HDMI ARC e HDMI eARC: o que são as portas de retorno de áudio da TV?

HDMI ARC (Audio Return Channel) é um recurso que permite à TV transmitir sinais de áudio para uma soundbar; entenda o funcionamento da tecnologia e diferenças para o eARC

Emerson Alecrim Paulo Higa
Por e
HDMI ARC (imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)
HDMI ARC (imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

HDMI ARC (Audio Return Channel) é uma tecnologia que permite à TV enviar som a uma soundbar ou home theater por meio de um cabo que também transmite sinal de vídeo. A versão eARC (enhanced ARC) melhora a experiência sonora ao suportar especificações como Dolby Atmos e DTS:X.

O padrão ARC, cuja sigla significa Canal de Retorno de Áudio, foi criado para permitir o uso de sistemas de som mais avançados que os alto-falantes da TV. A seguir, o Tecnoblog mostra como a tecnologia funciona, suas vantagens e diferenças em relação ao cabo óptico de áudio.

Como funciona a porta HDMI ARC (Audio Return Channel)?

Uma conexão HDMI ARC encaminha o sinal digital de áudio recebido ou gerado por uma TV a sistemas de som como soundbar e home theater. Para isso, a conexão HDMI ARC funciona de modo bidirecional, isto é, recebe e envia dados. Nas TVs, uma porta HDMI convencional apenas recebe sinal.

O fluxo bidirecional permite que um único cabo HDMI transmita vídeo e áudio. Uma ponta é ligada à TV, enquanto a outra ponta é conectada ao sistema de som.

Um equipamento que transmite sinal de vídeo e áudio, como um videogame ou uma TV box, pode ser conectado a uma porta HDMI do sistema de som para que os três (TV, equipamento de som e transmissor) sejam interligados.

Conexão HDMI ARC (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Conexão HDMI ARC (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Portas HDMI ARC também podem ser usadas para conectar a TV a um sistema de som sem que um terceiro equipamento participe da conexão. Isso porque a tecnologia suporta largura de banda de até 1 Mb/s, o que a torna mais vantajosa que cabos ópticos, que mantêm esse parâmetro em até 384 kb/s.

A tecnologia suporta ainda padrões como Dolby Digital e DTS Digital Surround de 5.1 canais, embora não lide com codecs de bitrate elevado, como Dolby TrueHD e DTS-HD Master Audio.

O que é eARC (Enhanced Audio Return Channel)?

eARC (Enhanced Audio Return Channel) é uma versão aprimorada do ARC que aumenta a largura de banda máxima da tecnologia de 1 Mb/s para 37 Mb/s. Com isso, a tecnologia pode fazer transmissões com padrões de áudio de última geração, a exemplo do formato Dolby Atmos com som surround 7.1.

O eARC também pode transmitir áudio com outros padrões de alta taxa de bits, como Dolby TrueHD, DTS:X e DTS-HD Master Audio.

HDMI eARC na parte inferior da TV (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
HDMI eARC na parte inferior da TV (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Estas são as principais diferenças entre cabo óptico, HDMI ARC e HDMI eARC, de acordo com a Sony:

 Cabo ópticoHDMI ARCHDMI eARC
Áudio estéreoSimSimSim
5.1 com compressãoSimSimSim
5.1 sem compressãoNãoNãoSim
7.1 sem compressãoNãoNãoSim
Padrões de alto bitrate (DTS:X, Dolby Atmos e outros)NãoNãoSim
Largura de banda máxima384 kb/s1 Mb/s37 Mb/s

Para que serve a conexão HDMI ARC?

A conexão HDMI ARC transmite o áudio que a TV recebe de dispositivos como videogame e TV box a uma soundbar, home theater ou receiver. Assim, não é preciso usar um cabo óptico ou AV para enviar o conteúdo sonoro a esses equipamentos.

