Início » Internet » O cabo de guerra entre o Facebook e a Justiça brasileira

O cabo de guerra entre o Facebook e a Justiça brasileira

Não tem ninguém santo e correto neste processo, que está acumulando erros dos dois lados

Avatar Por

Como vocês já devem estar sabendo, o vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan, foi preso nesta terça-feira (1º) pela Polícia Federal quando saía de sua casa para ir ao escritório. A ordem de prisão preventiva, aquela em que não há prazo para a soltura, foi determinada pelo juiz Marcel Maia Montalvão, de Sergipe.

Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook para América Latina

Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook para América Latina

O motivo? "O descumprimento de ordens judiciais em investigações que tramitam em segredo de Justiça e que envolvem o crime organizado e o tráfico de drogas". Muito provavelmente estamos falando aqui do mesmo processo que mandou operadoras bloquearem o WhatsApp no Brasil por 48 horas, há algumas semanas.

teor-bloqueio-whatsapp

Não confundir "interceptação de comunicação telemática" com "interceptação de comunicação telepática". É um pedido da Justiça, mas não da Liga da Justiça.

Segundo a Agência de Notícias da Polícia Federal, curiosamente, as ordens descumpridas têm relação com "requerimento de informações contidas na página do site Facebook."

Note: "na página do site Facebook". Seria isso uma generalização, tomando Facebook como um site de páginas como qualquer outro? Estranho, mas continuemos.

Em nota, o Facebook se mostrou decepcionado com a Justiça, uma vez que existe a separação operacional entre a rede social e o aplicativo de mensagens: "Estamos desapontados com a medida extrema e desproporcional de ter um executivo do Facebook escoltado até a delegacia devido a um caso envolvendo o WhatsApp, que opera separadamente do Facebook. O Facebook sempre esteve e sempre estará disponível para responder às questões que as autoridades brasileiras possam ter."

Curiosidade: eles se negam a usar o termo "preso" ou mesmo "detido", trocando para "escoltado até a delegacia".

O caso, claro, passou a ser noticiado em outros países, como nestas matérias do Fortune, The Wall Street Journal, BBC e The Guardian.

Existem alguns problemas complexos nessa trama toda, intrínsecos à forma como a Justiça brasileira lida com internet, mas principalmente como a internet lida com a Justiça brasileira. Vamos por partes.

Sobre Justiça e a internet no Brasil

De fato, o Facebook não é tão somente uma página da web com conteúdo que deva ser retirado do ar, como em casos semelhantes. Mas vamos ainda mais longe: o problema não eram os dados de conversas através do WhatsApp? O que mudou?

Outro problema: o Marco Civil da Internet permite interpretações distintas sobre seus artigos 11 e 12, quando cita operação de coleta de dados, guarda e tratamento de registros, bem como sanções caso a legislação brasileira não seja respeitada. O que está sendo dito ali, segundo meu ponto de vista, é que a coleta de dados e tratamento dos registros deve ser feita com máximo sigilo e que qualquer falha nesse sentido é passível de multa. Talvez não exista nada na nossa legislação que embase o cancelamento do serviço, como no caso do WhatsApp, tampouco a prisão de um executivo da empresa. E isso precisa ser corrigido.

1432859364838

Mais uma complicação: tecnologicamente, será que é mesmo possível recuperar mensagens e fazer essa quebra de sigilo do WhatsApp? Segundo a empresa, as mensagens são apagadas do servidor assim que são entregues, sem backup. Judicialmente, quem seria de fato o representante do WhatsApp no Brasil? O Facebook? Se alguém precisa ser detido, será que o vice-presidente do Facebook da América Latina seria a equivalente mais próximo? Para pensar...

Sobre serviços online e soberania nacional

Foquemos agora na parte prática da coisa: existe um processo criminal de tráfico de drogas, um problema que assola nosso país há anos, que poderia ser facilitado com a cooperação do WhatsApp, ao liberar as informações que nosso órgão de investigação está pedindo.

