O que é Apple ProRes? Entenda o formato profissional de vídeos do iPhone

Formato de compressão de vídeo profissional, Apple ProRes é compatível com iPhones e suporta resoluções altas; entenda seu funcionamento

Emerson Alecrim Paulo Higa
Por e
ProRes no iPhone 14 Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
ProRes no iPhone 14 Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Apple ProRes é uma família de codecs de vídeo desenvolvida para permitir filmagens de alta qualidade de imagem e, ao mesmo tempo, minimizar o tamanho dos arquivos. A tecnologia suporta resoluções como 4K e 8K, e é um dos diferenciais dos iPhones Pro.

Quem criou o formato ProRes?

O formato ProRes foi criado pela Apple em 2007 e introduzido no pacote de softwares para vídeos Final Cut Studio 2. A tecnologia foi apresentada como um formato de pós-produção que gera vídeos de alta definição (HD) em arquivos com tamanho de definição padrão (SD).

A Apple licencia o ProRes para outras empresas desde então. A tecnologia está presente nos softwares de edição de companhias como Adobe e Blackmagic Design, e em câmeras de marcas como Canon, DJI e Panasonic.

Em 2018, a Apple apresentou o ProRes RAW, tecnologia que combina as características de compressão do ProRes original com os dados brutos (não processados) de imagens RAW. Essa combinação é usada principalmente para otimizar o desempenho de conteúdo com amplo alcance dinâmico (HDR).

Já em 2021, o ProRes foi lançado junto com o iOS 15.1 como um dos diferenciais do iPhone 13 Pro e do iPhone 13 Pro Max. A tecnologia também aparece nos iPhone 14 Pro e 14 Pro Max.

O ProRes só pode ser ativado nos iPhones Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
O ProRes só pode ser ativado nos iPhones Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Como funciona o Apple ProRes?

O ProRes é um codec de vídeo intraframe que funciona aplicando compressão em cada quadro (frame) da filmagem. Essa abordagem gera mais dados do que a compressão interframe, mas tem a vantagem de permitir edições com mais desempenho e precisão.

O que é codec?

Codec é um mecanismo que compacta e descompacta arquivos de vídeo para facilitar sua transmissão ou armazenamento. A compactação ocorre quando o vídeo é preparado. A descompactação é feita no momento da reprodução.

Isso acontece porque a compressão interframe guarda apenas alguns quadros de modo completo. Os quadros intermediários só registram as diferenças em relação aos completos. Essa técnica resulta em um arquivo muito menor, mas pode exigir que o computador recupere vários quadros para que apenas um seja editado.

Por aplicar compressão sobre cada quadro, o ProRes permite descompactação e edição de vídeo com mais desempenho, e pode preservar mais detalhes. A redução do tamanho do arquivo acaba sendo menor em relação a outros codecs, mas o vídeo final tende a ter mais qualidade de imagem.

O padrão ProRes RAW consegue ir além por aplicar compressão sobre os dados brutos, que são aqueles que saem do sensor de imagem e vão para o processador de imagem sem passar por tratamento prévio.

Esse processo comprime a imagem, mas preserva dados que permitem ajustes minuciosos em parâmetros como equilíbrio de cores e exposição, o que explica a sua indicação para conteúdo em HDR.

Normalmente, arquivos Apple ProRes e ProRes RAW têm extensão .MOV.

ProRes no app de câmera do iPhone 14 Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
ProRes no app de câmera do iPhone 14 Pro (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Quais são os tipos de codecs ProRes?

A Apple desenvolveu seis tipos de codecs ProRes para atender a necessidades específicas. As principais características de cada versão são descritas na lista abaixo.

Na tabela, a coluna Chroma Subsampling indica o tipo de compressão que reduz as informações de cor. O primeiro número informa a luminância (intensidade da luz), enquanto os demais determinam os espectros de vermelho e azul. Quanto maior o número, menor a quantidade de informação descartada.

Já o bitrate indica a quantidade de dados transmitidos por segundo. Quanto maior esse valor, mais qualidade de imagem o vídeo tende a ter.

