Esta semana, a Microsoft compartilhou mais detalhes sobre computadores com Windows 10 e processador Snapdragon 835. Sabemos que eles vão emular aplicativos x86 sem exigir nenhuma modificação; e que serão lançados até o final do ano.

Agora, a Microsoft diz que esses laptops terão autonomia “para além de um dia”, ou seja, sua bateria vai durar mais de 24 horas de uso contínuo. É bastante coisa!

O executivo Pete Bernard, da Microsoft, conta uma história interessante em entrevista ao ZDNet. “Distribuímos esses dispositivos para todos os nossos diretores e líderes de desenvolvimento na divisão de Windows, e começamos a receber relatos de bugs dizendo: ‘o medidor de bateria não está funcionando, diz que ainda tenho uma carga total’. Descobrimos que não era um bug: a duração de bateria na verdade era excelente.”

Enquanto isso, Don McGuire — executivo da Qualcomm — disse no evento 5G Summit: “é o tipo de duração de bateria que me permite usá-lo o dia inteiro. Eu não levo meu carregador comigo. Eu posso carregar a bateria a cada dois dias, mais ou menos”.

Além da bateria, Microsoft e Qualcomm estão focando em conectividade a qualquer momento. Estes PCs terão um chip eSIM embutido para acessar redes 4G; as duas empresas já negociam com operadoras para vender pacotes de dados aos usuários.

E, como a Microsoft demonstrou no ano passado, será possível rodar programas x86 — como o Photoshop e Office — sem que o desenvolvedor precise fazer adaptações:

No entanto, isso deixou a Intel bem irritada, já que ela detém a arquitetura proprietária x86. Ela diz que “não admite a violação ilegal de suas patentes”, e espera que “outras empresas continuem respeitando os direitos de propriedade intelectual”.

Ainda assim, a Qualcomm afirma que os PCs com processador Snapdragon serão lançados até o final do ano, vindos de fabricantes como Asus, HP e Lenovo. A Microsoft diz estar nos últimos estágios de testes destes PCs.

Com informações: ZDNet, Trusted Reviews, MSPowerUser.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ciro Moises Seixas Dornelles
Não cara. Isso é pra competir com os core m e i3 da vida. Processadores focados em bateria. a linha de alto desempenho da intel não vai ser afetada, pelo menos não agora, o futuro nunca se sabe.
ʞǝʌǝɥs

dá pra fazer um cluster Beowulf ? :)

Jose X.
dá pra fazer um cluster Beowulf ? :)
leandrw
Melhor que os Core M da intel da vida
leandrw
Resumindo: nada de performance, até pq pra isso temos Intel e AMD que funcionam lindamente, agora, mobilidade, excelente! Ainda mais que a maioria do mercado roda somente tarefas básicas.
Alberto Prado
Quais seriam esses problemas?
Paul
Parece que é o do AW, apenas para Touch Bar. No Surface Studio existe um tbm só pra tela do msm.
Ciro Moises Seixas Dornelles
A idéia é notebooks serem finos um hibrido só traria os problemas das duas plataformas.
Maicon Bruisma
Isso eu entendi. Só que o sistema da Microsoft e o da Apple são ambos para chips Intel, ambas tem ecossistemas próprios. A diferença é que o Windows roda em ARM agora
Paul
Pera... O que vc acha que vai acontecer à MS e Intel caso a Apple decida usar os próprios processadores ARM? Nem a MS e nem a Intel NUNCA dependeram da Apple pra nda. Na vdd é o contrário. Como a Apple Ñ DITA o mercado de desk/laptops(msm encolhendo), TANTO FAZ se a msm abandonar a Intel ou ñ. Qual será o impacto disso no market share do Windows e demais OEMs? Por exemplo, QUEM ligava pra Apple na época em q a msm usava os PowerPC? A Apple no mercado de PCs, sempre foi uma nanica. No mercado ARM, temos a Qualcomm, MediaTek, Samsung e Apple criando processadores, todos no momento, pra celular. Ou vc acha o quê? Q se ano q vem a Apple fizer a migração, as outras OEMS irão seguir? Impossível no momento, visto que, o Windows on ARM ainda é um teste e a Intel PODE BARRAR isso(com certeza deve ter ficado P da vida com a MS), pois a patente do x86 É DELA. O que pode acontecer com a Apple é simplesmente a msm ficar ISOLADA(eles já são) e as outras na msm como sempre, usando x86 em tudo. Creio que há anos eles testam o macOS nos próprios processadores, mas q até agora, ñ conseguiram um desempenho similar ou igual ao dos x86. E tbm a msm ñ quer depender de terceiros. Por isso o tal rumor da migração. O ALTO DESEMPENHO está no x86 com a Intel e AMD(que graças a Deus, voltou ao jogo). Processadores ARM ainda ñ atendem essa demanda no momento. Devo dizer que os processadores ARM já têm algumas vantagens sobre os x86, como duração superior de bateria, conectividade, temperatura, consumo e tamanho. Mas no desempenho ainda não, já que essa é a grande vantagem do x86, e como não tem nenhum SO desk que rode nativamente em processadores ARM, não dá pra compará-los. Ou vc se iludiu com esses benchmarks dos A10 e A11 vs MBP?
Trovalds
Respondi aí em cima, leia.
Trovalds
Vou tentar explicar diferente: o mercado x86 está encolhendo e o ARM aumentando. A Apple já sinalizou que em breve vai abandonar a Intel. Só que a Apple tem todo um ecossistema próprio. Já a MS desenvolve desde sempre um SO pra... x86. Se a MS não se mexer no sentido ARM, ela vai definhar em uma de suas principais fontes de renda, que são os SOs Windows pra desktops. O que quis falar é que a MS PODE (ou vai) chegar antes da Apple no mercado ARM de fato.
Trovalds
O mercado de desktops e notebooks encolhe ano a ano. A AMD só veio pra sacudir o marasmo do domínio da Intel. Não, não há crescimento.
Paul
x86 está encolhendo AONDE msm? Logo agora que a AMD voltou ao jogo.
Paul
''MS tentando se antecipar à Apple... '' Ñ sabia que a Apple era o foco de todas as grandes empresas de tecnologia. E esse negócio do Windows on ARM já é bem velho.
Exibir mais comentários