O que me lembra um pouco o caso da Apple contra o FBI:

A diferença aqui é que o FBI quer que a Apple deixe a porta aberta e acessível, o que pode se tornar uma grave falha de segurança. Imagino que, no Brasil, a Justiça esteja pedindo apenas a parte do relatório de dados e conversas entre os acusados.

Sim, eu conheço a célebre frase do Benjamin Franklin que diz: "People willing to trade their freedom for temporary security deserve neither and will lose both." Em tradução livre: "Pessoas que estão dispostas a trocar sua liberdade por uma segurança temporária, não merecem nem liberdade, nem segurança temporária e vão perder os dois."

Mas eu vejo essa investigação criminal como uma exceção à regra. Posso estar errado, mas eu preferia ver serviços online trabalhando em conjunto com os investigadores para solucionar crimes, dados os devidos limites e a obviedade dos possíveis delitos. Sempre tomando muito cuidado pra que isso não gere uma banalização da quebra de sigilo, o que poderia dar origem a uma sociedade de vigilância. Mas, no final das contas, dou muito mais valor de soberania à Polícia Federal que ao Facebook.

Conclusão

Não tem ninguém santo e absolutamente correto neste processo, que está acumulando erros dos dois lados, o que costumeiramente leva a decisões equivocadas.

É preciso sim um mecanismo e uma série de protocolos de diálogo entre serviços online e órgãos de investigação, numa tentativa de evitar que estes serviços possam estar atrapalhando a evolução saudável de processos criminais.

Todavia, bloquear um serviço (atrapalhando milhares de usuários que nada tem a ver com a história) ou mandar prender um líder de uma empresa relacionada, apenas para fazer pressão diante da inabilidade de se encontrar um responsável, também não é a saída mais correta. Talvez sequer seja uma saída.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Carlos Mendes
Streaming não meu caro, espelhamento de mensagens.O Web Whatsapp faz espelhamento de mensagens pelo navegador; tanto que se você não manter o whatsapp do celular ligado o espelhamento é cancelado.Streaming é fluxo, espelhamento ou mirroring é mostrar em um dispositivo escolhido o que acontece em outro.Quando vc fecha o navegador, tudo que vc digitou fica registrado no whatsapp do celular e é apagado automaticamente do navegador.
Carlos Mendes
Streaming não meu caro, espelhamento de mensagens.
O Web Whatsapp faz espelhamento de mensagens pelo navegador; tanto que se você não manter o whatsapp do celular ligado o espelhamento é cancelado.
Streaming é fluxo, espelhamento ou mirroring é mostrar em um dispositivo escolhido o que acontece em outro.
Quando vc fecha o navegador, tudo que vc digitou fica registrado no whatsapp do celular e é apagado automaticamente do navegador.
3-6-9
O cérebro de esquerdista vive em curto-circuito. As ideias deles, por isso, são todas atrapalhadas.
Sam86
O cérebro de esquerdista vive em curto-circuito. As ideias deles, por isso, são todas atrapalhadas.
3-6-9
Kkkkkkkkkkkk....
Sam86
Kkkkkkkkkkkk....
Gilberto Nunes
O Snapchat também dizia que não armazenava nenhuma informação dos usuários e na primeira invasão já vimos o contrário. Ingenuidade é acreditar nesses executivos.
Anakin
por meio da conta do facebook ou por meio do whats app? porque pode ser mentira, mas pelo que eu li, o whats app mantem as conversas somente no aparelho, tanto que pra usar no desktop o aparelho tem que estar perto, seria um streamming de mensagens, só se eles estão nos enganando, que pode ser o caso também.
leoleonardo85
Essa gif do gato ahahahahaha
s3ph1r
Se todo mundo sabe o grande data mining que o facebook faz... inclusive com aquele famoso caso em que o facebook foi obrigado judicialmente a entregar todas as informações que detinha de um determinado usuário..... após a entrega do dvd ele descobre que várias informações suas, até mesmo as que ele apagou do site, estavam ali bem guardadas....

