YouTube também terá bots com inteligência artificial

Dois testes usam IAs generativas para resumir principais assuntos da área de comentários e responder a perguntas relacionadas ao conteúdo dos vídeos

Giovanni Santa Rosa
Por
YouTube
YouTube (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A lista de empresas com recursos de inteligência artificial não para de crescer. A mais nova plataforma na lista é o YouTube. O site de vídeos vai começar a testar duas ferramentas desse tipo. Uma serve resumir os principais assuntos discutidos na área de comentários. A outra responde a perguntas sobre vídeos.

Segundo o YouTube, as duas ferramentas serão disponibilizadas a um pequeno grupo de assinantes do pacote Premium — que, a propósito, ficou mais caro. Como os testes são bastante limitados, dificilmente você terá acesso a eles, pelo menos em um primeiro momento.

IA identifica principais assuntos dos comentários

A ferramenta de resumo de comentários mostra quais são os principais assuntos discutidos pelo público de um vídeo. Ao tocar para ver todas as respostas, um novo botão aparece, organizando a participação dos internautas por tópicos.

A ideia é achar com mais facilidade discussões específicas — pense em um passo de tutorial que você não entendeu direito, por exemplo.

Caso os criadores dos vídeos não gostem de um tópico, eles precisam remover todos os comentários listados naquele assunto.

Por enquanto, o resumo de comentários está disponível para um número reduzido de vídeos com muitos comentários em inglês.

Chatbot resume informações de vídeo

A outra ferramenta testada pelo YouTube é uma inteligência artificial conversacional. Em outras palavras, é um robô que entende o que você está dizendo e dá respostas adequadas, em linguagem natural, como se fosse um ChatGPT daquele vídeo.

A ideia é acessar com mais facilidade as informações que estão em um vídeo. No exemplo dado pelo YouTube, dá para pedir um resumo do conteúdo, mais informações sobre o assunto ou recomendações de conteúdos relacionados.

Este recurso está em testes apenas nos EUA, para usuários de Android.

YouTube também testa IA para criação de vídeos

As duas ferramentas anunciadas nesta segunda-feira (6) se juntam aos recursos de criação de vídeo com inteligência artificial apresentados pelo YouTube em setembro de 2023.

Com a Tela Fantástica (ou Dream Screen, em inglês), é possível criar ilustrações a partir de pedidos em linguagem natural, como “um panda bebendo café” ou “um cachorro dirigindo um carro”.

Além das IAs generativas, o YouTube testa recursos para recomendação de música, dublagem automática e insights a partir de dados.

Com informações: YouTube, TechCrunch

Receba mais sobre YouTube na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados