Venda de celulares cai 20% na pandemia; Samsung e Huawei lideram mercado

Mercado de celulares tem queda de 20% na pandemia de COVID-19; Samsung e Huawei lideram no segundo trimestre de 2020

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Samsung Galaxy S20 e S20+ (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O mercado de celulares teve queda de 20% na pandemia de COVID-19. Segundo um levantamento da consultoria Gartner revelado nesta terça-feira (25), quase 295 milhões de smartphones foram vendidos no mundo durante o segundo trimestre de 2020, com destaque à Samsung e Huawei, que lideram os resultados do período.

Ao todo, cerca de 294,7 milhões de celulares foram comercializados no 2º trimestre de 2020 contra 370,3 milhões no mesmo período do ano anterior. De acordo com a consultoria, a queda de 20,4% é resultado dos impactos da pandemia de COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

“Restrições de viagens, fechamentos de lojas físicas e gastos mais prudentes em produtos não essenciais durante a pandemia levaram à segunda queda trimestral consecutiva nas vendas de smartphones neste ano”, afirma Anshul Gupta, diretor sênior de pesquisa do Gartner.

A Samsung manteve a liderança no mercado durante o período, com 18,6% de market share e quase 55 milhões de celulares vendidos. Mesmo assim, a companhia registrou uma retração de 27,1% em relação aos resultados do segundo trimestre de 2019, quando a fabricante sul-coreana comercializou 75,1 milhões de telefones.

Huawei é a segunda colocada no mercado de celulares durante o 2º trimestre de 2020, segundo Gartner

A Huawei vem em segundo lugar, com 18,4% de participação de mercado e 54 milhões de unidades comercializadas, seguida pela Apple, em terceiro lugar, com uma fatia de 13% do mercado e cerca de 38 milhões de iPhones vendidos. Ainda assim, ambas as marcas sofreram quedas de 6,8% e 0,4%, respectivamente.

As quarta e quinta colocações são representadas pelas companhias chinesas Xiaomi e Oppo, como 8,9% e 8% do mercado, respectivamente, com quedas de 21,5% e 15,9%. Já as demais fabricantes de celulares acumularam uma cifra de 33,2%, com 97,7 milhões de unidades vendidas no exercício (-28,8%).

Com informações: Gartner

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.

Canal Exclusivo

Relacionados