O whatsapp é comprado por essa mesma empresa.. que vive de anúncios... que recentemente fez com que todo mundo tivesse licença vitalícia para uso do aplicativo.... vocês acham mesmo que eles não tem tudo guardado sobre você? UHAUHAUHAUHAuahuhaAUHUAHUAHU até parece.... mesmo que digam aos quatro cantos que não tem como recuperar e bla bla bla... papo furado, vide o caso snapchat... a grana tem que surgir de algum canto né... e se você não paga, você é o produto...

Eles querem dizer que são empresas separadas apenas para fugir do fisco e da justiça, não só do brasil, mas de qualquer país...

Papo furado... mesmo grupo econômico... não existe isso....
LessTech
Eles guardam. Para o governo americano. O resto é resto. =/
LessTech
Poder demais é um passo à tirania, esteja ele nas mãos de corporações modernas ou de um judiciário arcaico.

Nosso judiciário precisa se adequar à nossa realidade tecnológica, ao passo que que as empresas devem respeitar às leis. Enquanto não se chega num entendimento comum, nós que saímos perdendo,seja pela monopolização arbitrária, seja pelo comprometimento de nossas liberdades em virtude de decisões judiciais igualmente arbitrárias.

Que fique registrado: Não confio na justiça brasileira... Mas definitivamente nada comparado ao que sinto com relação ao Facebook.
Marcelo
Pela própria natureza do WhatsApp é impossível ter os dados da conversa. Se tem o número dos acessos suspeitos, seria mais fácil a Justiça bloquear a acesso a dados nessas linhas móveis do que os apps que utilizam a Internet. Deixem as linhas sem internet e peguem os meliantes pelas ligações e sms do modo tradicional.
Marcelo Soares
Pela própria natureza do WhatsApp é impossível ter os dados da conversa. Se tem o número dos acessos suspeitos, seria mais fácil a Justiça bloquear a acesso a dados nessas linhas móveis do que os apps que utilizam a Internet. Deixem as linhas sem internet e peguem os meliantes pelas ligações e sms do modo tradicional.
João Paulo Mesquita
Sim, li tudo isso. Os veículos foram as fontes usadas pelo Gizmodo Brasil. Inclusive, lá ele mostra um ponto de vista um pouco diferente do Tecnoblog. Aqui, entendi que a crítica maior (como muitos comentários evidenciam), é contra nosso sistema judiciário, que não entende de tecnologia. Lá, que é o posicionamento que concordo, além desta crítica, também se fala dos desrespeitos que grandes empresas de tecnologia de fora tem contra nossas leis. Elas podem ser imperfeitas, mas estão aí e tem que ser cumpridas. Como dizem, "dura lex sed lex". Vê lá e me diz o que você acha.
LessTech
O caso Apple é completamente diferente deste. Criar um backdoor é diferente de disponibilizar informação.

Não sei quais veículos você leu, mas estão errados. Eles não se negaram a fornecer dados ou ignoraram a demanda da justiça. A empresa respondeu à justiça informando que não poderia dar dados que não possui.

Segundo eles, as mensagens são armazenadas nos servidores apenas enquanto não são entregues aos destinatários. Depois disso a mensagem é apagada dos servidores e fica disponível apenas no aparelho. Eles também estão implementando encriptação ponto-a-ponto, o que significa que nem mesmo os arquivos temporariamente armazenados poderão ser facilmente lidos.
Marlon
Se voce ver a decisão do desembargador, ele disse que o juiz pulou algumas etapas. Não é questão de interpretação.
Marlon J Anjos
Se voce ver a decisão do desembargador, ele disse que o juiz pulou algumas etapas. Não é questão de interpretação.
Alpha Delta Victor
Eu disse isso porque você escreveu: "Pelo visto esse juiz não seguiu o que manda a lei, já que um desembargador já aceitou um habeas corpus".

Ou seja, você quis dizer que o juiz que determinou a prisão do executivo é um leigo ou mesmo um fora da lei porque mandou prender alguém do nada.

Mas não é bem assim. Com certeza se você tiver acesso à decisão do juiz, ao mandado de prisão, ela estará muito bem fundamentada na lei.