FormatoFinalidadeChroma subsamplingBitrate em Full HD e 30 fpsTamanho em Full HD e 30 fps
ProRes 422 ProxyFluxos de trabalho offline que necessitam de pouco bitrate, mas resolução total4:2:245 Mb/s20 GB/hr
ProRes 422 LTAmbientes onde a capacidade de armazenamento e a taxa de dados são maiores4:2:2102 Mb/s46 GB/hr
ProRes 422Mais desempenho para edição multistream em tempo real4:2:2147 Mb/s66 GB/hr
ProRes 422 HQPreserva a qualidade de imagem do ProRes 4444, mas para fontes de imagem 4:2:24:2:2220 Mb/s99 GB/hr
ProRes 4444Para qualidade elevada de ProRes em fontes de imagem 4:4:4:4 (incluindo canais alfa)4:4:4330 Mb/s148 GB/hr
ProRes 4444 XQVersão com a qualidade mais alta, ideal para fontes de imagem 4:4:4:4 (incluindo canais alfa)4:4:4495 Mb/s223 GB/hr

Como abrir um arquivo Apple ProRes?

No iPhone e iPad, arquivos Apple ProRes e ProRes RAW podem ser reproduzidos ou editados rapidamente em aplicativos como Fotos e iMovie. Ambos os codecs não estão disponíveis para Android.

Para edições mais elaboradas, é recomendável o uso de softwares como Final Cut Pro no macOS, e Adobe Premiere Pro no Windows. Em sistemas Linux e Android, arquivos ProRes podem ser exportados a partir de softwares como o FFmpeg.

Quais são as vantagens do Apple ProRes?

  • Edição com alto desempenho: softwares de edição como Final Cut Pro permitem editar arquivos ProRes em tempo real e multistream, aumentando a produtividade;
  • Alta qualidade de imagem: os formatos ProRes não aplicam compressões muito intensas, razão pela qual os vídeos resultantes mantém níveis elevados de qualidade de imagem, favorecendo a pós-produção;
  • Profundidade de cores: o codec trabalha com profundidade de cores de 10 bits, tipicamente. Mas a tecnologia pode chegar a 12 bits por canal de imagem, ou 16 bits no canal alfa (define a opacidade de um pixel);
  • Suporte a variadas resoluções: a tecnologia evoluiu a ponto de suportar até vídeos com ampla quantidade de pixels, como a resolução 8K. Nos iPhone 13 Pro e 14 Pro, o formato suporta vídeos em 4K com taxa de quadros de até 30 fps;
  • Compressão eficiente: a compressão de arquivos Apple ProRes é significativa mesmo mantendo a qualidade de imagem. Isso permite que o arquivo final ocupe menos armazenamento ou seja transferido mais rapidamente.

Quais são as desvantagens do Apple ProRes?

  • Menor compatibilidade: o ProRes é um formato profissional que não tem tanto suporte quanto codecs como H.264 e H.265. Em algumas plataformas e softwares, o arquivo ProRes tem que passar por conversão para ser aberto;
  • Gera arquivos grandes: arquivos em ProRes podem ocupar bastante espaço de armazenamento, principalmente se o vídeo tiver alta resolução;
  • Exige muito processamento: editar vídeos ProRes de modo eficiente requer um computador com boas quantidades de memória RAM e armazenamento. Também é importante ter uma CPU potente, como um chip Apple M1 ou M2;
  • Gastos com licença de software: trabalhos profissionais ou avançados com ProRes exigem softwares caros, como o Final Cut Pro e o Avid Media Composer;
  • Requer um iPhone Pro: gravações em ProRes só estão disponíveis nos iPhones de categoria Pro, a exemplo do iPhone 14 Pro Max. Além disso, há limitações de resolução em iPhones Pro com menos capacidade de armazenamento.
Um vídeo ProRes de 31 segundos e 4K ficou com 2,7 GB de tamanho (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)
Um vídeo ProRes de 31 segundos e 4K ficou com 2,7 GB de tamanho (imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Como converter ProRes para MP4?

É preciso utilizar um software de conversão, como o MP4 Converter para iOS. Outra solução é exportar arquivos ProRes para MP4 a partir de softwares de edição, como Final Cut Pro e Adobe Premiere Pro.

Como ativar a filmagem em ProRes no iPhone?

Para o codec ser ativado no iPhone é preciso ir em Ajustes / Câmera / Formatos. Na sequência, role a tela e ative o botão Apple ProRes. No aplicativo de câmera, basta abrir a opção Vídeo e tocar em ProRes para a gravação nesse formato ser iniciada.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre Apple ProRes na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados