No ano passado o serviço de streaming de músicas Grooveshark recebeu um processo bilionário por parte da UMG, ou Universal Music Group, por infração de direitos autorais em músicas. Pouco depois, outros dois grandes estúdios, EMI e Sony, seguiram a linha e quebraram acordos com a companhia. Mas uma decisão liberada ontem pela corte americana julgado o caso virou a balança a favor do site.

Grooveshark: talvez não tão com o pé na cova assim

Segundo a corte, o principal argumento da Universal no caso foi considerado inválido e não será aceito no processo. O estúdio dizia que as músicas criadas antes de 1972 seriam protegidas por leis federais de direitos autorais e, por isso, o Grooveshark não estaria protegido pelo DMCA.

O DMCA é uma lei americana que, dentre outras coisas, contém uma sessão chamada “porto seguro” em que os sites que recebem conteúdo protegido por direitos autorais dos seus usuários não podem ser acusados de infração. No caso do Grooveshark, o que a corte determinou é que a Universal não pode usar essa abertura na lei para dizer que o site não está protegido pelo DMCA.

Por mais que seja uma decisão a favor do Grooveshark, o processo ainda está longe de terminar. E vou chutar que os criadores do site ainda terão que explicar porque havia um ranking interno de quem mais enviava músicas para os servidores.

Com informações: TechDirt.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@LBKatan
Realmente, a "pirataria" tá nos guetos. Dica: torrent.
@daniloficial
só esses programas pagos mesmos de músicas! porque na internet não se acha mais nenhum site para baixar música, o 4shared quando vai baixar precisa de cadastrar tudo em inglês e o palcomp3 não tem quase todas as músicas e os outros sites a gente clica em baixar e redireciona para outra janela que não tem nada a ver com o download!
Guedes
A voz da internet é a voz de DEUS!
Fer
Todos culpando a Universal... Vocês têm o que no lugar do cérebro? Sério! Ela está no direito dela, não gostou? Não ouça as musicas dela então! O Spotify está ai, provando que esses serviços só não são legalizados porque não querem!
@rodrigorsena
'-' eu juntei cara, mas eu só desejei que o Mega voltasse, o Groove virasse o jogo, e que o tecnoblog tivesse uma opção de editar comentário (sendo que esse ultimo o tio Sheilong disse que tem que reunir uma grande massa de energia pra pode realizar esse desejo) O Corinthians campeão não sei o que foi, acho que foi alguma coisa que aconteceu no espaço-tempo sei lá!
@AntonioVeras
Eu gosto do Grooveshark. Acho um serviço interessante, mas vejo falarem e usarem mais o Last.FM. Que até tem integração no Banshee do Ubuntu.
@allancancian
Os Maias, se é que me entende!
@LBKatan
hahahahah boa!
@LBKatan
Amém! Mesmo assim, não tenho muita esperança. O "estrago" está feito e as produtoras não estão felizes. Acredito que não tem como sair um acordo disso tudo.
Vinnícius Santos
Groove virando o jogo, MEGA voltando e Corinthians campeão da Libertadores... Sério quem foi que juntou as esferas!?