Certamente, esse juiz entendeu que após a empresa se recusar a ceder as informações e a pagar a multa estipulada, o responsável pela empresa no Brasil - o executivo - deveria ser penalizado.

Já o desembargador entende de forma diferente. Mas todas essas decisões - tanto a da prisão quanto a da soltura - estão de acordo com as leis brasileiras.

Claro que o juiz tem poder! Ele é o juiz, né! Ele é o único que pode autorizar uma equipe policial fazer buscas e apreender objetos, mandar monitorar as comunicações e prender. Que as pessoas ou empresas alvos dessas decisões vão reclamar com quem tem competência, as instâncias: TJ, STJ. Até chegar ao STF.
flammerdrox
O juiz lá do supremo americano que morreu esses dias, tinha uma frase sensacional...Se ao longo dos anos um juiz concordar com todas decisões que já tomou, ele é um péssimo juiz...Juizes não deveriam "interpretar" a lei, de acordo com suas idiossincrasias, o "certo" é cumprir o que está bem escrito na constituição e afins, o poder de legislar cabe a outro poder.
Renan™
Como não entendi nada, vou presumir ser ironia.
Marlon
wtf? Não disse isso. Eu disse que eles tem muitos poderes.Se sua irmã ficar com dúvida em alguma gramática não vai colocar um inocente na prisão por x dias.
Marlon J Anjos
wtf? Não disse isso. Eu disse que eles tem muitos poderes.
Se sua irmã ficar com dúvida em alguma gramática não vai colocar um inocente na prisão por x dias.
flammerdrox
Huahuahuahua, Se a direita quer reduzir o poder do estado, claro, que tem tudo a ver...Juizes mandando qualquer um pra prisão por qualquer motivo, ou Políticos pegos em flagra livres, aonde até bilionários tão preso mas políticos são intocáveis, tudo é exemplo do sucesso da direita em um país em que o estado foi reduzido.
Alpha Delta Victor
Pelo que você disse, teríamos de demitir todos os juízes e desembargadores e existir somente um ministro no supremo tribunal federal que seria o senhor dono da lei, dono da verdade, responsável por todas as decisões judiciais no brasil. kkkkkk

Eu não sou formado em direito, mas tenho uma base boa devido ao meu trabalho e porque estudei bastante para um concurso e direito é "coisa de louco". A letra da lei diz uma coisa, mas abre margem pra milhões de interpretações. Com isso, surgem vários doutrinadores, várias vertentes.

Em concurso mais complexo, em vez de constar no conteúdo programático "código penal, código de processo penal", eles citam exatamente o nome de um autor bem específico porque a banca responsável pelo concurso gosta do que diz Fulano de tal e se você citar Ciclano o avaliador vai olhar feio e te dar um zero...

Mas isso acontece com qualquer ciência humana, não é verdade? Vejo minha irmã que é professora de letras com várias gramáticas. Até mesmo quando tenho alguma dúvida um pouco mais complexa, vejo que algum escritor acha que forma B é certa, mas para outro mais famoso a forma B é errada...
Renan™
"Verdadeiro braço político da direita brasileira" - Sério que você acredita nisso?
Marcvs Antonivs
O judiciário brasileiro está precisando de uma reforma profunda. Transformou-se, ultimamente, em um verdadeiro braço político da direita brasileira. Já dizia Guizot: “Quando a política penetra no recinto dos tribunais, a Justiça se retira por alguma porta”.
João Paulo Mesquita
Vide Snapchat, que jurou que não guardava nada...
João Paulo Mesquita
Desculpe mas, pelo que li em outros veículos, o Facebook se recusou a responder. Ao contrário da Apple, que recorreu, o Facebook desobedeceu uma ordem judicial. São coisas diferentes. Eles devem respeitar as leis do nosso País, da mesma forma que respeitam as dos EUA. Aqui houve multa, mas não surtiu efeito.
Leonart Gutz
Só para complementar, vc precisa QUERER salvar as conversas, duvido muito que um criminoso gostaria de salvar as conversas dele, estou errado?
Marlon
Para um Juiz nada é ilegal.Veja por exemplo o Juiz do caso Eike Batista, levou para casa o piano, bugatti, porsche e rolex do Eike Batista, tudo ilegalmente.Por seus atos o juiz foi punido com a pena máxima pelo TRF: aposentadoria compulsória.
Marlon J Anjos
Para um Juiz nada é ilegal.
Veja por exemplo o Juiz do caso Eike Batista, levou para casa o piano, bugatti, porsche e rolex do Eike Batista, tudo ilegalmente.
Por seus atos o juiz foi punido com a pena máxima pelo TRF: aposentadoria compulsória.
Ricardo - Vaz Lobo
Partindo disso, a prisão dele é ilegal?
Alpha Delta Victor
Direito é uma ciência humana, oras. Cada juiz delibera através da sua interpretação e convicção, todavia, sempre respaldado na letra da lei. E, obviamente, sempre haverá divergências. Exatamente por isso existem as instâncias: o juiz de direito, os desembargadores do tribunal de justiça, o superior tribunal de justiça e, por fim, o supremo tribunal federal onde os ministros passam horas e horas discutindo e discordam entre si.

