Início » Antivírus e Segurança » EUA espionaram emails e ligações telefônicas de brasileiros

EUA espionaram emails e ligações telefônicas de brasileiros

Paulo Higa Por

No início de junho, um escândalo político envolvendo privacidade surgiu nos EUA. Os jornais The Guardian e The Washington Post afirmaram que o governo americano espionou emails e telefonemas da população, num programa que tinha como objetivo capturar informações de inteligência estrangeira para proteger o país de ataques terroristas. Neste fim de semana, o jornal O Globo afirmou que os brasileiros não apenas foram espionados pelos EUA, como também eram um dos principais alvos.

As informações coletadas pelo governo americano foram de pessoas residentes ou em trânsito no Brasil, além de empresas instaladas no país. Em janeiro, segundo o jornal, o Brasil ficou pouco atrás dos EUA, que tiveram 2,3 bilhões de telefonemas e mensagens espionados. Além disso, o Brasil seria o país mais monitorado da América Latina.

Um mapa exibido ontem no Fantástico mostra o território brasileiro como um dos locais onde os sistemas de monitoramento dos EUA estão instalados:

x-keyscore-prism-fantastico

No caso dos telefonemas, o governo americano pode obter os números e a localização de quem fez ou recebeu a ligação, bem como a duração das chamadas, além de dados únicos como o IMEI e IMSI, caso a chamada tenha sido realizada a partir de um celular. Isso vai de encontro a nossa Constituição, que garante o sigilo das comunicações telefônicas, exceto sob ordem judicial, no Art. 5º.

Como o governo dos EUA consegue obter informações sobre ligações telefônicas de brasileiros? Algumas empresas de telefonia que operam no Brasil, claro, possuem negócios com companhias americanas. Uma dessas companhias, que foi identificada apenas como “uma grande empresa de telefonia dos EUA”, tem parceria com a Agência Nacional de Segurança (NSA), a mesma que foi acusada de coletar registros telefônicos de clientes da Verizon.

Este documento mostra empresas de tecnologia que foram acusadas de fornecer dados ao governo americano

Este documento mostra empresas de tecnologia que foram acusadas de fornecer dados ao governo americano

Mensagens de email e outras informações podem ser colhidas através do programa de espionagem Prism, que supostamente recebe informações de nove empresas de tecnologia: Microsoft, Apple, Google, Facebook, Yahoo, AOL, Skype, PalTalk e YouTube. No entanto, quando o escândalo eclodiu nos EUA, essas empresas negaram publicamente as acusações de que oferecem acesso direto aos servidores; segundo elas, apenas dados específicos, requeridos através de ordem judicial, são fornecidos.

Mas há outros programas da NSA que espionam dados, segundo O Globo. Tem o Fairview, usado para acessar o sistema brasileiro de telecomunicações; o Boundless Informant, capaz de identificar horário, local e outros metadados de emails enviados e recebidos; o X-Keyscore, que reconhece idiomas estrangeiros; o Lifesaver, que acessa cópias de dados de HDs; o Highlands, usado para coletar sinais digitais; e o Vagrant, que captura telas de computadores.

Edward Snowden, delator da espionagem. Esse cara tá ferrado

Edward Snowden, delator da espionagem

As respostas oficiais

O governo americano declarou que não discutirá publicamente o caso. A Direção Nacional de Inteligência dos EUA afirmou que vai “responder a seus parceiros e aliados através de canais diplomáticos”. As informações de estrangeiros capturadas pelos EUA, segundo a Casa Branca, seriam as mesmas coletadas por todos os países.

No Brasil, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, declarou que a notícia foi recebida “com grave preocupação”. O governo brasileiro afirma ter solicitado esclarecimentos aos EUA, por meio do Embaixador dos Estados Unidos no Brasil e da Embaixada do Brasil em Washington.

De acordo com o comunicado, o Brasil deverá lançar “iniciativas com o objetivo de proibir abusos e impedir a invasão da privacidade dos usuários das redes virtuais de comunicação, estabelecendo normas claras de comportamento dos Estados na área de informação e telecomunicações para garantir segurança cibernética que proteja os direitos dos cidadãos e preserve a soberania de todos os países”.

A Anatel também enviou uma nota à imprensa:

"Em relação às notícias relacionadas à violação de sigilo de dados e de comunicações no País, a Agência Nacional de Telecomunicações vem a público informar que:

1) A Anatel instaurou procedimento de fiscalização com o objetivo de apurar se empresas de telecomunicações sediadas no Brasil violaram, de alguma forma, o sigilo de dados e de comunicações telefônicas;

2) A Agência trabalhará em cooperação com a Polícia Federal e demais órgãos do governo federal nas investigações referentes ao assunto, no âmbito de suas atribuições.

Por fim, cabe esclarecer que o sigilo de dados e de comunicações telefônicas é um direito assegurado na Constituição, na legislação e na regulamentação da Anatel, sendo que a sua violação é passível de punição nas esferas cível, criminal e administrativa."

Com informações: G1 (2), O Globo (2), (3).

