Pix bate recorde de transações pela terceira vez em três meses

Método de pagamento mais querido do público atinge nova marca histórica pelo terceiro mês seguido; marca de 130 milhões deve ser passada até o fim do ano

Felipe Freitas Everton Favretto
Por e
O Pix é um dos responsáveis pelo declínio do cheque (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Pix bate novo recorde pela terceira vez em três meses, beirando o número de 130 milhões de transações diárias (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

E pela terceira vez em três meses, o Pix bate recorde de transações diárias. O método de pagamento mais querido do brasileiro (segundo meu empirismo) novamente passou da marca 120 milhões de transações, chegando a 129.444.492 de “fiz o Pix, recebeu aí?”. O recorde aconteceu ontem (6), data que é o primeiro dia pós-pagamento para uma boa parte dos brasileiros.

Enquanto a marca histórica de maio antecedeu o dia das mães e em junho tivemos o impacto do dia dos namorados (que costuma ser menor que a data para as mães), não há nada muito óbvio que explique esse novo recorde. Todavia, continuamos no período de festas juninas, há dia dos pais no próximo mês e seguimos com calendários de IPVA e licenciamentos de veículos abertos em alguns estados brasileiros.

E obviamente, a popularização do Pix é outro fator que influencia na quantidade de transações realizadas. Quanto mais popular, mais comum será a escolha pelo método do pagamento.

Pix bate recorde pela terceira vez e deve repetir o feito em agosto

Mais de 129 milhões de transações diárias foram feitas pelo Pix na última quarta-feira (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Mais de 129 milhões de transações diárias foram feitas pelo Pix na última quarta-feira (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O recorde foi batido pela terceira vez em três meses seguidos. Todos esses recordes seguem um padrão: acontecem em datas próximas ao dia 5, mostrando uma ligação entre o recorde e recebimento do salário. Em maio, o dia das mães próximo do pagamento foi um “forte fator de atração” para o recorde de transações.

Em agosto, teremos o dia dos pais. A data comemorativa costuma ter menos impacto no comércio do que o dia das mães. Porém, como dito anteriormente, a popularização do Pix, sendo aceito em mais lugares, poderá impactar na quantidade de transações diárias.

Além do mais, o quinto dia útil do mês de agosto será na segunda semana, antecedendo a celebração de dia dos pais.

Mesmo que não tenhamos um novo recorde em agosto, esse histórico de recordes batidos seguidamente em três meses é um claro indicativo que a marca superior a 130 milhões de transações diárias acontecerá ainda em 2023 — acompanhando um recorde de transações mensais.

Receba mais sobre Pix na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Everton Favretto

Everton Favretto

Assistente de Conteúdo

Everton Favretto é bacharel em Tecnologias Digitais pela UCS e caça homologações da Anatel para o Tecnoblog. Gosta de telefones (velhos e novos) e está sempre pronto para falar de aviões. Consegue identificar um modelo de 737 olhando para a fotografia dele e tem um Raspberry Pi Zero W na sacada só para rastrear as aeronaves por ADS-B.

Canal Exclusivo

Relacionados