Invariavelmente, meu comentário foi em cima da sua crítica sobre a ausência de manutenção da prisão de delinquentes perigosos.
Allison Barros
NADA ACOTECE FEIJOADA
David
Apesar da extinção do app do WhatsApp para BlackBerry, essa semana vieram umas novidades pra serem traduzidas. O WhatsApp finalmente vai implementar a criptografia de ponta-a-ponta, provavelmente pra se livrar desse tipo de treta...
David Matheus
Apesar da extinção do app do WhatsApp para BlackBerry, essa semana vieram umas novidades pra serem traduzidas.
O WhatsApp finalmente vai implementar a criptografia de ponta-a-ponta, provavelmente pra se livrar desse tipo de treta...
Marlon
Pelo visto esse juiz não seguiu o que manda a lei, já que um desembargador já aceitou um habeas corpus e completou:"Na decisão, Ruy Pinheiro considerou que o pedido de prisão do executivo foi uma medida extrema porque ainda estava pendente a decisão final do mandado de segurança referente ao pagamento de multa.Para o desembagador, o mais prudente teria sido esperar esse mandado de segurança já ter sido considerado transitado em julgado antes de uma nova medida."
Marlon J Anjos
Pelo visto esse juiz não seguiu o que manda a lei, já que um desembargador já aceitou um habeas corpus e completou:

"Na decisão, Ruy Pinheiro considerou que o pedido de prisão do executivo foi uma medida extrema porque ainda estava pendente a decisão final do mandado de segurança referente ao pagamento de multa.

Para o desembagador, o mais prudente teria sido esperar esse mandado de segurança já ter sido considerado transitado em julgado antes de uma nova medida."
Alpha Delta Victor
Tradução com interpretação:

O executivo detido é apenas um colaborador da empresa Facebook/Whatsapp. Então, ele não deveria ser punido. O juiz de direito tomou decisões fundamentadas na legislação em vigor. O Facebook tomaria qualquer atitude que estivesse alicerçada na lei.

Será que acertei? Certamente, não. Mas não custa nada tentar. Ou, provavelmente, o que escrevi também não faz o menor sentido! Vou tentar parar de entender o que o sujeito escreveu senão vou acabar pegando a mesma doença! Quiçá eu já esteja infectado...

É melhor eu ir trabalhar!!! rsrsrs
Marlon
Não é assim preto no branco não.Se o juiz quer manter alguem realmente culpado e perigoso para sociedade preso, consegue. Vide caso champinha.Whatsapp não opera no Brasil, usamos pela mágica da Internet. Mas não tem representação oficial no Brasil, e o responsável do facebook no Brasil que foi preso não tem poderes sobre essa empresa.
Marlon J Anjos
Não é assim preto no branco não.
Se o juiz quer manter alguem realmente culpado e perigoso para sociedade preso, consegue. Vide caso champinha.
Whatsapp não opera no Brasil, usamos pela mágica da Internet. Mas não tem representação oficial no Brasil, e o responsável do facebook no Brasil que foi preso não tem poderes sobre essa empresa.
Alpha Delta Victor
Juiz apenas segue o que manda a lei. Os responsáveis por reincidentes continuarem soltos são os legisladores.

