Fim do Futemax é mentira: site pirata de partidas de futebol não encerrou atividades

Futemax foi bloqueado na Claro, Vivo e outros provedores; serviço pirata de streaming de futebol mudou de domínio algumas vezes, mas segue na ativa

Felipe Ventura Felipe Freitas
Por e
Operação 404.6 expede 22 mandados de busca e apreensão
Futemax não teve as suas atividades encerradas e segue operando (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

O Futemax, site de streaming pirata com foco em partidas futebolísticas, ainda não acabou. Neste final de semana, uma conta no Twitter anunciou o fim do serviço, se passando como canal oficial. O tweet viralizou, sendo visualizado mais de 5 milhões de vezes, mas é falso.

“Venho a público aqui falar do FIM do Site FUTEMAX”, disse a conta @iFutemax no Twitter no último domingo (11). “Vamos desativar permanentemente nosso site.”

Na verdade, o Futemax continua no ar, mas diversos provedores de internet – incluindo Claro e Vivo – bloqueiam o site. O acesso é possível através de VPN.

Futemax informou fim do site no Twitter (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Conta fake informou o fim do Futemax (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Nesta segunda-feira, a conta @iFutemax publicou um desmentido: “o Site do Futemax segue firme, sem previsão para desativar, era só uma fake news”.

Como observa o perfil @goleada_info, a bio antiga da conta @iFutemax dizia que a conta não tinha relações com a equipe oficial do Futemax. Agora, o perfil sugere seguir um canal no Telegram criado em 11 de junho.

"Não temos nenhum vínculo com o site do Futemax, somos um perfil de entretenimento esportivo"
Bio antiga dizia que perfil @iFutemax não tem “nenhum vínculo com o site do Futemax” (Imagem: Reprodução / Twitter)

O Futemax já tinha conta no Telegram, criada em 2019. Na época, eles avisavam: “estamos diante de uma grande dificuldade quanto ao acesso ao nosso site devido à Operação 404“. Naquele ano, a polícia brasileira encerrou 210 sites e 100 apps de pirataria; nos anos seguintes, outras centenas de serviços foram bloqueados ou retirados do ar.

Em 2021, a conta do Telegram disse que o Futemax foi bloqueado “nos principais provedores de internet”. O serviço mudou de domínio algumas vezes, mas segue na ativa.

Atualização

O texto foi corrigido e atualizado para explicar que o Futemax não chegou ao fim. O Tecnoblog lamenta o erro.

Fim de sites piratas é crível com cenário recente

Desde o fim do RARBG em maio e do aumento de operações contra sites de pirataria, no Brasil e no exterior, está mais crível o encerramento de sites transmissões ilegais. O aumento de preços de serviços de hospedagem, e o estresse em manter uma operação desse tipo, influenciam na decisão de continuar com o site online.

No ano passado, o SoccerStreams publicou em seu site oficial o fim das operações. O streaming pirata era um dos principais alvos da justiça americana. O Estados Unidos será uma das sedes da Copa do Mundo de 2026. Por isso, o Departamento de Justiça do país está pegando pesado com transmissões ilegais de partidas de futebol. Até 2026, mais sites devem seguir os passos do SoccerStreams — e muitos vencidos pelo cansaço.

Relacionados