Os padrões HDMI ARC e eARC foram desenvolvidos para permitir o uso de sistemas de som que oferecem qualidade de áudio superior a dos alto-falantes das TVs, sem que vários cabos sejam necessários para isso. A tecnologia também pode ser encontrada em monitores e projetores de vídeo.

Pode-se ainda combinar uma conexão HDMI ARC ou eARC com o padrão HDMI CEC (Consumer Electronic Control), que faz o controle remoto da tela comandar os dispositivos conectados a ela. Com isso, é possível trocar de canal na TV box ou baixar o volume da soundbar usando o controle remoto da televisão.

Porta HDMI ARC em uma TV (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Porta HDMI ARC em uma TV (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Qual versão de HDMI suporta ARC?

A tecnologia HDMI ARC é compatível com o HDMI 1.4 e versões posteriores. Já o HDMI eARC requer o HDMI 2.1 ou superior. Em todos os casos, a TV, monitor ou projetor precisa ser compatível com HDMI ARC ou eARC para a tecnologia funcionar.

Como conectar soundbar, home theater ou receiver com HDMI ARC?

Verifique se a sua TV, monitor ou projetor tem porta HDMI ARC ou eARC. Se positivo, conecte um cabo HDMI a ela. No caso do eARC, é preciso ter um cabo compatível com HDMI 2.1 para usufruir de toda a largura de banda dessa versão.

A outra ponta do cabo deve ser ligada ao equipamento de som, cuja porta pode ser identificada com nomes como HDMI Out, TV-ARC ou HDMI Output. Ao ligar a tela, a transmissão de áudio será ativada automaticamente, embora alguns aparelhos possam exigir configuração manual.

Aparelhos transmissores, como uma TV box ou um videogame, podem ser ligados a uma porta HDMI convencional da TV ou à porta HDMI In do equipamento de som.

Qual a diferença entre HDMI IN (ARC) e HDMI OUT (TV ARC)?

A porta HDMI In é usada para que o equipamento receba uma transmissão de vídeo e áudio. Ela também pode ser chamada de HDMI Input. Já a porta HDMI Out, também chamada de HDMI Output ou TV ARC/eARC, é aquela que envia os sinais de vídeo e áudio para um equipamento externo.

As duas portas podem coexistir entre as conexões de entrada/saída de um dispositivo. Nas TVs, a porta HDMI In é usada para receber sinal digital de aparelhos como TV box e videogame. Já a porta HDMI Out é usada para enviar sinal digital a outro dispositivo.

HDMI In e Out em uma soundbar (imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
HDMI In e Out em uma soundbar (imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O que fazer se minha TV não tiver suporte a HDMI ARC?

Na ausência de uma porta HDMI ARC, uma TV pode ser conectada a uma soundbar ou home theater por meio de um cabo óptico para transmissão de áudio digital. Em geral, ele é conectado à saída S/PDIF da TV, com a outra ponta devendo ser ligada ao equipamento de áudio.

Outra opção é o uso de uma cabo AV (RCA), mas esse tipo de conexão costuma ser encontrado apenas em TVs e sistemas de som antigos. Pode-se ainda utilizar um cabo P2 (3,5 mm) ou conexões Bluetooth para transmitir o áudio a caixas de som convencionais e fones de ouvido.

Qual a diferença entre HDMI ARC e cabo óptico de áudio?

O HDMI ARC transmite sinal digital de vídeo e áudio por meio de uma única conexão. Já o cabo óptico transmite apenas sinal digital de áudio, exigindo uma conexão separada para vídeo. Além disso, o padrão ARC funciona com a tecnologia HDMI CEC, que faz o controle remoto da TV comandar outros dispositivos.

A tecnologia HDMI eARC, uma versão melhorada do HDMI ARC, pode ainda transmitir áudio baseado em padrões de alta qualidade de som, como Dolby Atmos e DTS:X, recursos indisponíveis na transmissão por cabo óptico.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre HDMI na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados