Início » Celular » Motorola lança ferramenta de desbloqueio de bootloader

Motorola lança ferramenta de desbloqueio de bootloader

Desbloqueio do Android pode causar lesões corporais.

Por
7 anos atrás

A Motorola, uma das fabricantes mais criticadas quando o assunto é desbloqueio de bootloader e root no Android, decidiu liberar uma ferramenta oficial para satisfazer os usuários de smartphones e tablets da marca. Mas a empresa deu um aviso não muito amigável: você perderá a garantia do aparelho e o processo de desbloqueio pode causar lesões corporais. Ahn?

Desbloquear o bootloader de um aparelho Android permite instalar um kernel customizado para oferecer melhor desempenho e facilita o root, necessário para rodar determinados aplicativos. Esse processo é muito fácil no Galaxy Nexus, bastando rodar um comando simples, mas geralmente é complicado nos outros smartphones.

Para fazer o desbloqueio é necessário fornecer um código único do seu Motorola, instalar drivers e ferramentas do Android, fazer algumas verificações e assinar um documento dizendo que você aceita cancelar a garantia do fabricante. Todo o processo está explicado com detalhes no site oficial do Unlock My Device. Infelizmente poucos aparelhos são suportados até o momento, incluindo o Photon Q 4G LTE da operadora Sprint, o RAZR Developer Edition lançado na Europa e o tablet Xoom.

Cuidado para não se machucar

Como notou o Adrenaline, é importante ler os termos antes de prosseguir com o desbloqueio. A página diz que, se você liberar o bootloader de um aparelho da Motorola, “pode ter consequências inesperadas, imprevistas e perigosas, como a inutilização do aparelho, a violação das leis aplicáveis ou causar danos materiais e/ou danos corporais”.

Você foi avisado. Diga a sua família para não processar a Motorola caso você morra durante o processo.