Vem marca nova aí? Tecno tem dois smartphones homologados, mas por outra empresa

Subsidiária da Transsion Holdings, que já vende produtos no Brasil pela Positivo, Tecno pode chegar no país

Paula Alves Everton Favretto
Por e
Vem marca nova aí? Anatel homologa Spark 8C da Tecno / Tecno / Divulgação
Spark 8C da Tecno (Imagem: Divulgação / Tecno)

Há um clima de mistério em torno de duas recentes certificações da Anatel. Os aparelhos Spark 8C e Camon 19, ambos da Tecno, foram homologados pela agência em um curto espaço de tempo. Oficialmente a marca não está no Brasil, apesar de contar com um site e um Facebook dedicados ao país. As recentes aprovações, no entanto, fazem suspeitar: seria essa a chegada da Tecno por aqui?

A Tecno é uma marca de celulares chinesa subsidiária da Transsion Holdings, fabricante que já está no Brasil por meio da Infinix — empresa cujos smartphones são vendidos pela Positivo.

As homologações, no entanto, não foram solicitadas pela Positivo ou por qualquer outra grande companhia do setor, estando no nome de uma empresa chamada Lee Trading Importação e Exportação Eireli.

Com pedidos aprovados entre outubro e setembro pela Anatel, as homologações se referem a dois dos principais smartphones da Tecno, com destaque especial para o Spark 8C, que aparece atualmente em evidência no site brasileiro da marca.

O aparelho teve dois dos seus modelos certificados pela agência: o primeiro, o KG5K, no dia 4 de outubro, enquanto o segundo, o KG5J, no dia 21.

O Spark 8C é um modelo de entrada, apesar do SoC Unisoc T606 (octa-core de 1,6 GHz), tem só 2 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. Por outro lado, a bateria é generosa, com 5.000 mAh. A tela de 6,6 polegadas tem resolução HD. O smartphone é equipado com duas câmeras traseiras de 13 megapixels e uma frontal de 8 megapixels.

Vem marca nova aí? Anatel homologa Spark 8C da Tecno / Tecno / Divulgação
Spark 8C foi homologado pela Anatel (Imagem: Divulgação / Tecno)

O outro dispositivo qualificado da Tecno, o Camon 19, passou pela Anatel ainda em setembro, conseguindo o seu certificado de aprovação no dia 9.

Este já é um modelo intermediário, com 6 GB de RAM e um processador MediaTek Helio G85 (com dois núcleos de 2 GHz e seis de 1,8 GHz). O armazenamento é de 128 GB e a bateria também de 5.000 mAh. A tela é um pouco maior, com 6,8 polegadas e resolução Full HD. No conjunto de câmeras o Camon 19 traz a principal de 64 megapixels e uma secundária de 2 MP para profundidade; a frontal tem 16 MP.

Tecnoblog tentou contato com a empresa

Desde outubro, o Tecnoblog tem investigado sobre a possível vinda da marca ao país. Para isso, em um primeiro momento, entramos em contato com a Lee Trading e a Positivo para checar quais informações as marcas tinham sobre o assunto.

Com a primeira, não obtivemos resposta. Com a segunda, porém, pudemos conversar com um representante da empresa, que afirmou que a Positivo Tecnologia não tinha informações sobre a chegada da Tecno no Brasil.

Recentemente, também tentamos contato com a assessoria internacional da Tecno, da qual não obtivemos resposta. Além disso, olhamos a composição societária da Lee Trading para tentar encontrar alguma ligação com outra grande marca, contudo não havia nenhuma informação a respeito.

O Tecnoblog continua investigando a possível chegada da Tecno ao país e atualizará este texto, caso novidades surjam sobre o assunto.

Relacionados