade. É o caso dos anúncios baseados em realidade aumentada, que já está em testes e disponíveis tanto nos Stories quanto no feed. Outra novidade fica pelas músicas que podem ser adicionadas ao carrossel de anúncios do Reels. 

“As empresas podem selecionar manualmente uma música da nossa biblioteca ou permitir que o aplicativo selecione automaticamente a melhor música para um anúncio com base em seu conteúdo”, anunciaram.

Instagram prepara uma modalidade de anúncios com realidade aumentada (Imagem: Reprodução)
Instagram prepara uma modalidade de anúncios com realidade aumentada (Imagem: Reprodução)

Meta registrou queda na receita

A rede social até pode falar que “90% dos usuários seguem pelo menos uma empresa, então, quando acessam o Instagram, já estão com a mentalidade de se inspirar em marcas”. De fato, a plataforma é um espaço que aproxima consumidores e empresas. Todavia, há outra explicação por trás das novidades: dinheiro.

As coisas não andam muito bem para a Meta. No segundo trimestre de 2022, a empresa não bateu a meta (perdão) depois que a receita ficou 1% abaixo da registrada no mesmo período de 2021 ao registrar US$ 28,82 bilhões. Além disso, o metaverso, quem diria, continua a dar prejuízo para a companhia. 

Diante da situação, a Meta até congelou as contratações. E, agora, a empresa está otimizando os espaços do Instagram para expandir a receita através de anúncios. Mas eu me pergunto: é uma boa ideia fazer tudo isso enquanto os usuários da rede social estão reclamando dessa obsessão pelos vídeos

E vocês, o que acham da mudança? Compartilhe as suas impressões lá na Comunidade do Tecnoblog!

Com informações: 9to5Mac e TechCrunch

Relacionados

Relacionados