Atualizado às 15h47.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edward Lan
thank you for add me to your friend list on facebook
Vitor
Sendo que ele nunca defende o Brasil... Só ver casos em que uma criança é levada por pai/mãe estrangeiros e o Ministério fica quieto! Assim como ele não está oferecendo asilo para o cara que falou. EMBORA A MAIORIA DOS POLITICOS QUEIRAM PROTEGE-LÔ.
Leandro Ruel
e a empresa parceira dos EUA é...Time Warner!!!...brincadeira, mas só conheço essa
goo_dsd
Hahaha sabia desde o principio. O interessante no mapa e que os EUA não espionaram a Russia, seria uma boa ver os russo puto da vida se isso ocorresse. Porém pelo trecho citada na noticia "Algumas empresas de telefonia que operam no Brasil, claro, possuem negócios com companhias americanas." Já sei que seria no caso a Claro(incluindo net e a Embratel que e do Tio Carlos Slim), pois a mesma e digamos a única Operadora que esta no brasil e atua fortemente nos EUA. diferente da Telecom Itália e da Telefónica. Melhor não confiar nem no Chuck Norris (ele e americano).
@
Quando falava sobre isso com as pessoas, falavam pra parar de ler sobre teorias da conspiração, q essas coisas ñ existem, q o sistema funciona e serve pra nos proteger. E agora? Será q esses merdas acreditam ou ainda pensam q tudo ñ passou de um engano? Existe mta coisa pior ainda...
Alessandro Osbourne
"ESSA É UMA INFORMAÇÃO QUE SEI, QUE POUCOS IRÃO LER, MAS RECOMENDO QUE FAÇAM UM ESFORÇO POIS ESTAMOS SENDO ESPIONADOS, INVADIDOS, VIOLADOS SEM O MÍNIMO PUDOR POR BAIXO DOS PANOS !!! 'CUIDADO COM O QUE VOCÊS POSTAM NAS REDES SOCIAIS !!!"
Felipe Lima
pode ser coincidencia, mas depois que a TIM "cresceu" no mercado brasileiro o pessoal da NSA parou de monitorar.. por que sera? rssss
Carlos Pacheco
E o RMS também :P
Luandersonn
Um nome alá SimCity.
Carlos Pacheco
Neste momento, em algum lugar da China, existe alguém dizendo; "Eu avisei!!"...
Fabio Luiz
Kkkkkkk, boa
Diego F. Duarte
"Como o governo dos EUA consegue obter informações sobre ligações telefônicas de brasileiros? Algumas empresas de telefonia que operam no Brasil, claro, possuem negócios com companhias americanas. Uma dessas companhias, que foi identificada apenas como “uma grande empresa de telefonia dos EUA”, tem parceria com a Agência Nacional de Segurança (NSA), a mesma que foi acusada de coletar registros telefônicos de clientes da Verizon." Pra quem ainda não sacou, é a Embratel. Antes dela ser da Claro, ela era da AT&T e da MCI WorldCom
Rafael
A prova é um gráfico feito com a ajuda do Paint e do Powerpoint.
David Diniz
O cara que me espionar vai falar: A vida desse cara é um tédio! Só posta besteira no facebook e no Instagram só foto de comida vou procurar outro para espionar ¬¬.
Argo Pain
pois mas devia, é como se assaltarem a sua casa com você lá dentro, e ainda se ri durante o assalto. Quanto á prática, é de um principio de espertinho, roubam informações tecnológicas, espiam e-mails empresariais, onde vão formalizados pedidos de equipamentos, pedidos de obras para infra - estruturas, daqui a amanhã se se virem no desemprego porque uma empresa Americana passou a elaborar os seus serviços ou fornecer os equipamentos dos seus atuais clientes, e que ainda por cima são fabricados na china....aí acordam, mas já é tarde.
Tiago Celestino
Esse negócio vai render e muito
Henrique Dourado
realmente ! só falta saber se ele faz jus ao seu nome !
Brena Velasquez
O Brasileiro não tá nem aí se é monitorado, só pensa em usar o facebook e postar fotos com boca de pato na rede.
Alex Portugal
o jeito é mandar um vai toma no USA da próxima vez que mandar uma msg pra alguém
Pedrito Souza
Diferente de vários sites como TELEXFREE, MULTICLICK, BBOM, entre outros, cadastre-se no Seven Dollar PTC(sem pagar nada ). O Seven Dollar PTC é semelhante a muitos outros PTC(Paid to click/Pago para Clicar), só que. O cadastro é grátis, não tem pagamento de mensalidade e você ganha dinheiro apenas clicando nos anúncios, a cada anúncio clicado você ganha exatamente U$ 7,00(SETE DÓLARES). Diariamente são NO MÍNIMO 10 anúncios gerando um total de U$70,00(SETENTA DÓLARES), até convidando novos usuários tem vantagens. de estar ganhando U$ 3,50 cada click que ele dê nos anúncios gerando U$35(TRINTA E CINCO DÓLARES) por dia. Ao atingir U$7.000(CINCO MIL DÓLARES) a empresa efetua o pagamento em uma conta PAY PAL. Faça seu cadastro: http://www.sevendollarptc.com/index.php?ref=pedssm. REFERENTE : pedssm. Após de cadastrar faça o login em seguida click no menu esquerdo AREA LUCRO/EARNINGS AREA OU GANHE DINHEIRO/EARN MONEY ao lado de ACCOUNT no topo, click nos anúncios aguarde os 60 segundos OU 30 em alguns links veja o numero indicado e click. Ex: Click 8 - 1 2 5 8 ( número a ser clicado será o 8. ) OBS:. Um anuncio por vez.
bawlaw
ta demorando pra aparecer aguem dizendo "mimimi não tenho nada pra esconder... mimimi" :)
Vinnicius André
E agora será o USA santinho assim
Bruno Di Castro
Antonio Patriota é um bom nome para um ministro das Relações Exteriores.