Google vai sugerir DuckDuckGo (e não Bing) no Android para a Europa

Após levar multa de quase US$ 5 bilhões, o Google anunciou os motores de busca alternativos que vai sugerir; Bing não é um deles

Melissa Cruz Cossetti
Por
• Atualizado há 2 anos
Tela de Escolha Buscador Android na Europa

Após levar uma multa recorde de quase US$ 5 bilhões, o Google anunciou os motores de busca alternativos que vai sugerir a novos usuários de Android em toda a Europa. O DuckDuckGo será a opção mais frequentemente oferecida, e não o Bing da Microsoft.

Quem comprar um Android em países da Europa a partir de 1º de março terá como opção quatro mecanismos de pesquisa para usar como padrão, incluindo o Google.

O motor de busca que os consumidores escolherem se tornará o padrão para pesquisas feitas no Google Chrome e também na caixa de pesquisa da tela inicial do Android. Um aplicativo dedicado para esse mesmo motor de buscas também será instalado junto.

Isso poderá ser feito a partir de uma “tela de escolha” que está sendo introduzida pelo Google no Android. A medida vem para atender reguladores europeus que disseram que a empresa tinha que parar de empurrar seu mecanismo de busca e navegador a todos que compravam um smartphone com Android, seu sistema operacional móvel.

A lista dos mecanismos de pesquisa exibidos para novos usuários varia para cada país da região, com base num sistema de leilão — cada buscador informa quanto está disposto a pagar toda vez que um usuário selecionar o seu produto como buscador padrão. Os três maiores lances (mais o Google) serão mostrados aos usuários, embaralhados. Com o provedor escolhido pagando o valor oferecido pelo quarto lance mais alto. Esse processo de leilão será repetido a cada quatro meses com o Google.

Note que, com o leilão, as opções que o Google mostra aos usuários nesta tela não refletem necessariamente a popularidade de um mecanismo de pesquisa naquele país — é um processo similar aos dos anúncios na busca do Google. Ao ver um motor de buscas na lista de sugestões, o usuário deve entender que esse provedor está disposto a pagar mais por novos usuários. Isso pode explicar por que o Bing, que é da Microsoft, só aparece como uma opção no Reino Unido e em mais nenhum outro país da região.

Leilão de busca no Android irrita a concorrência

Sim, o Google vai ganhar dinheiro com isso. E não só o DuckDuckGo está interessado em pagar. Você vai ver, na lista abaixo, nomes como o Qwant (França), Yandex (Rússia), GMX (Alemanha), Seznam (República Tcheca) e tantos outros, em vez do Bing (EUA).

O Google anunciou o leilão em agosto de 2019, deixando a concorrência não muito feliz. Eric Leandri, CEO do Qwant, disse que é um “abuso total da posição dominante do Google” “pedir dinheiro apenas para mostrar uma alternativa”. Contrariado, o executivo é um dos que está pagando por isso. Para Gabriel Weinberg, CEO da DuckDuckGo, trata-se de “leilão pay-to-play”, ele diz que “o Google vai lucrar às custas da concorrência”.

O CEO da Ecosia (Berlim), um mecanismo de busca que usa seus lucros para plantar árvores, boicotou o leilão. Em um comunicado, o CEO e fundador Christian Kroll disse que a decisão do Google estava “em desacordo com o espírito da decisão da Comissão da UE de julho de 2018” e que era contra esse comportamento monopolista.

As informações e declarações dos executivos são do The Verge e você confere a lista completa de quem topou participar do leilão de busca do Google, por país, logo abaixo. 

País Buscadores
Áustria:
DuckDuckGo, GMX, Info.com
Bélgica:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Bulgária:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Croácia:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
República Checa:
DuckDuckGo, Info.com, Seznam
Dinamarca:
DuckDuckGo, Givero, Info.com
Estônia:
DuckDuckGo, Info.com, Yandex
Finlândia:
DuckDuckGo, Info.com, Yandex
França:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Alemanha:
DuckDuckGo, GMX, Info.com
Grécia:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Hungria:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Islândia:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Irlanda:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Itália:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Letônia:
DuckDuckGo, Info.com, Yandex
Liechtenstein:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Lituânia:
DuckDuckGo, Info.com, Yandex
Luxemburgo:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Malta:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Holanda:
DuckDuckGo, GMX, Info.com
Noruega:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Polônia:
DuckDuckGo, Info.com, Yandex
Portugal:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Chipre:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Romênia:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Eslováquia:
DuckDuckGo, Info.com, Seznam
Eslovénia:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Espanha:
DuckDuckGo, Info.com, Qwant
Suécia:
DuckDuckGo, Info.com, PrivacyWall
Reino Unido:
Bing, DuckDuckGo, Info.com

Com informações: The Verge

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Melissa Cruz Cossetti

Melissa Cruz Cossetti

Ex-editora

Melissa Cruz Cossetti é jornalista formada pela UERJ, professora de marketing digital e especialista em SEO. Em 2016 recebeu o prêmio de Segurança da Informação da ESET, em 2017 foi vencedora do prêmio Comunique-se de Tecnologia. No Tecnoblog, foi editora do TB Responde entre 2018 e 2021, orientando a produção de conteúdo e coordenando a equipe de analistas, autores e colaboradores.

Canal Exclusivo

Relacionados