Não adianta a polícia ostensiva prender em flagrante delito ou a polícia investigativa conseguir um mandado de prisão através de um trabalho de elucidação criminal se, segundo a nossa legislação, o juiz é obrigado a permitir a soltura do criminoso após cumpridas algumas exigências.

A nossa legislação é super benevolente e beneficia o criminoso. Quem tem poder aquisitivo para contratar um bom advogado que saiba explorar todas as possibilidades, raramente, é punido adequadamente.

Se uma empresa norte-americana opera no Brasil é evidente que deve seguir as leis nacionais. Internet não é terra sem lei, ou pelo menos não deveria ser.
Marlon
Com tanto poder que um juiz tem nas mãos, pq ainda vejo gente com mais de 20 passagens pela polícia por crines hediondos saindo da delegacia pela porta da frente?WhatsApp nao tem operacoes no Brazil e é uma empresa independente nos estados unidos, com CEO e estrutura própria.Uma empresa americana deveria seguir a legislação brasileira? Não é assim que a internet funciona.
Marlon J Anjos
Com tanto poder que um juiz tem nas mãos, pq ainda vejo gente com mais de 20 passagens pela polícia por crines hediondos saindo da delegacia pela porta da frente?

WhatsApp nao tem operacoes no Brazil e é uma empresa independente nos estados unidos, com CEO e estrutura própria.
Uma empresa americana deveria seguir a legislação brasileira? Não é assim que a internet funciona.
Edmilson_Junior
O problema é que ai o Whatsapp teria de mudar o faq, sua divulgação de segurança e etc, pois sem o fazer estaria cometendo alguns crimes relacionados à ma fé, propaganda enganosa e etc, oque o tornaria menos popular, oque faria os criminosos, e usuários normais, migrarem de aplicativo, um com mais segurança, e o jogo continua.
Edmilson_Junior
Aguardo tradução.
Raul Amoretti de Souza
Olha, eu acho que a questão não é se eles tem ou não as conversas! Eu acho q eles tem pois se alimentam desses dados para nos bombardearem de propaganda.
O que não se pode permitir é que bandidos possam usar esse serviço sem poderem sofrer uma escuta.
Ou seja quando um juiz solicitar o "grampo" de um número do whatsapp, a partir desse momento todas as mensagens deveriam ser logadas e guardadas em um histórico jurídico.
Acredito que é assim que funciona com todos os telefones.
E isso é bem plausível.
Matheus Gonçalves
Cara, eu não consegui entender o que vc quis dizer.
Vitor Hugo
Eu sei, só estou falando que muitos desses dados não ficam realmente perdidos para sempre. E a quais contas pedir acesso deveria ser uma informação passada pelo WhatsApp.
Vitor Hugo
Hm, não sabia que havia sido uma intimação, mas como eu disse, a justiça multou (chegou a cobrar 1 milhão de reais por dia, pelo que li no The Guardian), já até bloqueou o serviço.
Thiago Rodrigo
O que é o executivo não um mero funcionário? Com esta seguindo ordens embasadas na lei, pq o Facebook seria de qualquer coisa que estivesse respaldado.
LessTech
Neste caso eles precisariam solicitar ao Google acesso à conta do bandido, não ao Facebook ou WhatsApp. Google Drive não pertence a essas últimas.
LessTech
Não. Desculpe, mas você está errado. Eles foram intimados sim e disseram não. E agora estão recorrendo. A diferença é que lá as empresas são multadas. E é isso que deveria ser feito aqui também. A prisão deveria ser o último recurso.

O problema é que nem a lei, nem seus agentes, estão preparados para a nova realidade digital na qual vivemos.

