Início » Internet » Arquiteto do Bing demonstra realidade aumentada integrada a mapas

Arquiteto do Bing demonstra realidade aumentada integrada a mapas

Avatar Por
10 anos atrás

Na semana passada foram feitas as apresentações do TED, evento no qual pensadores importantes (e outros nem tanto assim) expõem suas ideias sobre tecnologia, design, meio ambiente e entretenimento, entre outros assuntos. Blaise Agüera y Arcas, arquiteto da Microsoft que trabalha no desenvolvimento do Bing Maps, foi um dos convidados. Ele apresentou fascinantes implementações que o serviço de mapas da MS pode ganhar em breve, incluindo a tão falada realidade aumentada.

Confira no vídeo abaixo.

A partir dos 02 minutos e 20 segundos, Arcas demonstra uma nova tecnologia que permite que o usuário "voe" até uma determinada localidade e movimente a câmera de forma bastante suave, diminuindo a diferença de iluminação e qualidade entre as diversas imagens que compõem as vistas panorâmicas em 360º. A equipe do Bing Maps trabalhou em parceria com o Flickr numa integração entre o serviço de mapas da Microsoft e as fotos publicadas no Flickr que contêm informações de localização geográfica. Assim, o Bing sobrepõe fotos de usuários do Flickr sobre panorâmicas feitas por carros desenhados com a finalidade de fazer esse tipo de captura.

Aparentemente o Bing Maps também vai poder mostrar imagens feitas não por carros como o do Street View, que são limitadas às ruas e vias das cidades, mas também de ambientes internos, por meio de uma mochila que promete fazer essa digitalização. Em 04:00, Arcas começa a demonstrar essa tecnologia, que ainda vai permitir transmissão de vídeos em tempo real (através da rede 4G). Conforme o operador da câmera se movimentava, o espaço no mapa a partir de onde o vídeo era gerado se movimentava junto. A impressão que se tem é de estar andando junto com o cameraman.

Imagens feitas por telescópio também poderão ser vistas por meio do Bing Maps. Ao olhar para cima em uma vista panorâmica, o usuário vai encontrar informações sobre constelações e demais dados astrológicos específicos daquela posição geográfica na qual se encontra.

Ainda não há informações sobre quando esses novos recursos estarão disponíveis para usuários. Por enquanto, somente a integração com Flickr pode ser visualizada, e apenas para as cidades de Seattle e San Francisco, nos Estados Unidos, e Vancouver, no Canadá.

[Com informações: Neowin]

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.