Elon Musk anuncia que X terá mais opções de assinaturas

Novas categorias de assinaturas do X terão preços diferentes e opções de exibição de anúncios para os usuários da rede social

Lupa Charleaux
Por
Elon Musk (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Novas categorias de assinaturas do X são reveladas após lançamento de taxa anual de US$ 1 (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O empresário Elon Musk usou o X (antigo Twitter) para revelar que a rede social terá duas opções de assinatura premium. O bilionário dono da plataforma citou que o lançamento dos novos planos acontecerá em breve.

Conforme a publicação, uma das opções de assinatura terá um preço mais acessível e acesso a todos os recursos, mas contará com a exibição de anúncios. Já o segundo modelo terá preço mais elevado em troca de não exibir publicidades.

Os valores dos novos planos não foram revelados pelo X. Vale citar que o X Premium, o único plano disponível atualmente, custa R$ 42/mês e garante alguns benefícios, dentre eles o selo azul de verificação.

A revelação das novas categorias de assinatura do X ocorre dias após a rede social impor uma taxa anual de US$ 1 para novos usuários em alguns países. A princípio, a intenção da cobrança é reduzir as atividades de bots e de spams na plataforma.

O programa Não [Sou] Um Robô (Not A Bot, em inglês) já está em testes na Nova Zelândia e nas Filipinas. Os usuários que optarem por não pagar a taxa terão acesso ao site no modo “Apenas Leitura”. Eles poderão somente ler as publicações, ver vídeos e seguir contas, mas não terão como interagir com outras pessoas.

Até o momento, não há informações se a taxa anual também será cobrada no Brasil.

Elon Musk com a palavra LAUNCH ao fundo
Um ano após a compra, Elon Musk ainda tem dificuldades de gerar renda com o X (Imagem: Bill Ingalls/NASA)

Tentativa de retomada do X

Essas movimentações refletem os esforços de Elon Musk para transformar o X em uma empresa rentável. Desde a aquisição em outubro de 2022, o bilionário vem realizando diversas mudanças com esse objetivo.

O início da gestão marcada por demissões em massa e o encerramento da equipe de moderação de conteúdo. Agora, a rede social tenta atrair novamente os anunciantes. O programa de monetização para criadores de conteúdo foi um dos lançamentos de 2023.

No entanto, o X segue sendo duramente criticado por vários usuários pela falta de moderação dos conteúdos. Algo que, para algumas pessoas, pode não justificar pagar qualquer valor para usar a rede social.

Com informações: Reuters

Relacionados