Táxi autônomo da Cruise fica atolado em concreto fresco

Incidente aconteceu em São Francisco, Califórnia, dias depois da cidade ter liberado operação da Cruise 24 horas por dia; imagens nas redes sociais mostram atolamento

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 9 meses
Carro atolado em concreto fresco
(Imagem: @Name_Is_Nobody/Twitter)

Um táxi autônomo da Cruise atolou em concreto fresco na cidade de São Francisco, Califórnia. A grande ironia dessa situação é que o incidente (mais um) ocorreu dias depois da cidade autorizar a operação do “robotáxi” 24 horas por dia. As imagens do incidente foram divulgadas nas redes sociais e na mídia local.

Na semana passada, a Cruise e a Waymo, duas empresas de transporte por aplicativo que utilizam carros autônomos, foram autorizadas a operar sem restrições de horário na cidade californiana. Na decisão, que conta com oposição de moradores de São Francisco, uma das contrapartidas para que as companhias realizam corridas a qualquer momento e novos lugares é diminuir incidentes com os carros.

Possível causa é que robô ainda é “burro” para ver concreto fresco

Até o momento, a Cruise não divulgou a possível causa do incidente. Porém, é especulado que o motivo é incapacidade do robotáxi em identificar o que é estrada e o que é concreto fresco — mesmo que o local estivesse com marcações de cones e funcionários usando coletes refletivos.

Se de noite todos os gatos são pardos, para um carro autônomo todo “cinza” é asfalto e ponto final. Por isso, o carro pode ter visto a área da pista e identificou que estava seguro seguir. Pela imagem abaixo, podemos ver que há um desnível na faixa em que o robotáxi da Cruise atolou. Um ser humano entenderia que há algum problema ali e, mesmo que não identificasse o concreto fresco, poderia notar os funcionários da obra ao redor.

Bolt EV da Cruise atola em concreto em São Francisco (Imagem: @Name_Is_Nobody/Twitter)
Bolt EV da Cruise atola em concreto em São Francisco (Imagem: @Name_Is_Nobody/Twitter)

O que também falta entender é se não havia um cone no início da faixa. Em obras que acontecem em apenas uma pista de uma via, é comum que se alinhem os cones formando uma diagonal com a calçada. Isso causa um “encurtamento” da faixa e indica ao motorista que ele terá que trocar para seguir.

Cidadãos usam incidente para reforçar suas críticas ao robotáxi

Mesmo que a Comissão de Utilidade Pública da Califórnia (CPUC, sigla em inglês) tenha aprovado a ampliação do funcionamento dos robotáxis, isso não significa que a população fosse a favor disso. Uma parte dos cidadãos de São Francisco é contra os carros autônomos na cidade — e não por serem “anti-tech”.

No dia seguinte à decisão da CPUC, os carros da Cruise causaram filas na saída de um festival de música em São Francisco. De acordo com a empresa, subsidiária da GM e que usa os Bolts EVs, o motivo do incidente foi um problema de conectividade devido ao grande número de pessoas na região do festival.

Nas redes sociais, seja no Xwitter ou no TikTok, há vários vídeos de carros da Cruise confusos com a situação do trânsito — e moradores da cidade relembrando que quem votou por isso foi a CPUC, não eles.

Com informações: The Register e SFGate

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados