iPhone 15 Pro edição “O Poderoso Chefão” pode ser seu por R$ 44 mil

Caviar, empresa que modifica iPhones para mercado de luxo, anunciou nova linha inspiradas em filmes de máfia. Edição Capone é o mais barato por R$ 42 mil

Felipe Freitas
Por
(Imagem: Divulgação/Caviar)
iPhone 15 Pro inspirado em O Poderoso Chefão é o mais barato da nova linha da Caviar (Imagem: Divulgação/Caviar)

A empresa de itens de luxo Caviar anunciou nesta semana os novos iPhones 15 Pro da linha de Desperado, inspirados em filmes mafiosos. Um dos modelos é baseado no filme O Poderoso Chefão e custa US$ 8.490 (R$ 44.750). Ele possui uma cruzeta (parte que controla a marionete) e citação do filme feito com ouro de 24 quilates.

A Caviar é famosa por customizar iPhones Pro com detalhes em ouro e outras pedras preciosas. Provavelmente, os iPhones de ouro são os modelos mais famosos da empresa sediada em Dubai. Seguindo essa tradição, dois dos novos modelos anunciados possuem detalhes em ouro na sua construção.

Aliás, a sede da empresa é um lugar perfeito. Afinal, onde mais você encontra uma série de milionários extravagantes, de fortuna de origem desconhecida, e dispostos a comprar um iPhone 15 Pro cuja traseira pode ter o desenho de armas, balas, facas e soco inglês? Certeza que algum vilão de James Bond ou do John Wick é fã da marca.

Caviar tem iPhone 15 Pro edição Peaky Blinders

(Imagem: Divulgação/Caviar)
iPhone 15 Pro Revenge tem visual baseado na série Peaky Blinders (Imagem: Divulgação/Caviar)

Um dos novos modelos apresentados pela Caviar é o iPhone 15 Pro Revenge, inspirado na série Peaky Blinders. A traseira do aparelho tem o desenho de uma lâmina de barbear. Na série, os membros da gangue costuram lâminas em seus chapéus. O raio que divide a caveira ao meio é banhado em ouro 24 quilates.

O iPhone 15 Pro Revenge é o modelo mais caro da linha. A versão de 128 GB custa US$ 8.770 (R$ 46.200). Já o modelo com 1 TB de armazenamento sai por US$ 9.770 (R$ 51.500). O ator Cillian Murphy, que interpretou o protagonista da série, pode usar os possíveis US$ 10 milhões (R$ 52,5 milhões) que recebeu por Oppenheimer para comprar um desses iPhones.

O modelo mais barato da linha Desperado é o iPhone 15 Pro Capone, vendido por US$ 8.060 (R$ 42.490) — versão 128 GB. Ele não possui detalhes em ouro, mas a traseira tem revestimento PVD para entregar mais resistência ao aparelho. O visual é inspirado no design raio de sol da Breguet, fabricante de relógios de luxo.

(Imagem: Divulgação/Caviar)
iPhone 15 Pro Capone é o único sem detalhes em ouro (Imagem: Divulgação/Caviar)

Novos iPhone 15 Pro são edições limitadas

Se você ficou interessado nos modelos, é melhor correr para comprar. Todos eles são edições limitadas com apenas 99 unidades. Todos os iPhones Desperado são entregues em uma caixa exclusiva.

(Imagem: Divulgação/Caviar)
Caixa na qual smartphones são entregues devem custar alguns iPhones normais (Imagem: Divulgação/Caviar)

Compras com criptomoedas tem 15% de desconto — isso reforça a imagem mental de algum mafioso russo, chefe de cartel mexicano ou “líder de organização criminosa paulista” sendo o público-alvo dessa linha.

Além de modificar smartphones topo de linha, a Caviar vende outros itens como cases para Apple Watches e celulares e pingentes. Obviamente, eles não são nada baratos. Caso nenhum modelo agrade, o cliente ainda pode contratar o serviço de personalização de smartphones.

(Imagem: Divulgação/Caviar)
iPhone 15 Pro Diamond Snowflake é o celular mais caro vendido pela Caviar (Imagem: Divulgação/Caviar)

O smartphone mais caro vendido pela Caviar é iPhone 15 Pro Diamond Snowflake, que custa US$ 573.500 (R$ 3 milhões) na versão com 1 TB. Ele tem a traseira de ouro branco com diamantes cravejados. O floco de neve na traseira é um pingente de diamante da Graff, joalheria de luxo do Reino Unido.

Com informações: Gizmochina

Receba mais sobre iPhone na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados