Google Tradutor é usado por turistas franceses para entender briga no Rio

Dois franceses e um suíço recorreram ao Google Tradutor para tentar entender por que estavam sendo expulsos de um camarote na Barra da Tijuca

Giovanni Santa Rosa
Por
Google Tradutor ganha modo escuro no Android (Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

A tecnologia nos ajuda a superar barreiras culturais e linguísticas — até nos momentos mais difíceis, malucos e esquisitos. Foi o que aconteceu com dois turistas franceses e um suíço no Rio de Janeiro: eles se envolveram em uma briga em uma boate na Barra da Tijuca e seu carro alugado foi alvo de tiros. Para tentar entender o que estava acontecendo, os três recorreram ao Google Tradutor para discutir com os agressores.

A confusão aconteceu na madrugada do dia 4 de agosto e vem sendo investigada desde então. Os dois franceses e o suíço estavam em um camarote quando um homem exigiu que eles se retirassem. Em seguida, houve uma confusão, com agressões físicas. Os seguranças separaram a briga. Do lado de fora, os envolvidos deram as mãos, mas foram expulsos mesmo assim.

A encrenca não parou por aí. Três homens ficaram esperando os turistas: o policial militar Gabriel Paixão Baptista, Israel Castilho Severino (apontado como integrante de uma milícia de Duque de Caxias) e um indivíduo identificado como Rogério Oliveira de Sá.

O Jeep Renegade alugado pelos estrangeiros foi alvo de coronhadas no vidro e depois de tiros. Os disparos atingiram um dos pneus traseiros e a mangueira de combustível do carro.

Dias depois, um amigo de Gabriel e Israel entrou em contato com o guia turístico que acompanhava os franceses e o suíço. Ele teria oferecido pagar os R$ 7,5 mil de franquia de seguro do carro alugado para “deixar o bagulho morrer”, nas palavras dele.

O bagulho, porém, parece não ter morrido. Gabriel e Israel foram presos preventivamente e indiciados por tentativa de homicídio.

Google Tradutor pode ajudar em viagens

Seja para pedir informações, comer em um restaurante ou não apanhar de milicianos, o Google Tradutor pode ser de grande utilidade quando você não domina o idioma local.

Já faz algum tempo que o aplicativo conta com um tradutor ao vivo de conversas. Desde 2020, ele passou também a contar com transcrição automática já no idioma de destino — bastante útil quando você está sendo expulso de um camarote, com todo aquele barulho.

A ferramenta oferece ainda um tradutor por foto, bem prático na hora de entender letreiros e placas, o que pode ajudar a localizar uma delegacia para prestar queixa depois de seu carro ter sido alvejado.

Com informações: O Globo.

Receba mais sobre Google Tradutor na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados