Musk volta atrás e Twitter terá só um selo de “verificado” [atualizado]

Assinantes do Twitter Blue vão ganhar acesso ao indicador de verificação azul; contas com identidade confirmada teriam direito ao novo selo "Oficial"

Bruno Gall De Blasi
Por

A confusão do selo de verificação do Twitter ganhou um novo episódio. Depois de toda a novela iniciada por Elon Musk, a rede social iria contar com um novo indicador para avisar aos usuários que o perfil é oficial. Enquanto isso, a medalha azul seria usada somente para assinantes do Blue. Musk, no entanto, voltou atrás e promete que o símbolo azul será “o grande nivelador”.

Twitter
Twitter (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Atualizado às 15h

O texto foi atualizado para incluir o fato de que Musk mudou de ideia e retirou o novo selo cinza.

O novo selo cinza pretendia dar um fim à trapalhada iniciada por Musk. Caso você não esteja a par, o novo dono da rede social informou que o selo de verificação azul estará disponível para quem pagar US$ 8 ao mês pelo Twitter Blue. Mas isto não deu uma boa repercussão – afinal, o indicador é usado para confirmar uma identidade.

Algumas pessoas até chegaram a zoar o bilionário para provar que esta não seria uma boa ideia. Para isto, os usuários com contas confirmadas alteraram o nome do perfil para “Elon Musk” e passaram a publicar vários tweets se passando pelo empresário. A brincadeira resultou em suspensões imediatas antes mesmo da estreia do conselho de moderação.

Na terça-feira (8), a diretora de gestão de produtos, Esther Crawford, anunciou a introdução de um segundo selo de verificação. Sim, para resolver a confusão criada pelo Elon Musk, a rede social estava disponibilizando dois selos de verificação.

Segundo Crawford, nem todos os perfis verificados anteriormente receberiam o rótulo “Oficial”. Isso ficaria restrito a contas governamentais, empresas comerciais, parceiros de negócios, grandes meios de comunicação, editores e algumas figuras públicas.

Selo "Oficial" do Twitter (Imagem: Divulgação)
Selo “Oficial” do Twitter (Imagem: Divulgação)

Musk volta atrás

A ideia virou alvo de críticas e piadas. Por exemplo, o analista Oliver Alexander disse o seguinte:

Em vez de manter o antigo sistema de verificação e, em seguida, implementar um novo sistema para contas do Twitter Blue, o Twitter decidiu destruir completamente o sistema antigo e, depois, implementar um novo sistema para substituí-lo. O dobro do trabalho para um resultado pior.

Então, de repente, o selo cinza sumiu dos perfis, e Musk se pronunciou no Twitter nesta quarta-feira (9): “acabei de matar” esse recurso. Ele também afirma que o selo azul “será o grande nivelador”.

Em outro tweet, o dono da rede social explicou a mudança brusca de ideia:

Note que o Twitter fará muitas coisas estúpidas nos próximos meses. Vamos manter o que funciona e mudar o que não funciona.

Esta é mais uma confusão no Twitter desde que a rede social foi adquirida por Musk. E pelo que o executivo indica, veremos mais decisões bruscas e bastante públicas nos próximos meses.

Com informações: Mashable e The Verge.

Relacionados

Relacionados