E com encriptação ponto-a-ponto efetivamente implementanda, o conteúdo das conversas ficará inacessível. O que o WhatsApp pode fornecer são os números de celular dos grupos de conversa, mas ter o número não é sinônimo de ter o "nome da pessoa".

Muitos bandidos usam chips comprados por terceiros e muitas vezes roubados (infelizmente as pessoas não têm consciência que precisam registrar boletim de ocorrência e bloquear o chip junto à operadora, mesmo pré-pago).
Fredson
Busca e apreensão enviado a justiça americana, porque os servidores não estão no Brasil.
Chicão ?????????
Se vc apagar as coversas do facebook, também não conseguirá recupera-las. Mas ainda assim elas ainda estão lá, em posse do facebook ;)
Vitor Hugo
Provavelmente se a Apple recebesse uma ordem judicial, ela seria cumprida...
Vitor Hugo
Será?

Mas também tem com essa política de backup no Google Drive agora e as conversas ficam ainda mais fáceis de serem recuperadas... Acho que é tudo uma questão de disposição a ajudar mesmo. Na verdade eu acho que eles ignoram as ordens porque são "só" de uma corte brasileira.
Jônathas Arruda
Por um lado, a empresa norte-americana que parece não cooperar(e nem está disposta a) com a Justiça, em investigações que envolvam crimes graves. E de outro, a Justiça, sem qualquer amparo técnico para juízes, afinal, o aplicativo não salva conversa de seus usuários em servidores. Complicado!
Vitor Hugo
Coisas totalmente diferentes. Lá o processo estava no início, e eles não pediram pra revelar algo do iPhone de um grupo de pessoas ou de algumas pessoas, eles pediram acesso livre para QUALQUER produto com iOS. Aqui já havia acontecido muitas coisas antes disso, inclusive com a aplicação de multas e mesmo assim eles não liberaram.


E nem sei se os processos são equivalentes porque lá quem pediu o acesso foi o FBI, aqui foi um corte judicial... E caso o Tim Cook negue o cumprimento de uma ordem judicial, poderia sim ser preso.
Rogério Brito
Uma coisa é eles falarem que não armazenam as conversas e não as liberarem para o usuário. Outra coisa é eles de fato não armazenarem as conversas...
Fredson
Aqui ao menos nunca recuperei uma conversa no Whtasapp, após um reset.
Diferente do Messenger(facebook) que estão todas lá e a do Telegram, que armazenam todas as conversas.
Chicão ?????????
E vc acredita no facebook?
Fredson
Bruno as mensagem fica no servidor caso o destinatário esteja off, logo que ele fica online a mensagem é entregue e apagada do servidor.
Vinicius
Pelo que entendi, na vez que bloquearam o WhatsApp, o WhatsApp só mantém as conversas até elas serem lidas, dela elas são excluídas
Fredson
Problema de juízes brasileiros é não entender nada de tecnologia e não pedir auxilio nenhum de quem endente.
O WhatsApp não guarda as conversas no servidor, (está lá no faq do site, que a empresa não armazena as conversas), e não tem dados dos usuários registrado no sistema, além do número e apelido usado.
Chicão ?????????
Se a Apple perder a disputa no tribunal e ainda assim se recusar a fazer as coisas por lá, o tim cook pode sim ser preso.

Outro ponto é que lá fora por várias vezes o facebook já ajudou o FBI a chegar em determinadas pessoas.
Bruno
Uma coisa que ainda não descobrir, o Whatsapps tem ou histórico das conversas? Eles dizem que não, a justiça diz que sim.
3-6-9
Juiz brasileiro tem complexo de deidade...EDIT: eu não quis generalizar. O Juiz Sérgio Moro está aí pra provar que toda regra tem exceção. ;-)
Sam86
Juiz brasileiro tem complexo de deidade...

EDIT: eu não quis generalizar. O Juiz Sérgio Moro está aí pra provar que toda regra tem exceção. ;-)
Anakin
Interessante que eu não li o FBI pedindo prisão de nenhum executivo da Apple, já a justiça brasileira adora "mostrar quem manda"