Donos de iPhones notaram que seus aparelhos estavam ficando mais lentos com o passar do tempo, mas voltavam ao desempenho máximo quando a bateria era trocada. Nesta quarta-feira (20), a Apple confirmou que reduz intencionalmente a velocidade do processador para aumentar a vida útil dos produtos.

O assunto chamou a atenção do Reddit na semana passada: um usuário mostrava que a pontuação do iPhone 6s no benchmark sintético Geekbench quase dobrava quando a bateria (com 20% de desgaste) era substituída por uma nova. Depois, com base em testes de outros usuários, a empresa responsável pelo aplicativo confirmou que a redução da velocidade era um caso generalizado, não isolado.

A teoria era de que a Apple havia desenvolvido um recurso para limitar o desempenho conforme a bateria se desgastava, evitando que o aparelho desligasse sozinho, um problema famoso do iPhone 6s. Uma bateria mais antiga fornece uma tensão menor, que nem sempre é suficiente para energizar um processador trabalhando no máximo, por isso, a solução teria sido limitar o consumo (e a performance) do chip.

Ao The Verge, a Apple confirma a teoria:

“Nosso objetivo é oferecer a melhor experiência para os consumidores, o que inclui o desempenho geral e o prolongamento da vida útil de seus dispositivos. As baterias de íons de lítio tornam-se menos capazes de atender às demandas de pico de corrente em ambientes frios, com carga baixa ou à medida que envelhecem ao longo do tempo, o que pode resultar no desligamento inesperado do dispositivo para proteger seus componentes eletrônicos.

No ano passado, lançamos um recurso para o iPhone 6, iPhone 6s e iPhone SE para suavizar os picos instantâneos [de consumo] somente quando necessário para evitar que o dispositivo se desligue inesperadamente nessas condições. Agora estendemos a funcionalidade para o iPhone 7 com o iOS 11.2 e planejamos adicionar suporte para outros produtos no futuro”.

O recurso faz algum sentido (é melhor um iPhone mais lento que um iPhone desligado), mas fica a dúvida se a Apple não poderia ter sido mais transparente, divulgando claramente que isso existia. A lentidão faz os usuários perguntarem se eles deveriam comprar um iPhone novo (e não uma bateria nova) quando o aparelho estiver mais lento. Imagine quantos smartphones foram trocados desnecessariamente?

Sem contar que isso significa que os iPhones começam a ficar mais lentos depois de apenas um ano de uso, como já está acontecendo com os iPhones 7. E isso é muito cedo. Felizmente, no iOS 11.3, a Apple deu uma opção para desativar a redução de velocidade.

Tecnocast 075 – Antiobsolescência programada

No mundo da tecnologia nós sempre ouvimos falar da obsolescência programada, aquela tese de que as empresas deixam os produtos antigos mais lentos a cada atualização de sistema operacional para te obrigar a comprar um novinho em folha.

Mas olhando o copo meio cheio, algumas categorias de produtos ainda conseguem durar, basicamente, até o dia em que efetivamente param de funcionar. E isso entregando uma performance igual ou muito similar ao dia da compra. Neste programa conversamos sobre os gadgets que não atualizamos com tanta frequência. Dá o play e vem com a gente!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jambeiro
"Não é defeito, é característica", já diziam os donos de superesportivos italianos.
leoleonardo85
Eu não falo do Brasil, aqui quase ninguém compra iPhone.
Rodrigo Justi
Você leu o que eu escrevi? A ultima frase, onde escrevi R$ 250,00? Puxa, se dê ao trabalho de ler (ou tentar entender) antes de sair criticando. Mas ok, se não vai virar rage desnecessário.
Rafael F. Silva
Eu acredito que a situação do Kindle do colega seja um caso á parte. Não tenho do que reclamar dos meus dois Paperwhite, e minha mãe tem um kindle 6° geração que está firme e forte também, e olha que o aparelho é de 2012. Também tem muita gente com kindle anterior a 2010, kindle dx e kindle keyboard em perfeito estado e não trocam enquanto não pifarem. E-readers são alguns dos únicos dispositivos que pode passar 10 anos e eles ainda estão fazendo firme e forte o serviço proposto.
Caio
Se eu morasse fora, hoje compraria um S8 ao invés de um iPhone. Mas é bem discutível por causa das preferências pessoais de cada um. Mas aqui no Brasil, não acho que vale a pena mais, os preços impostos pela Apple passaram do limite do absurdo.
Brunno Hard
Nenhuma surpresa, pois a Apple já fazia isso também nos Macbooks. https://discussions.apple.com/thread/4468165?tstart=0
Vsoco
Entendo seu ponto, mas acho que, pelo preço cobrado, o melhor era nem lento nem desligado.
André Silva
Economia de bateria é um recurso que VOCê escolhe quando ativar e quando desativar, bem diferente de um underclock automático no processador. E não dá para comparar um flagship de 4K com Android de R$ 250,00.. Simplesmente ridícula a comparação.
Antonio Carlos L. Oliveira
Bom, eu tenho um Moto-X play, comprado em novembro de 2015. está 100%. Continua super rápido.
Caio Cesar
Não no caso do X. Não conheço muita gente que tem condições de desembolsar 7k R$ assim sem ter outras prioridades e depois de 2 anos desembolsar mais 5, 6k pelo mesmo modelo ou ate mais de 7k num possível novo modelo.
Caleb Enyawbruce
Absurdo completo. Parece brasileiro dando jeitinho ao invés de resolver (sem síndrome de vira-lata, tenho orgulho de ser brasileiro, mas tenho que ser realista).
???????Feripe Hatsune?
Não sei se fico surpreso com a malandragem da Apple, ou com a resposta oficial deles. Na época do Jobs não era assim não. Mas como já disseram aqui, quem pode comprar um iPhone por ano na civilização, nem se importou com a noticia, e a vida segue.
???????Feripe Hatsune?
Ou não, sendo um Galaxy, basta uma Custom Rom, ou um app com acesso root.
Rafael F. Silva
100% normal aqui. Dá um reset no aparelho e coloca seus e-books de novo. Uma dica: se estiver colocando e-books piratas no seu kindle, faça uma limpa neles no calibre antes de jogar pro kindle. Alguns desses e-books bugam bonito o aparelho.
Bruno
Cara, discordo. Eu já fui proprietário de um Moto X1, Moto G3 e Moto G4, todos depois de um ano pioraram significativamente, tanto que acabei de migrar pra Samsung pq não aguentava mais comprar celular depois de 1 ano, 1 ano e meio..
Exibir mais comentários